Skip to main content

Quer saber como fazer o site da sua empresa receber mais visitantes vindos do Google e das redes sociais? Leia o artigo completo e aprenda a fazer um gerenciamento de tráfego eficiente.

Atualmente, uma empresa que não possui um site próprio e perfis em redes sociais está perdendo uma infinidade de possibilidades de contatos com clientes em potencial de seus serviços e produtos.

Por outro lado, não adianta ter um site com uma bela identidade visual, um blog com conteúdo informativo e perfis com postagens frequentes nas mídias sociais se ninguém os acessar, certo?

Por isso, com o objetivo de atrair mais visitas de potenciais clientes para as suas páginas on-line, as empresas têm apostado cada vez mais em investimentos em gerenciamento de tráfego para expandir o alcance do nome delas entre o público-alvo na internet.

Esse estímulo ao fluxo de visitantes de uma página on-line pode vir do aumento do tráfego orgânico (ou seja, espontâneo e gratuito) e, especialmente, do uso do tráfego pago por meio de campanhas de anúncios exibidos em redes sociais e em buscadores, principalmente no Google.

Neste post, a Agência de Marketing Digital Tupiniquim te explica em detalhes o que é tráfego e por que é tão importante fazer a gestão dele para impulsionar o número de visitantes que os canais digitais da sua empresa recebem na internet. Você também verá 5 dicas para fazer uma gestão de tráfego eficiente e com foco em converter mais vendas para o seu negócio!

O que você vai ler sobre Gestão de Tráfego:

O Que é Tráfego?

No contexto da internet, tráfego diz respeito ao fluxo de visitantes recebidos por uma página on-line. Assim, dizer que um site tem muito tráfego significa dizer que ele tem um alto volume de acessos de usuários e usuárias.

Como você pode imaginar, um dos objetivos principais de qualquer página on-line é receber o maior volume possível de tráfego para aumentar o alcance do domínio e do conteúdo usado por ele para, por exemplo, ofertar produtos e serviços e converter os usuários em clientes.

Quais os Tipos de Tráfego?

Os usuários que chegam ao site, blog ou landing page da sua empresa percorrem diferentes caminhos digitais até chegar a esses endereços eletrônicos. Veja uma lista com os 6 principais tipos de tráfego que levam visitantes até você.

1. Tráfego de e-mail marketing

O disparo em massa ou de forma segmentada para uma lista de clientes potenciais ou habituais de interesse da empresa também é capaz de gerar tráfego para a página on-line da sua empresa.

Isso porque é possível incluir links no conteúdo do e-mail marketing que redirecionarão os leitores para o endereço que foi inserido no texto do e-mail. Essa tática tem alta probabilidade de aumentar o volume de tráfego quando as pessoas se cadastram na lista de recebimento dos e-mails por livre e espontânea vontade.

2. Tráfego direto

Receber tráfego direto significa que o usuário acessou espontaneamente o seu endereço eletrônico, digitando o domínio diretamente na barra de endereços do navegador do desktop ou dispositivo móvel dele.

Esse tipo de tráfego é comum para empresas muito conhecidas e demonstra um grande nível de consciência de marca (ou brand awareness) na relação entre o público e a empresa que é dona do domínio, já que indica que o usuário tem conhecimento sobre e sabe de cor o endereço eletrônico da página.

3. Tráfego orgânico

O tráfego orgânico permite alcançar visitantes e conseguir o clique deles de maneira espontânea e gratuita. Para isso, aposta-se em técnicas de otimização do conteúdo e das páginas para aumentar a visibilidade e obter um melhor posicionamento no ranqueamento de sites de buscas e nos feeds de redes sociais.

A principal estratégia para expandir o alcance de sites organicamente é aplicar as técnicas de SEO (Otimização para Mecanismos de Busca) e aprimorar elementos de SEO On Page (como o meta título, meta descrição e URL da página), além de pesquisar e incluir palavras-chave relevantes para os usuários e para o negócio na estratégia de marketing de conteúdo.

4. Tráfego pago

Essa estratégia utiliza anúncios pagos que são publicados entre os resultados de buscadores (como o Google) e links patrocinados em feeds de redes sociais (como o Instagram e o Facebook) para aumentar o número de acessos a uma determinada página on-line. Quando os usuários clicam nesses anúncios ou links patrocinados, eles são redirecionados para a página responsável pela publicidade.

Essas campanhas de anúncios são criadas em plataformas como o Google Ads, Facebook Ads, Pinterest Ads, TikTok Ads, entre outras. É possível segmentar o alcance dessas campanhas de várias formas como, por exemplo, palavras-chave pesquisadas, faixa etária e localização do público-alvo.

5. Tráfego de referência

O tráfego de referência é gerado quando uma outra página cita a sua. Isso acontece, por exemplo, quando um site publica um backlink (também conhecido como link externo) que redireciona o usuário para o seu endereço eletrônico.

Também é possível receber cliques de usuários originados do tráfego de referência por meio da publicação de guest posts (ou post de convidado) em blogs de outras empresas sobre um tema que diga respeito ou interesse à página parceira, ao público dela e, claro, ao seu negócio e aos serviços que ele presta ou produtos que vende.

6. Tráfego social

O fluxo de visitantes produzido pelo tráfego social tem origem em feeds e postagens feitas em redes sociais (como o Instagram, o Facebook, o TikTok, o Pinterest, entre outras).

Nesse tipo de tráfego, os usuários adquirem conhecimento sobre a sua página por meio de links publicados, por exemplo, na biografia de um perfil no Instagram, em postagens feitas nos feeds dessas mídias sociais ou mesmo na seção de comentários (embora só seja recomendado fazer isso quando o link tem a ver com o tema e os comentários do post).

O Que é Gestão de Tráfego?

Gestão de tráfego é a estratégia aplicada por meio de um conjunto de ações que objetivam atrair e aumentar os acessos e o fluxo de visitantes que uma página on-line recebe na internet.

A principal tática para otimizar o tráfego de uma página na atualidade é o tráfego pago, ou seja, a publicação de anúncios em buscadores e redes sociais que redirecionam seus usuários para o endereço eletrônico do anunciante.

Para isso, o gestor ou gestora de tráfego aplica técnicas para segmentar o público-alvo que seja relevante para os interesses da página e analisa as métricas e resultados obtidos para garantir não só o aumento do tráfego recebido, mas também que ele seja composto de usuários qualificados para os objetivos de marketing digital da página on-line.

3 Vantagens de Fazer Gestão de Tráfego

Uma gestão de tráfego eficiente traz ótimos resultados para o alcance e o reconhecimento dos canais digitais da sua empresa entre o público-alvo.

Veja 3 vantagens da gestão de tráfego para o seu negócio:

1. Mais autoridade

Quanto maior o número de visitantes que uma página recebe, maior o número de pessoas (e de potenciais clientes) que passam a saber da existência não só do endereço eletrônico da empresa, mas também dos produtos ou serviços que ela oferta.

No caso do Google e de outros sites de buscas, a autoridade é um fator de extrema importância para que o algoritmo entenda que a sua página tem relevância para as pesquisas feitas e, consequentemente, faça com que ela escale posições no ranking das páginas de resultados (também chamadas de SERPs).

2. Tráfego qualificado

Especialmente no caso do tráfego pago, devido às possibilidades de segmentação do público que será impactado pelos anúncios criados, é possível perceber uma melhora na qualificação do fluxo de visitantes recebidos.

Isso aumenta as chances de conversão dos leads (ou clientes potenciais) em clientes de fato porque garante que o público está alinhado e tem interesse e perfil para adquirir as soluções que a sua empresa tem para oferecer.

3. Aumento das vendas

É uma questão matemática: quanto mais pessoas souberem da existência da sua empresa e do que ela oferta, mais vendas você será capaz de fechar. Dessa forma, o volume de visitantes que os canais on-line da sua empresa recebem está intimamente ligado à quantidade de clientes que você conseguirá converter.

Por isso, é importante que você diversifique os canais e as formas de comunicação da sua empresa, seja tendo um site próprio em WordPress para que o seu negócio seja encontrado no Google 24 horas por dia, alimentando um blog para falar dos problemas e necessidades do público da sua marca ou criando perfis em redes sociais que tenham a ver com o seu perfil de cliente ideal.

Como Fazer Gestão de Tráfego?

Como vimos, a principal estratégia para gerenciar o tráfego e aumentar o fluxo de visitantes e potenciais clientes de uma página on-line é o tráfego pago.

A criação de campanhas de anúncios publicados em buscadores e redes sociais traz resultados mais rápidos e oferece a possibilidade de flexibilizar o investimento de acordo com o objetivo e o orçamento disponível.

Veja 5 passos para uma gestão eficiente do tráfego recebido pela página da sua empresa:

1. Defina o público-alvo

Antes de começar a desenvolver anúncios em plataformas de publicidade on-line, você deve primeiro saber qual público você quer impactar e alcançar com esses anúncios e links patrocinados. Qual o perfil ideal de cliente que consome (ou que você quer que consuma) os produtos ou serviços da sua empresa?

Crie a persona de interesse do seu negócio elaborando um ou mais perfis de clientes com base em dados como idade, gênero, localização, profissão, hobbies, problemas que quer resolver, dificuldades enfrentadas etc.

2. Estabeleça o orçamento

Engana-se quem pensa que é necessário um investimento astronômico para exibir publicidade digital em sites de pesquisa e redes sociais. É importante que o valor alocado para tráfego pago não seja equivalente a um valor que colocará a saúde financeira da empresa em risco.

O que você precisa saber é que, em geral, as plataformas de anúncios possuem valores mínimos para os lances dados nos leilões virtuais que são feitos para decidir qual anúncio de qual empresa será apresentado ao usuário. Esses valores são flexíveis e podem ser diários, mensais ou por todo o período em que a campanha estiver ativa.

3. Selecione os canais de comunicação e as plataformas de publicidade

Atualmente, existe uma variedade de redes sociais e de buscadores acessados pelas pessoas na internet. Por isso, você deve entender quais as mídias sociais e sites de busca mais acessados pelos seus consumidores em potencial para saber onde deve publicar os anúncios.

Para receber tráfego vindo do Google, você deve promover publicidade entre os resultados de pesquisas para palavras-chave relacionadas à área de atuação da sua empresa (usando a plataforma de publicidade do Google, o Google Ads).

Caso seu público esteja em redes sociais, defina em quais delas você publicará links patrocinados e crie a campanha na plataforma respectiva (Facebook Ads, Instagram Ads, YouTube Ads etc.).

4. Elabore um planejamento

É extremamente importante que as campanhas de anúncios sejam guiadas por um planejamento que preveja o nível que cada prospect ocupa no funil de vendas e em qual etapa da jornada de compra ele está.

Dessa forma, você conseguirá criar materiais criativos e conteúdos alinhados à exata etapa do relacionamento do cliente potencial com o seu produto ou serviço (fase de descoberta, interesse e consideração ou decisão de compra), informando-o e nutrindo-o de acordo com seu nível de reconhecimento e interesse pelo que a sua empresa tem a oferecer.

5. Fique de olho nas métricas e KPIs

Não basta apenas criar anúncios persuasivos (usando a técnica de copywriting) e que gerem engajamento entre o público-alvo, é preciso acompanhar o desempenho e a performance deles para garantir que eles realmente estão impactando as pessoas certas.

Por isso, é importante ter conhecimento sobre métricas e KPIs relevantes para o seu negócio (como, por exemplo, número de impressões, taxa de cliques, retorno sobre investimento (ROI) e outras). Dessa forma, você será capaz de identificar quais campanhas estão indo bem e quais campanhas precisam de ajustes e otimizações para converterem mais clientes.

Gerencie o Tráfego da sua Página e Conquiste mais Clientes!

O aumento da geração de leads é um dos principais objetivos das empresas que usam a internet como aliada para aumentar o faturamento. Isso porque os leads são aquelas pessoas que podem ser convertidas em consumidoras dos produtos e serviços que um negócio oferta.

Porém, não basta atrair qualquer tipo de lead. É preciso que os prospects tenham conhecimento sobre o seu negócio e que estejam de fato interessados em adquirir ou pelo menos conhecer as soluções que a sua marca oferta. Esse tipo de lead é chamado de qualificado, já que possui conhecimento, interesse e potencial para se tornar um cliente real.

Para qualificar esses leads, é necessário nutri-los, isto é, informá-los e educá-los sobre a existência da sua empresa e, principalmente, sobre o que ela pode fazer para resolver os problemas e satisfazer as necessidades deles.

Uma das principais formas de fazer isso é por meio de anúncios persuasivos que aumentem o fluxo de visitas recebidas por e-commerces, landing pages e blogs, sendo exibidos entre resultados de pesquisas feitas em buscadores e nos feeds de redes sociais.

Quer conseguir resultados mais rápidos em relação à prospecção de clientes na internet? Então, o ideal é contar com a nossa equipe especializada e dedicada à gestão de tráfego para criar campanhas com altas taxas de conversão e focadas no público-alvo que a sua empresa quer impactar.

Entre em contato com a Tupiniquim para conhecer melhor nossos serviços de marketing digital que aumentam o alcance e a base de clientes de empresas!

Gostou deste artigo? Compartilhe o link com quem também quer vender mais!

Dúvidas Frequentes

O que é tráfego?

No contexto da internet, tráfego diz respeito ao fluxo de visitantes recebidos por uma página on-line. Assim, dizer que um site tem muito tráfego significa dizer que ele tem um alto volume de acessos de usuários.

O que é gerenciamento de tráfego?

Gerenciamento de tráfego é a estratégia aplicada por meio de um conjunto de ações que objetivam atrair e aumentar os acessos e o fluxo de visitantes que uma página on-line recebe na internet.

Como fazer gestão de tráfego?

  1. Defina o público-alvo;
  2. Estabeleça o orçamento;
  3. Selecione os canais de comunicação e as plataformas de publicidade;
  4. Elabore um planejamento;
  5. Fique de olho nas métricas e KPIs.

Web Stories:

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder
Pinterest: 4 formatos de Pins na Conta Business 3 exemplos de métricas de Google Ads 4 principais redes sociais para a sua indústria 4 benefícios do Google Ads para o Marketing Industrial 5 estratégias de Marketing Digital B2B 4 motivos para investir em Branding com a Tupiniquim 3 Exemplos de Marketing de Conteúdo 5 Dicas para um Marketing de Conteúdo eficaz 4 dicas sobre Gestão de Tráfego 4 tipos de ferramentas de marketing digital 4 ferramentas de marketing digital gratuitas 3 exemplos de anúncios que aplicam os Gatilhos Mentais 4 tipos de correspondência de palavras-chave 4 dicas para escolher palavras-chave no Google Ads 4 cases de Branding criados pela Tupiniquim 4 benefícios do Google Ads para advogados 5 dicas de como usar o Google Ads para advogados 4 estratégias para aplicar os Gatilhos Mentais 4 benefícios das métricas de redes sociais 5 exemplos de métricas de redes sociais