Skip to main content

Com mais de 1 bilhão de usuários ativos mensais e crescendo, o TikTok é uma rede social que o marketing não pode ignorar. Neste artigo, saiba o que é e como usar essa plataforma para crescer sua marca. Sem precisar dançar.

Não é de hoje que muitas empresas investem pesado em marketing de conteúdo para redes sociais. E isso mais que faz sentido, considerando que mais da metade da população mundial utiliza as redes, gastando, em média, quase duas horas e meia nelas.

Mas, como tudo na tecnologia, novas plataformas surgem o tempo todo. Nem sempre elas crescem a ponto de se tornarem mundiais.

Algumas redes podem ficar bastante conhecidas localmente, como é o caso do Line no Japão e do Kakao Talk na Coreia do Sul (dois aplicativos de comunicação instantânea, similares ao WhatsApp). Já outras podem virar um fenômeno e bater recordes de downloads mundo afora em um curto período de tempo.

Esse é o caso do TikTok, a rede social chinesa que foi o aplicativo de vídeos mais baixado mundialmente nos últimos anos, e que vem crescendo cada vez mais. Inclusive no Brasil.

Bastante conhecida pelas “dancinhas” e pela presença massiva da geração Z, a rede social TikTok também tem se mostrado uma grande aliada para as estratégias de marketing digital.

E antes que você tire conclusões sobre se a sua marca deve ou não estar por lá também, nós da Tupiniquim, uma Agência de Marketing Digital, preparamos este artigo para explicar o que é e para que serve o TikTok, além de dicas e outras informações relevantes sobre a plataforma que anda dando o que falar. Vem com a gente!

O que você vai ler sobre a rede social TikTok:

O que é o TikTok? Entenda como começou

TikTok é um aplicativo de rede social em que usuários podem criar, compartilhar e assistir vídeos criativos de 15 segundos até 10 minutos. Para isso, a plataforma disponibiliza diversos recursos de edição de vídeo, com efeitos sonoros e visuais variados.

Apesar de vídeos de até 10 minutos terem sido liberados recentemente, esse ainda não é o formato mais comum encontrado na plataforma, que ainda é mais popular pelo estilo de consumo rápido de conteúdo, diferenciando-se de outras similares no mercado, como o YouTube.

A história do TikTok começou em 2014, a partir da criação de um outro aplicativo lançado na China, o Musical.ly, uma plataforma de vídeos de até 15 segundos com recursos para dublagens de músicas e diálogos.

Com um crescimento considerável de usuários, o Musical.ly chegou ao marco de 200 milhões de usuários em 2017, chamando a atenção da startup chinesa ByteDance, que o adquiriu no final do mesmo ano.

A ByteDance havia lançado em 2016 um aplicativo social chamado Douyin, existente até hoje apenas no território chinês. Ao comprar o Musical.ly, a empresa chinesa uniu o conceito dos dois aplicativos para lançar mundialmente o atual TikTok.

Então, a partir de 2018, o aplicativo chinês começou a crescer e não parou mais.

Com uma popularidade cada vez mais crescente, principalmente nos Estados Unidos, a rede social acabou virando pauta no governo americano, e questionamentos sobre o mau uso de dados dos usuários por parte do aplicativo chinês começaram a gerar um risco de banimento do app naquele país em 2020.

Apesar das ameaças, o TikTok conseguiu se manter nos Estados Unidos e vem crescendo exponencialmente não só por lá, como em vários outros países no mundo. O Brasil, não surpreendentemente, é o principal mercado do app chinês na América Latina.

4 motivos que impulsionaram o crescimento do TikTok

Em um mundo em que há um avanço tecnológico cada vez mais veloz, já estamos nos acostumando com o surgimento constante de novos dispositivos, recursos e plataformas.

Às vezes, algumas dessas novidades perduram, como é o caso do Facebook, que, até o momento, continua sendo a rede social com maior número de usuários. Mas também ocorrem casos como o do Snapchat, um aplicativo que acabou perdendo força conforme alguns de seus recursos foram sendo copiados por outros do mercado.

O TikTok, que, de certa forma, ainda é considerado uma novidade, levanta algumas dúvidas sobre o futuro da plataforma e se ela vai se manter crescendo absurdamente como tem crescido atualmente.

Esse crescimento, no entanto, não é por acaso. Existem alguns fatores que ajudam a expandir a popularidade dessa rede social.

1. Conteúdo fácil de criar

Imagine que você está começando um canal no YouTube. Mas antes de começar a postar vídeos, vai comprar equipamentos, como microfone, luz, câmera etc. Também precisará preparar um roteiro e ensaiar algumas vezes. A edição vem logo em seguida, bem como a busca por músicas de fundo e imagens para complementar seu vídeo. Bastante coisa, não é?

Agora imagine um aplicativo que facilita boa parte do processo de gravação, edição, compartilhamento de vídeo, e ainda oferece dezenas de recursos para tornar seu conteúdo mais criativo e divertido? Esse é o TikTok.

Sem contar que, se para algumas plataformas de vídeos, a longa duração é essencial, para o TikTok, ela se torna mais instantânea. Com isso, novos conteúdos são postados o tempo todo.

Ao eliminar algumas barreiras de entrada para pequenos criadores de conteúdo, o aplicativo chinês acabou conquistando mais usuários ávidos por fazer parte desse universo de criação.

2. Feed viciante

O formato de conteúdo instantâneo não só favorece a criação, como também a visualização. Ao abrir o TikTok, você cai direto na página “For you” ou, como é traduzida em português, “Para você”, onde a chuva de vídeos começa.

A partir daí, é só rolar a tela para ver o próximo vídeo e assim por diante, em um ciclo infinito de conteúdo. Os vídeos iniciam automaticamente, e, em um piscar de olhos, acabam. Quando você se dá conta, já assistiu vários.

3. Presença das celebridades

Celebridades no mundo inteiro viram o TikTok como mais uma oportunidade de fazer crescer sua fama e se aproximar ainda mais de seu público. Algumas delas, agindo em parceria com a plataforma, ajudaram a promover a rede social entre o público local.

Esse foi o caso do apresentador americano Jimmy Fallon, que iniciou desafios em que os participantes teriam que utilizar o TikTok para postar os vídeos da brincadeira. Parcerias semelhantes com outras celebridades também ocorreram em outros países, como Japão, Índia, Tailândia e outros.

4. Conteúdo localizado

A localização é um termo bastante comum no ambiente da tecnologia. Surgiu conforme produtos digitais começaram a se espalhar pelo mundo e uma tradução mais apropriada para cada região começou a ser um requisito básico.

Em outras palavras, trata-se de trazer a linguagem do produto para além do idioma de determinado país, respeitando a cultura e o modo de falar da população local. E isso é um dos fatores que facilitaram a rápida inserção do TikTok em países e culturas diversas.

A rede social promove brincadeiras, desafios e utiliza tendências locais para manter seus usuários sempre ativos e contextualizados, independentemente de sua região no mundo.

Marketing no TikTok é para qualquer negócio?

Até aqui, demos uma visão geral do que é o TikTok e alguns motivos que mostram porque essa plataforma vem crescendo muito nos últimos anos. Mas o quanto ela pode ser eficaz para gerar resultados em marketing digital?

Como tudo no marketing de forma geral, é importante considerar as particularidades do seu negócio e entender se as estratégias de redes sociais, seja para TikTok, Instagram, Twitter, Pinterest etc, estão de acordo com os seus objetivos de marketing digital.

Aqui no blog da Tupiniquim, estamos sempre reforçando que a internet é um ambiente vasto e diverso. Isso significa que, em se tratando de marketing digital, existem várias formas de a sua marca crescer por lá. As redes sociais são um caminho, e é fato que muitas empresas, desde micro até grandes, marcam presença por lá.

Será que a sua precisa estar também? Esse é o primeiro ponto que é preciso analisar. Afinal, existe um falso consenso de que, para ter sucesso, é preciso estar em todas as redes e plataformas. Mas não é bem assim.

O primeiro passo para avaliar se determinada rede social faz sentido para o seu negócio é buscar pela presença do seu público-alvo e persona por lá.

Para descobrir essa informação, você deve pesquisar por dados estatísticos sobre a plataforma para entender o cenário demográfico atual dela. Veja alguns desses dados recentes do Datareportal para o TikTok:

  • 56% do público usuário do TikTok é feminino;
  • O Brasil tem quase 74 milhões de usuários com 18 anos ou mais;
  • 43,3% dos usuários do TikTok estão entre 18 e 24 anos, contra 32,2% entre 25 e 34 anos.

Além dos dados, você também pode avaliar diretamente a rede social para ver se ela combina com a proposta da sua marca. Em se tratando do TikTok, você pode utilizar a ferramenta de pesquisa de palavras-chave, localizada no conta superior direito da tela principal, para fazer busca de termos relacionados ao seu negócio.

Analise os resultados e explore o conteúdo que as pessoas já estão fazendo sobre esses termos. Avaliar se suas principais concorrentes estão por lá, observando engajamento e número de seguidores, também podem ser bons indícios de que há um match entre o seu negócio e o TikTok.

Genericamente falando, o TikTok é ideal para negócios B2C, como:

  • Restaurantes e negócios de alimentos no geral;
  • E-commerces diversos;
  • Produtos físicos;
  • Produtos de vestuário etc.

Também é possível a presença no TikTok de qualquer empresa que tenha uma pessoa influente ou porta-voz que tenha desenvoltura e consiga apresentar a marca de forma divertida e informativa. Veja esse exemplo da mLabs, uma ferramenta de gestão de mídias sociais.

Como a gente viu nos dados, apesar de ser uma rede social com grande influência e participação da geração Z, já é possível acompanhar o crescimento do TikTok para outros grupos de idade. Por isso, não descarte essa rede social de pronto. Faça testes, veja os resultados e, se valer a pena, continue investindo no conteúdo.

8 Dicas para criar conteúdo no TikTok

Se você resolveu embarcar no TikTok e começar a criar conteúdo por lá, chegou o momento de passarmos algumas dicas úteis para ajudar você nos primeiros passos pela rede social.

1. Faça uma conta corporativa

Ao abrir o aplicativo do TikTok, após algumas telas iniciais, você vai chegar na criação da sua conta. Essa etapa é bastante semelhante às de outros aplicativos similares, então apenas preencha as informações normalmente.

Após criar a sua conta, prefira alterá-la para “conta corporativa”, através do botão de “gerenciar conta”. Isso é importante, pois esse tipo de conta favorece algumas coisas como ter acesso a dados e direitos autorais de músicas.

2. Conheça o TikTok

Assim que você já tiver acesso ao TikTok, aproveite para começar a explorá-lo ao máximo. Mesmo que você já tenha familiaridade com outras redes sociais similares, ainda é importante que gaste um tempo entendendo como esse aplicativo funciona.

Em um primeiro momento, uma chuva de vídeos diversos aparecerão para você. E, bom, várias dancinhas. Mas a mágica do algoritmo do TikTok acontece a partir do momento em que você começa a utilizá-lo, interagindo com os vídeos que mais gostar e seguindo contas específicas.

Assim, o algoritmo passará a conhecer você e seus gostos, facilitando na hora de localizar o nicho do seu negócio ali.

3. Crie uma estratégia

À medida que você vai se familiarizando com o TikTok, ideias de conteúdo podem começar a surgir. E isso é ótimo! Mas, convenhamos, a parte de criar é a mais fácil nesse aplicativo.

Por isso, a partir do momento em que decidir que o TikTok faz sentido para o marketing da sua empresa, busque definir uma estratégia de conteúdo própria para essa plataforma, incluindo metas e objetivos específicos.

Também procure elaborar um calendário de publicação. Assim como nos demais canais em que você aplica o marketing de conteúdo, planejar conteúdo com antecedência ajuda a manter um ritmo na criação e na frequência das postagens.

4. Capriche no perfil

Assim como na bio do Instagram, o TikTok também possui um espaço bastante semelhante, onde você colocará o essencial do que é a sua marca.

Por isso, coloque uma foto de perfil que melhor represente a sua marca, como o logotipo ou algum outro elemento que mantenha a sua identidade visual.

Sua bio também é limitada a um total de 80 caracteres. Então é importante usar a criatividade para dizer muito em pouco. E, se possível, utilizar uma CTA (call to action) atrativa e emojis, caso eles façam sentido para a comunicação da sua marca.

Você também pode incluir um link, então é importante avaliar para qual página de destino você quer encaminhar a sua audiência. Caso tenha mais de um link que queira colocar, usar um agregador de links como o Linktree pode ser uma alternativa.

5. Explore ideias

Quando a gente está falando de criar conteúdo, pode parecer redundante falar em “explorar ideias”, afinal, trabalhar a criatividade é a essência do conteúdo.

Mas para ter essas ideias e estimular a sua criatividade, pode ser muito útil olhar o trabalho de outras pessoas e empresas no TikTok. Por isso, não somente confira os vídeos dos seus principais concorrentes e de outras empresas similares, mas avalie como as pessoas estão utilizando a plataforma.

Um dos pontos altos do TikTok é a possibilidade de viralizar de forma muito mais rápida que em outras redes sociais. Por isso, ficar de olho no que está bombando na plataforma pode ajudar você a conseguir o mesmo com alguns de seus conteúdos.

Concursos e desafios também são excelentes para melhorar o engajamento com a sua marca e ainda incentivar o conteúdo UGC.

6. Faça parcerias

Procure marcas que possuam produtos ou serviços complementares ao seu para fazer parcerias e criar conteúdos que atinjam os públicos de ambas.

Em tempos de redes sociais, chega a ser impossível não falar do marketing de influência. Com aplicativos como o TikTok, há cada vez mais pessoas tornando-se influenciadoras de pequenos a enormes grupos de fãs.

Verifique se trabalhar com influencers faz sentido para a sua marca e busque os perfis certos que combinem com a sua estratégia.

7. Acompanhe os dados

Acompanhar dados é cada vez mais necessário para qualquer empresa. Afinal, essas informações são essenciais para melhorar estratégias, otimizar potenciais campanhas e descobrir novas oportunidades de negócio.

Com a sua conta corporativa no TikTok, você terá acesso à várias métricas que podem ajudar você a entender exatamente que tipos de resultados você está tendo e, a partir daí, definir ações de melhoria e otimização.

8. Considere o TikTok Ads

De modo geral, o TikTok tem sido excelente para o crescimento orgânico. O conceito da plataforma e o formato de conteúdo acabaram favorecendo a entrega deles para um número grande de pessoas sem que haja impulsionamento via mídia paga.

Ainda assim, o recente TikTok Ads surge como uma opção para marcas que desejam expandir ainda mais suas chances de crescimento por lá, através de campanhas de anúncios e publicidade.

4 Exemplos de conteúdo no TikTok

Agora que já passamos umas dicas básicas de como sua marca pode começar com o pé direito no TikTok, vamos para a parte prática que sempre gostamos de trazer aqui no nosso blog: os exemplos!

Confira 3 marcas brasileiras e mais 1 estrangeira que valem muito a pena conferir!

1. Aff The Hype

A Aff The Hype vem se destacando no Instagram e no TikTok como um exemplo de marca que consegue trazer humor de uma forma original e criativa.

Com a introdução de Adênia, a moça do marketing, que hoje já tem sua própria linha de produtos, a empresa vem atraindo cada vez mais seguidores e engajamento com o público que se identifica com a proposta.

2. Lojas Renner

Dentre as lojas de vestuário mais conhecidas, a Renner se destaca no TikTok com uma presença forte e várias campanhas com influencers, que acabam aumentando ainda mais o alcance da marca nas redes sociais.

Aproveitando muito bem os recursos que o TikTok oferece, a Renner explora o conteúdo em vídeo para trazer novidades, ideias de looks e mais.

3. Sallve

A Sallve é uma empresa que vem se destacando na área de cosméticos, trazendo diferenciais importantes para um país diverso como o Brasil. Sua presença nas redes sociais ajuda a mostrar esses elementos para o seu público ao mesmo tempo em que cria conteúdos educativos, como cuidados com a pele e a saúde.

No TikTok, a marca faz vídeos mostrando novidades, dicas de como utilizar os produtos, informações sobre componentes utilizados nos cosméticos, cuidados e mais.

4. Crispy Fantasy

Esse último exemplo é sobre a Crispy Fantasy, uma marca de cereais saudáveis que está inovando no mercado inglês.

Com uma presença ainda tímida no TikTok, a Crispy Fantasy conseguiu estrear por lá através de um vídeo que conta a história da empresa e das pessoas que estão por trás da sua fundação de um jeito resumido e criativo.

Apesar de o vídeo estar em inglês, esse é um exemplo que vale a pena ser mencionado, já que mostra que o TikTok também pode ser um espaço para que marcas contem suas histórias e mostrem seu lado humano para o seu público. Algo de que empresas B2B também podem se beneficiar.

Criar conteúdo para o seu público no TikTok

Será que vale a pena ou não? A resposta pode variar muito. Como tudo no marketing digital, antes mesmo de pensar se uma rede social como o TikTok funciona ou não para o seu tipo de negócio, é preciso considerar que qualquer ação da marca precisa estar atrelada aos objetivos dela.

Além disso, entender muito bem o seu público-alvo faz parte do processo de criar uma comunicação, seja ela por qual canal for, efetiva e que atraia a atenção das pessoas sem precisar recorrer a ações de vendas mais agressivas.

O TikTok, assim como outras redes sociais, serve de apoio para que você alcance mais pessoas, gere consciência de marca e amplie o relacionamento com o seu público. Se isso faz sentido para a sua estratégia, comece a explorar agora mesmo essa plataforma.

E se quiser entender mais sobre como o marketing de conteúdo pode ajudar a sua empresa a crescer de forma escalável e sustentável, fale com a Tupiniquim! Somos uma Agência de Marketing de Conteúdo especialista nessa e em outras estratégias essenciais de marketing digital, e podemos ajudar a sua empresa a alcançar ainda mais resultados.

Gostou do conteúdo? Compartilhe com outras pessoas!

Dúvidas Frequentes

O que é o TikTok?

TikTok é um aplicativo de rede social em que usuários podem criar, compartilhar e assistir vídeos criativos de 15 segundos até 10 minutos. Para isso, a plataforma disponibiliza diversos recursos de edição de vídeo, com efeitos sonoros e visuais variados.

Como criar conteúdo no TikTok?

1. Faça uma conta corporativa
2. Conheça o TikTok
3. Crie uma estratégia
4. Capriche no perfil
5. Explore ideias
6. Faça parcerias
7. Acompanhe os dados
8. Considere o TikTok Ads

4 Exemplos de marcas no TikTok:

1. Aff The Hype
2. Lojas Renner
3. Sallve
4. Crispy Fantasy

Web Stories:

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder
Pinterest: 4 formatos de Pins na Conta Business 3 exemplos de métricas de Google Ads 4 principais redes sociais para a sua indústria 4 benefícios do Google Ads para o Marketing Industrial 5 estratégias de Marketing Digital B2B 4 motivos para investir em Branding com a Tupiniquim 3 Exemplos de Marketing de Conteúdo 5 Dicas para um Marketing de Conteúdo eficaz 4 dicas sobre Gestão de Tráfego 4 tipos de ferramentas de marketing digital 4 ferramentas de marketing digital gratuitas 3 exemplos de anúncios que aplicam os Gatilhos Mentais 4 tipos de correspondência de palavras-chave 4 dicas para escolher palavras-chave no Google Ads 4 cases de Branding criados pela Tupiniquim 4 benefícios do Google Ads para advogados 5 dicas de como usar o Google Ads para advogados 4 estratégias para aplicar os Gatilhos Mentais 4 benefícios das métricas de redes sociais 5 exemplos de métricas de redes sociais