fbpx

A escolha de palavras-chave no Google Ads pode fazer a diferença para o sucesso de uma campanha. Mas como escolher as melhores para os seus anúncios? Confira a resposta neste post!

Que o Google Ads é uma excelente forma de fazer campanhas de anúncios com ótimos resultados, não é mais mistério para ninguém que trabalha ou lida com marketing digital, não é mesmo?

Mas para conseguir ter sucesso na plataforma de anúncios do Google é preciso saber utilizá-lo bem.

Fazer cursos, ver tutoriais e ler artigos como este aqui do blog da Tupiniquim, uma agência de marketing digital especialista em Google Ads, pode contribuir para que você também domine essa mídia paga.

Afinal, apesar de ser uma plataforma considerada fácil de usar, ainda é necessário conhecê-la bem e entender todos os elementos que compõem uma campanha de anúncio, como, por exemplo, o público-alvo, estratégias de remarketing, tipos e metas de campanhas e, claro, as palavras-chave.

As palavras-chave podem ser formadas por uma ou mais palavras, e são as responsáveis por identificar do que se trata o seu anúncio.

Por meio da escolha delas, você conseguirá atingir o público certo para o produto ou serviço que você está divulgando.

Mas a escolha de palavras-chave não é tão simples e demanda pesquisa e planejamento. É por isso que preparamos algumas dicas para ajudar você a escolher as melhores palavras-chave para a sua campanha no Google Ads.

Confira tudo o que vai ler sobre palavras-chave no Google Ads:

O que é palavra-chave no Google Ads?

No marketing digital, a palavra-chave é essencial para o bom ranqueamento de sites nas páginas de busca do Google, as chamadas SERPs.

As técnicas de SEO, ou Search Engine Optimization, permitem que os sites possam chegar no topo da primeira página do Google de forma orgânica. Entre essas técnicas, está a boa utilização de palavras-chave.

Essencialmente, para anúncios no Google Ads, a escolha de palavras-chave segue a mesma diretriz do tráfego orgânico, que é: o que o público-alvo está pesquisando? Quais palavras e termos estão utilizando em suas pesquisas?

Quando estamos falando de tráfego orgânico, a ideia é buscar entender o que os usuários necessitam para que o conteúdo seja criado em torno de atender a essas necessidades. Isso faz parte da estratégia de marketing de conteúdo.

Para anunciantes no Google Ads, seja de produtos ou serviços, o caminho passa a ser um pouco diferente, já que você irá criar conteúdo para anunciar algo que você vende ou fornece em sua empresa.

Nesse caso, as palavras-chave que correspondem ao tipo de produto ou serviço ofertado precisam estar de acordo com as que os usuários normalmente utilizam quando buscam pelo o que você oferece.

Por exemplo, um escritório de advocacia trabalhista pode usar palavras-chave como “advogado trabalhista”, “advogado de processo trabalhista” e “advocacia trabalhista”.

Se esse escritório só oferece advocacia trabalhista, então adicionar “advocacia” nas palavras-chave da campanha no Google Ads, pode não trazer os resultados ideais para essa campanha.

Por se tratar de um termo mais abrangente, pessoas que estejam buscando outro tipo de advocacia, podem clicar no anúncio do escritório que é específico de advocacia trabalhista, e acabarem saindo da página sem interagir com ela.

Então, para que o Google entregue seu anúncio para quem realmente ele interessa, é necessário utilizar palavras-chave específicas e que façam sentido para quem você deseja alcançar.

como escolher palavras chave no google ads (2)

Como pesquisar as palavras-chave no Google Ads?

Entre os vários recursos úteis que o Google Ads disponibiliza em sua plataforma de anúncios está o Planejador de Palavras-Chave.

É uma das várias ferramentas gratuitas do Google, e que auxilia a encontrar novos termos relacionados com a sua marca, produto ou serviço. Além de dar ideias de palavras-chave que podem ser utilizadas, a plataforma também mostra estimativa de custos e de número de buscas.

Para começar a utilizar essa ferramenta, acesse sua conta do Google Ads e vá em “Planejador de Palavras-Chave” através da aba “Ferramentas e Configurações”.

Ao clicar em “Descobrir novas palavras-chave”, você poderá fazer uma busca de termos relacionados aos produtos ou serviços que sua empresa trabalha.

O ideal é evitar pesquisas com uma única palavra e que sejam pouco específicas.

Também é possível colocar o endereço de URL de sites de concorrentes e verificar quais as palavras-chave que estão sendo utilizadas por lá.

Depois é só clicar em “Ver Resultados” para ver a lista completa das palavras-chave que você pesquisou.

Além de informações sobre o volume de buscas mensais e a concorrência da palavra, também é possível o lance mínimo e máximo que cada anunciante ofereceu por cada uma delas.

Dessa forma, você poderá ter uma ideia de custos e poderá planejar suas campanhas de anúncios com mais exatidão.

Leia também: Como Fazer Anúncios para E-commerce? Veja 6 Passos e Dicas para Aumentar Suas Vendas.

7 dicas para escolher as melhores palavras-chave no Google Ads

Não existe campanha de Google Ads perfeita sem uma boa utilização de palavras-chave.

O Google funciona como uma ponte que irá ligar o cliente certo ao produto ou serviço certo. Mas para isso acontecer, o buscador precisa ter claro qual é o público-alvo exato que você quer atingir.

É nessas horas que escolher as melhores palavras-chave no Google Ads faz toda a diferença. Confira a seguir algumas dicas de como fazer essa escolha.

1. Se coloque no lugar do seu cliente

Com certeza, essa é uma das dicas mais valiosas e essenciais na hora de escolher as palavras-chave no Google Ads: pensar a partir da perspectiva do cliente ideal da sua empresa.

Não adianta pensar em palavras-chave que estejam somente focadas em sua marca ou produto. Fazer isso pode gerar novos leads, mas pouquíssimos qualificados.

Então, reflita sobre as palavras-chave e frases de palavras-chave que caracterizam o seu produto ou serviço e imagine quais termos o seu cliente digitará no buscador para encontrar o que você oferece.

Vamos supor que você possua uma loja online de vestidos de festas de aluguel.

Se o seu público-alvo são pessoas que buscam alugar vestidos, colocar palavras-chave como “comprar vestidos de festas” pode até gerar tráfego, mas não das pessoas certas.

Também é importante entender o momento de compra do público-alvo.

Pessoas que estejam pesquisando por “melhores cursos de Google Ads” podem estar ainda em fase de pesquisa. Já quem busca “matrícula em curso de Google Ads” provavelmente está um pouco mais perto da tomada de decisão.

Procure levar em consideração esse momento da jornada do cliente e escolha palavras-chave que se adequem à ele, pois assim evitará que seu anúncio apareça para pessoas que não têm interesse no que você está oferecendo.

2. Mantenha a coerência entre anúncio e palavras-chave

Pode parecer que não, mas este é um erro comum de muitos anunciantes: colocar palavras-chave que fazem pouco ou nenhum sentido com relação ao que está sendo anunciado.

Seja para anúncios de rede de pesquisa ou de rede de display, é importante escolher as palavras-chave de acordo com o texto que está no seu anúncio, para que o Google entenda a relevância dele e, assim, o posicione melhor nas páginas de pesquisa.

Isso vale também para as landing pages. Caso o link do seu anúncio guie o usuário até a landing page do seu site, a escolha de palavras-chave deve estar de acordo com as palavras utilizadas lá, e assim por diante.

3. Escolha termos específicos

Uma das grandes vantagens de se trabalhar com o Google Ads é poder fazer campanhas direcionadas apenas ao público que se deseja alcançar. Isso acaba trazendo mais oportunidades de negócios, do que campanhas que não consideram os interesses de sua audiência.

Essa especificidade deve ser mantida ao escolher as palavras-chave para o seu anúncio, pois é ela quem garantirá que você não gaste dinheiro com cliques de pessoas que não estão de fato interessadas no seu produto ou serviço.

Esse tipo de situação ocorre quando as palavras-chave são muito abrangentes ou fogem demais do tema, como seria o caso de um e-commerce de tênis, por exemplo, utilizando palavras-chave como “sapatos”, “sandálias” ou “chinelos”.

Para evitar problemas assim, essa mesma loja de e-commerce de tênis poderia usar termos descritivos como “tênis feminino” e “tênis masculino”. Se os tênis forem de marcas famosas, elas podem e devem fazer parte das palavras-chave, como em “tênis feminino adidas”.

Também é possível utilizar adjetivos como “melhores tênis femininos”, mas desde que não sejam usados em excesso.

4. Faça lista de variações e termos relacionados

Na hora de pesquisar no Google, nem sempre o usuário utiliza as mesmas palavras-chave que o anunciante cadastrou em seu anúncio.

Procure identificar essas variações de palavras-chave. Você pode utilizar sinônimos, expressões coloquiais, nomes de marcas famosas, siglas e outras formas comuns que os usuários utilizam quando buscam produtos ou serviços como os que você oferece.

Vale lembrar que, atualmente, o algoritmo do Google já consegue entender melhor as variações que contenham erros gramaticais ou de digitação, no singular ou plural, entre outros, evitando que pequenos detalhes possam interferir na hora de um anúncio ser encontrado pelo usuário que pesquisa aquelas palavras.

5. Entenda os tipos de correspondência de palavras-chave

Existem 4 tipos de correspondência de palavras-chave que você deve se atentar na hora de fazer sua lista para o seu anúncio:

  • Correspondência ampla: é o tipo de correspondência padrão do Google Ads, pois é indicada para quando não se tem certeza de quais palavras-chave o usuário utiliza na hora de fazer as buscas. Os termos cadastrados pelo anunciante podem ser associados com variações, como sinônimos e diferenças de plural e singular.
  • Correspondência ampla modificada: é como a correspondência ampla, porém um pouco mais exata do que a primeira. Ao utilizá-la é necessário acrescentar o símbolo “+” antes das palavras-chaves que escolher. Seu anúncio aparecerá somente para pesquisas que usarem as mesmas palavras-chave ou termos não muito distintos delas.
  • Correspondência de frases: para utilizar esse tipo de correspondência, é necessário marcar a palavra-chave entre aspas, como “bolsas de couro ecológico”. Essa é uma correspondência mais segmentada em comparação às duas anteriores, mas permite atingir um público maior.
  • Correspondência exata: essa correspondência é usada para anúncios com palavras-chave específicas e não considera variações nem antes nem depois da palavra-chave principal. Para utilizá-la, é necessário colocar a palavra-chave entre colchetes, como [bolsas de couro ecológico]. É indicada para quando se sabe exatamente quais são as palavras-chave que funcionam para determinado anúncio.

O objetivo dessas correspondências é auxiliar anunciantes a terem seus anúncios disparados para o público que está pesquisando os mesmos termos que foram cadastrados no Google Ads.

Conforme você avalia o desempenho dos seus anúncios, poderá entender quais são as palavras que melhor funcionam para você.

6. Utilize as palavras-chave negativas

Tão importante quanto escolher as palavras-chaves que vai usar, é saber excluir as que não vai e que podem prejudicar os resultados dos seus anúncios.

Para cadastrar uma palavra-chave negativa, acrescente o sinal de “” antes da palavra ou frase. Com isso, evitará que seu anúncio apareça para pesquisas que contenham a sua palavra-chave negativa.

O objetivo dessa ação é continuar permitindo que seu anúncio esteja o mais segmentado possível e de acordo com as metas que deseja alcançar.

Além disso, as palavras-chave negativas também evitam que seu investimento seja perdido, preservando o seu ROI (retorno sobre investimento).

Ao contrário das positivas, para definir suas palavras-chave negativas é importante acrescentar as variações que contenham erros gramaticais ou de digitação, termos no singular e plural, sinônimos e outros termos aproximados das palavras-chave que quiser negativar.

Ou seja, deixe bem claro para o Google Ads todas as palavras que você não quer que seu anúncio seja exibido.

Veja quais são os tipos de correspondências de palavras-chave negativas e como marcá-las no Google Ads:

  • Correspondência ampla negativa: esse é o tipo de correspondência padrão do Google Ads. Ao negativar as palavras-chave de correspondência ampla, como “sapato de couro”, seu anúncio não será exibido se o usuário digitar “couro sapato”, mas poderá ser exibido para termos como “sapato preto”.
  • Correspondência de frase negativa: esse tipo de correspondência garante que seu anúncio não seja exibido para frases de palavras-chave exatas, seguindo a mesma ordem em que elas forem cadastradas. Isso significa que se colocar “sapato de couro” como frase negativa, seu anúncio poderá ser exibido para resultados de “couro sapato”. Da mesma forma, se as palavras-chave pesquisadas pelos usuários contiverem outros caracteres que não estiverem presentes nas palavras cadastradas pelo anunciante, o anúncio ainda poderá aparecer para esses usuários.
  • Correspondência exata negativa: para utilizar esse tipo de correspondência, atente-se para marcar as palavras-chave negativas dentro de colchetes. Com ela, seus anúncios não serão exibidos caso os usuários não busquem o termo exato que foi cadastrado no Google Ads. Ou seja, caso a palavra negativada seja [sapato de couro], o anúncio aparecerá para todas as outras variações, como [sapato preto], [sapato masculino], etc.

7. Quantidade de palavras-chave e intenção de busca

É um erro bastante comum alguns anunciantes acharem que quanto mais palavras-chave cadastradas, melhor. Pode até ser que você consiga atingir muitas pessoas com o seu anúncio, mas a pergunta que fica aí é: quantas dessas pessoas irão se interessar pelo seu anúncio?

Nunca se esqueça: a utilização das palavras-chave devem estar alinhadas com a intenção de busca do público-alvo que você quer alcançar.

Se você tem um consultório de odontologia, e quer educar as pessoas através do seu blog e, assim, gerar leads, suas palavras-chave poderiam ser “cuidados com os dentes” ou “frequência de limpeza dental”.

No entanto, se você quiser atrair novos pacientes, utilizar “clínica odontológica” ou “consultório odontológico” serão mais eficientes tanto para os seus propósitos quanto para o dos usuários que estão procurando por esse tipo de serviço.

Então, quanto mais palavras-chaves você utilizar, mais riscos terá de ser amplo demais no tipo de público-alvo que a campanha irá alcançar.

Apesar de não existir um número exato para o número de palavras-chave ideal, o importante é escolher e cadastrar todas aquelas que fazem sentido para o seu objetivo, sempre tendo em mente o momento de compra dos seus possíveis clientes.

Coloque em prática

E chegamos ao momento mais importante do seus estudos de Google Ads: colocar a teoria em prática!

O Google Ads é uma ferramenta excelente e que cada vez mais ajuda a proporcionar boas experiências tanto para anunciantes quanto para usuários.

A premissa básica dessa forma de mídia paga é permitir o encontro entre anunciantes com potenciais compradores.

Por isso mesmo, a plataforma oferece muitos recursos para que os anúncios sejam fortemente segmentados. Esse é o grande diferencial do Google Ads.

Com a escolha de palavras-chave, essa segmentação só tende a ser reforçada, desde que bem utilizada.

Para isso, faça um planejamento focado em entender o seu público-alvo, considerando como ele se comunica e se comporta ao pesquisar determinados temas na internet.

Atente-se para os tipos de correspondência de palavras-chave e dedique algum tempo para também para negativar termos e expressões que você não quer que seu anúncio seja exibido.

A partir dessas ações, esperamos que você possa atingir os melhores resultados possíveis com as suas campanhas de Google Ads, sempre mantendo o seu ROI saudável.

E se tudo o mais ainda parecer confuso e complicado, a Tupiniquim está aqui para descomplicar isso para você.

Como uma agência de marketing digital especialista em Google Ads, ajudamos não só a encontrar as melhores palavras-chave para o seu anúncio, como também a proporcionar grandes resultados para o seu negócio. Fale com a gente!

Curtiu o conteúdo? Aproveite e compartilhe!

Dúvidas Frequentes

O que é Palavra-chave no Google Ads?

As palavras-chave no Google Ads são palavras ou frases que utilizam os termos que sejam relacionados ao negócio do anunciante, e, ao mesmo tempo que estejam conectadas com a intenção de busca dos usuários. Por isso, as palavras-chave no Google Ads devem ser bastante segmentadas.

Como pesquisar palavras-chaves no Google ads?

Por meio do recurso “Planejador de Palavras-Chave” do Google Ads, é possível pesquisar não somente ideias de palavras-chave, como também ter uma noção de custos, nível de concorrência, entre outras informações úteis.

Como escolher palavras-chave no Google Ads?

Procure colocar-se no lugar do seu público-alvo, e entender como ele se comporta na hora utilizar o Google para pesquisas. É importante fazer uma ligação do produto ou serviço ofertado, com a necessidade do público que se quer atingir. Escolha somente palavras e termos que estejam efetivamente relacionados ao que você oferece e negative todas aquelas que não importam para o seu anúncio.

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder