fbpx Skip to main content

Conheça o poder que as vendas ao vivo têm de engajar e de transformar a experiência de compras dos clientes da sua marca.

Há algumas décadas, era bastante comum a exibição de infomerciais (propagandas de produtos e serviços com a duração de um programa tradicional) em canais de televisão no Brasil. Esses programas publicitários vendiam desde utensílios domésticos, como panelas antiaderentes, até lavadores de alta pressão para janelas.

Esse tipo de programa de vendas ainda pode ser encontrado na grade de algumas emissoras, e há, inclusive, canais totalmente dedicados a esse formato de programação comercial (como o Shoptime). No entanto, a tecnologia adicionou algo a essa forma de vender que não era possível antes: transmissão e interação com o público em tempo real.

Atualmente, a internet e suas diversas plataformas digitais possibilitam que você faça uma live em uma rede social e oferte algum produto ou serviço aos seus seguidores. Na China, por exemplo, esse modelo de transmissão de comércio ao vivo se tornou um fenômeno e mais de 10 milhões de lives foram realizadas para mais de 50 bilhões de telespectadores desde 2016, gerando bilhões de yuans (a moeda chinesa) em vendas.

No Brasil, esse formato de conteúdo de vendas ao vivo também vem sendo usado com sucesso por grandes empresas, como Magazine Luiza e Americanas, em lives no YouTube e em outras plataformas, com a presença de artistas e influenciadores digitais que interagem com o público para apresentar produtos e serviços e estimular a compra durante o evento virtual.

Neste artigo, a Agência de Marketing de Conteúdo Tupiniquim te fala um pouco mais sobre o formato de divulgação de produtos e serviços, em tempo real e aliado ao entretenimento, que virou tendência para impulsionar as vendas e aproximar os negócios dos públicos-alvo deles: o Live Commerce. Boa leitura!

O que você vai ler sobre Live Commerce:

O que é live commerce?

Live commerce ou livestream shopping (em português: comércio ao vivo ou transmissão de compras ao vivo) é um formato de conteúdo que objetiva criar uma experiência imersiva e interativa para exibir e ofertar produtos e serviços em tempo real ao público em plataformas digitais como, por exemplo, o YouTube.

Os espectadores participam desses eventos on-line por meio, por exemplo, de mensagens no chat da live ou botões de reação na plataforma usada para a transmissão. Além disso, grandes marcas têm convidado influencers e artistas para entreter o público ao mesmo tempo em que dão informações e mostram os benefícios dos produtos e serviços nessas lives comerciais.

Dessa forma, a marca une o entretenimento gerado pelo marketing de conteúdo, com a ajuda do marketing de influência, ao processo de vendas, transformando esses eventos virtuais em verdadeiros espetáculos que atraem e instigam os clientes em potencial a comprarem o que está sendo ofertado durante a transmissão ao vivo.

Em resumo: durante o tempo de exibição da live comercial, um prospect, atraído inicialmente pela presença de um(a) influenciador(a) digital ou uma atração musical, pode conhecer um produto ou serviço, tirar dúvidas e se informar sobre os benefícios dele e, ainda durante a transmissão, fechar a compra movido pela necessidade ou impulso gerado por gatilhos mentais, como a urgência de não perder um desconto válido apenas durante o evento virtual.

3 formatos de conteúdo para você fazer live commerce

O conteúdo de uma transmissão comercial ao vivo pode variar conforme as metas e os objetivos da sua empresa. Você pode, por exemplo, fazer uma live para apresentar um lançamento, pedir para que os clientes em potencial acessem o site do seu negócio ou mesmo recomendar que eles façam o download de um material rico que ajude a informá-los sobre o que a sua empresa faz.

Se você estiver precisando de sugestões, veja a lista abaixo com 3 formatos possíveis para uma live comercial:

1. Tutoriais

Esse tipo de conteúdo recebe muitas visualizações, não só porque ensina as pessoas a usarem um produto ou serviço, mas também porque pode sugerir outras possibilidades criativas de aplicação e de combinação do item (como no caso de roupas e de artigos de beleza) com outros produtos da sua empresa, resultando em oportunidades de cross selling.

2. Entrevistas

Para gerar autoridade na sua área de atuação, faça lives com especialistas no assunto. Dessa forma, você transmite segurança aos espectadores e, mesmo que eles não façam uma compra durante o live commerce, eles sairão do evento on-line mais informados e confiantes em relação ao que a sua empresa faz e vende.

3. Bastidores

Esse tipo de conteúdo mostra o backstage da criação de um produto ou serviço e é eficiente para ajudar a construir a reputação e a fidelização de clientes quando o foco é exibir práticas sustentáveis e socialmente responsáveis implementadas pelo seu negócio em suas tarefas e processos cotidianos.

3 empresas que fazem live commerce para vender mais

Vamos conhecer grandes empresas que colocaram em prática o conceito de live commerce para entreter e informar o público e os clientes potenciais sobre suas ofertas? Veja 3 exemplos de marcas famosas que criaram eventos de transmissão de compras ao vivo.

1. Americanas

Para impulsionar as vendas de produtos de beleza, a Americanas convidou a influencer digital Camila Coutinho para testar e opinar sobre itens de maquiagem vendidos no e-commerce da empresa.

A plataforma escolhida para a livestream foi o YouTube e, além da interação do público por meio de perguntas no chat ao vivo, o evento virtual da loja de departamento também distribuiu cupons de desconto para quem adquirisse os produtos durante a transmissão.

2. Magazine Luiza

Em um live commerce show organizado para a Black Friday de 2021, a Magazine Luiza transmitiu, por mais de 2 horas, inúmeras ofertas de produtos sob descontos com duração de 24 horas. O evento on-line foi comandado pela cantora Anitta e pelo apresentador Luciano Huck e teve ainda a participação de outras atrações, como Gloria Groove e a dupla Jorge e Mateus.

Chamada de “A Black das Blacks”, essa livestream foi exibida em múltiplos canais de comunicação: no streaming Globoplay, no canal de tv a cabo Multishow, além da transmissão nas contas da Magalu no YouTube, no Facebook, no TikTok e no Instagram.

3. Riachuelo

Em 25 de julho de 2020, a loja de departamento Riachuelo transmitiu um live commerce com a participação da dupla Simone e Simaria e da consultora de moda Monica Salgado para incentivar os espectadores a visitarem o site da empresa.

Durante a livestream shopping, os clientes que comprassem itens da loja até às 23h59 do dia do evento recebiam um cupom de desconto de 20%. Além disso, o público ganhou dicas de moda sobre como usar as peças ofertadas no evento virtual.

Como fazer live commerce em 6 passos?

Obviamente, não são todas as empresas que podem contar com a presença de artistas famosos e influencers com milhões de seguidores em suas lives. No entanto, isso não é motivo para deixar de fazer live commerce. Lembre-se: o foco são os produtos e os serviços e como eles resolvem problemas e satisfazem necessidades.

Siga os 6 passos abaixo para criar eventos virtuais e impulsionar suas vendas com o formato live commerce de conteúdo:

1. Escolha a plataforma

As principais e mais usadas redes sociais possuem o recurso de transmissão ao vivo (como o YouTube, o Instagram, o Facebook, o TikTok, entre outras). Na hora de escolher, pense na plataforma que o seu público-alvo mais usa e que possibilite as melhores formas de apresentar e demonstrar os benefícios que o seu produto ou serviço trará aos espectadores.

2. Planeje a live

Antes da transmissão, teste os recursos disponíveis nas plataformas e os equipamentos que você utilizará na live, como, por exemplo, a câmera e o microfone do celular em relação à qualidade da captação do áudio e da iluminação. Para te ajudar, também é interessante pensar em um roteiro que te mostre o passo a passo do que será dito e feito durante o live commerce.

3. Use o produto/serviço

Caso a sua empresa tenha muitos produtos ou serviços, escolha aqueles que você acredita terem o maior potencial de atrair o interesse do público. Na hora da live, demonstre o uso do produto ou do serviço, dê detalhes, dados e informações e, principalmente, mostre como ele soluciona problemas ou facilita a vida das pessoas.

4. Oferte vantagens

Para estimular as pessoas a comprarem imediatamente, ofereça cupons de descontos com prazo determinado para quem adquirir o produto ou serviço durante a realização do evento de live commerce. Dessa forma, você usa um gatilho mental para criar o senso de urgência nos espectadores, que não vão querer perder a vantagem oferecida.

5. Busque influência

Uma outra possibilidade é apostar em nano influencers, ou seja, produtores de conteúdo que não têm milhões de seguidores, mas que alcançam entre 1000 e 10 mil usuários da plataforma em que você transmitirá a livestream. Faça uma pesquisa, analise o conteúdo e proponha parcerias aos nano influenciadores que tratem de temas relacionados ao que a sua empresa faz.

6. Interaja com o público

O grande benefício do live commerce é poder explicar o uso do produto ou serviço e tirar dúvidas de clientes em potencial de forma instantânea durante a livestream. Então, aproveite o interesse e a atenção de quem estiver assistindo à live do seu negócio para responder perguntas, fazer enquetes, pedir opiniões, sugestões e feedback sobre os itens ofertados.

Crie conteúdo e atraia mais clientes e vendas para o seu negócio

Neste artigo, você aprendeu que o live commerce é uma estratégia de marketing que combina o comércio eletrônico com transmissões ao vivo em plataformas digitais. Durante a live, que pode ter a participação de artistas e influenciadores digitais, a empresa apresenta e demonstra produtos e serviços em tempo real, permitindo que os espectadores comprem diretamente através da plataforma enquanto assistem ao vídeo.

Os benefícios do live commerce incluem o aumento da interatividade entre as marcas e os consumidores, além de um maior nível de confiança e engajamento do público. Como os espectadores podem fazer perguntas e receber respostas em tempo real, eles têm uma experiência mais personalizada e podem tomar decisões de compra mais informadas.

Além disso, o live commerce pode ser uma forma eficaz de criar uma sensação de urgência nos consumidores, já que as ofertas e promoções apresentadas durante a transmissão ao vivo costumam ser válidas por tempo limitado.

Outro benefício do live commerce é a possibilidade de alcance global. Como as transmissões ao vivo podem ser visualizadas em qualquer lugar do mundo, as marcas podem atingir um público maior do que em campanhas de marketing tradicionais. As lives também podem ser compartilhadas em outras plataformas e redes sociais, o que aumenta ainda mais o alcance e a visibilidade da empresa entre o público-alvo.

A Agência de Marketing Digital Tupiniquim é especialista na criação de conteúdo e pode definir uma estratégia para você alcançar mais clientes em potencial com textos otimizados para mecanismos de busca, usando as palavras-chave mais buscadas em relação ao seu negócio no Google. Dessa forma, sua marca ganha mais destaque on-line, além de um diferencial em relação à concorrência.

Entre em contato conosco para traçarmos uma estratégia completa de marketing digital para o seu negócio!

Se você achou este post interessante, compartilhe o link com quem também quer atrair e se relacionar com mais clientes em potencial!

Dúvidas Frequentes

O que é live commerce?

Live commerce ou livestream shopping (em português: comércio ao vivo ou transmissão de compras ao vivo) é um formato de conteúdo que objetiva criar uma experiência imersiva e interativa para exibir e ofertar produtos e serviços em tempo real ao público em plataformas digitais como, por exemplo, o YouTube.

Como fazer live commerce em 6 passos?

  1. Escolha a plataforma;
  2. Planeje a live;
  3. Use o produto/serviço;
  4. Oferte vantagens;
  5. Busque influência;
  6. Interaja com o público.

Web Stories:

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder
4 cases de Branding criados pela Tupiniquim 4 benefícios do Google Ads para advogados 5 dicas de como usar o Google Ads para advogados 4 estratégias para aplicar os Gatilhos Mentais 4 benefícios das métricas de redes sociais 5 exemplos de métricas de redes sociais 5 curiosidades sobre Gatilhos Mentais 4 sites em WordPress criados pela Agência Tupiniquim 5 vantagens de um site em WordPress 5 exemplos de storytelling 5 tipos de storytelling 4 benefícios do storytelling 3 exemplos de Rebranding 5 fatores que justificam o Rebranding 5 benefícios do Rebranding Mídia Kit para as 3 principais redes sociais 6 passos para criar um Mídia Kit 5 motivos para criar um Mídia Kit 5 motivos para fazer um curso de vendas 3 Dicas para escolher o melhor curso de vendas