Skip to main content

Saiba como o Google Analytics te ajuda a entender como os visitantes do site da sua empresa chegam e se comportam nas páginas dele.

Atualmente, a internet nos oferece uma infinidade de possibilidades, oportunidades e conhecimento.  E todo o potencial comercial da web faz com que uma quantidade gigantesca de empresas dispute a atenção das pessoas na internet com o objetivo de que elas se tornem suas clientes.

Para isso, elas colocam em prática as melhores táticas de marketing digital como, por exemplo, o desenvolvimento de um site próprio em WordPress, a contratação de uma consultoria de branding para elaborar ou aprimorar a identidade da empresa, criação de conteúdo para manter contato com o público-alvo, campanhas de anúncios na plataforma Google Ads etc.

No entanto, de nada adianta contar com várias táticas, técnicas e estratégias de marketing digital para aumentar o alcance, a visibilidade e a autoridade do seu negócio no ambiente digital se você não acompanhar de perto os resultados obtidos pelas ações implementadas.

O que não pode ser medido não pode ser gerenciado”. Essa frase é do professor americano William Edwards Deming e é um ótimo resumo da importância de controlar, verificar, checar e acompanhar o desempenho das ações praticadas para buscar a realização dos objetivos de marketing digital do seu negócio.

Isso é possível com o Google Analytics porque essa ferramenta permite metrificar e verificar o comportamento e a atividade dos usuários que acessam o site da sua marca e, a partir dos dados gerados por essas visitas, realizar ajustes e melhorias nas ações e estratégias do seu negócio no ambiente digital.

Neste artigo, a Agência de Marketing Digital Tupiniquim vai te apresentar o Google Analytics com mais detalhes. Você vai entender o que é essa ferramenta, qual a importância dela, quais os principais recursos que ela te oferta gratuitamente e mais. Boa leitura!

O que você vai ler sobre Google Analytics:

O que é o Google Analytics?

O Google Analytics é uma ferramenta gratuita com funções e recursos para acompanhar, monitorar e analisar, em tempo real e por meio de relatórios, dados gerados durante a visitação e a navegação de usuários em páginas na internet.

A partir desses dados coletados, é possível realizar um diagnóstico da atividade e da experiência dos usuários na página avaliada pelo Google Analytics e entender o comportamento dos leads (ou clientes potenciais), além de fazer ajustes e melhorias nas campanhas de marketing digital de um negócio.

Por que usar o Google Analytics?

Atualmente, o Google Analytics é uma das ferramentas fundamentais para qualquer marca que queira alavancar seu desempenho na internet. Isso porque essa ferramenta é responsável por te entregar um raio-x das interações e das ações realizadas pelos usuários que acessam o site do seu negócio.

Dessa forma, você consegue extrair informações extremamente relevantes dos relatórios fornecidos pelo Google Analytics para identificar quais são os pontos fortes e os pontos a melhorar de um site, landing page ou e-commerce.

Um dos principais elementos que podem ser observados no Google Analytics sobre o desempenho de uma página on-line em relação ao público-alvo é a taxa de rejeição (ou seja, o percentual de visitantes que acessam uma página, porém saem dela sem, por exemplo, clicar em links internos que levem para outras páginas dentro de um mesmo site).

Portanto, entender o fluxo do tráfego e o comportamento dos usuários na internet é essencial para elaborar estratégias e mapear pontos de melhoria que resultem em mais crescimento e mais visibilidade para uma página on-line em meio à grande concorrência na web.

Como criar uma conta no Google Analytics?

Quer aprender a criar uma conta para o seu negócio no Google Analytics e poder ter acesso aos valiosos dados que ele gera para você monitorar as ações dos usuários no site da sua empresa?

Vamos lá, então! É relativamente simples. Basta você seguir o nosso passo a passo abaixo para que a ferramenta possa começar a monitorar a atividade dos visitantes na sua página on-line:

  1. Acesse a página inicial do Google Analytics e clique em “Começar avaliação”;
  2. Em “Configurações da conta”, dê um nome para a conta (lembrando que pode ser usado mais de um ID de acompanhamento) e escolha as “Configurações de compartilhamento de dados da conta”, antes de clicar em “Próximo”;
  3. Na seção “Configuração da propriedade”, crie um nome para a propriedade (que representa os dados da web e/ou do aplicativo da empresa) e responda os campos de fuso horário e moeda;
  4. Clique em “Mostrar opções avançadas” e insira a URL da página para criar uma propriedade do Google Analytics Universal (que era a versão tradicional do Google Analytics, mas que será definitivamente substituída pela versão GA4 em 1º de julho de 2023). Assim o site será acompanhado pelas duas versões (para isso, verifique se o campo “criar uma propriedade do Google Analytics 4 e outra do Universal Analytics” está ativado). Em seguida, selecione “Próximo” mais uma vez.
  5. Responda o questionário “Sobre sua empresa” com as informações comerciais do seu negócio e clique no botão “Criar”. Leia o “Contrato de termos de serviço do Google Analytics”, insira “Brasil” no campo correspondente e selecione “Aceito”.

Prontinho! Sua conta no Google Analytics está criada. Agora, você precisa instalar as tags de rastreamento da ferramenta na página que você quer monitorar. Você pode fazer isso seguindo as instruções que o próprio Google fornece para inclusão da tag no seu site.

Caso você tenha campanhas de Google Ads ativas, é bastante recomendável que você vincule a conta do Google Analytics à conta do Google Ads para que a primeira ferramenta possa receber as informações da campanha de anúncios e tornar os relatórios ainda mais completos e precisos sobre a conversão de vendas.

Qual a diferença entre Google Analytics Universal e Google Analytics 4 (GA4)?

Nos últimos anos, grandes empresas de tecnologia vêm sendo pressionadas e questionadas sobre a grande coleta de dados e, principalmente, o uso que elas fazem desses dados de cidadãos na internet.

Especialmente nos EUA e na Europa, governos têm fechado o cerco a empresas como Meta (grupo que controla o Facebook, o Instagram e o WhatsApp) e Google para garantir a preservação da privacidade de seus cidadãos e evitar o uso de seus dados para fins comerciais (como, por exemplo, para aprimorar campanhas de anúncios on-line).

Em vista disso, a Google já se adiantou e criou uma versão do Analytics que se adeque à legislação de proteção dos dados dos usuários. Foi assim que, em 2020, nasceu o Google Analytics 4.

É importante ressaltar, porém, que a versão mais conhecida do serviço, o Google Analytics Universal, só será descontinuada em 1º de julho de 2023 e que a versão paga da ferramenta, o Google Analytics 360, será encerrada em 1º de outubro do mesmo ano.

Atualmente, o Google Analytics 4 (ou GA4) já é a versão padrão quando você cria uma conta na plataforma (mas, como você viu no tópico anterior, você pode configurar a sua conta para também coletar dados da versão Google Analytics Universal).

Veja as principais alterações na coleta de dados de usuários feita pela versão 4 do Google Analytics:

  • Apresenta mais informações sobre a jornada do cliente com base em dados de sites e aplicativos;
  • Abandona o conceito de sessão (grupo de interações de um usuário com a página em um determinado intervalo de tempo) para usar dados com base em eventos (interações específicas como clicar em um link, concluir uma compra, carregar uma página etc.);
  • Aposenta os famosos cookies (elementos que ajudam as páginas visitadas por um usuário a registrarem ações dele em uma determinada visita para facilitar o contato em futuros acessos) para garantir mais privacidade aos usuários, além de incluir modelagem comportamental e estimativa de conversão;
  • Conta com recursos preditivos para te orientar sem modelos complexos;
  • Possibilita integrações diretas com plataformas de mídia para promover ações no site ou app da sua empresa.

5 recursos do Google Analytics para você entender os seus clientes em potencial

Que tal explorarmos em mais detalhes os recursos que o Google Analytics oferece para você monitorar a interação dos usuários com o site da sua empresa?

Vamos te apresentar as principais funcionalidades da ferramenta na versão 4 (que se dividem em 5 abas principais: página inicial, relatórios, explorar, publicidade e configurações) para você ficar por dentro dos dados e informações mais relevantes.

Veja 5 recursos do Google Analytics para você acompanhar de perto:

1. Página inicial

A primeira aba do Google Analytics exibe um panorama geral dos dados analisados como, por exemplo, um gráfico de usuários que visitaram a página nos últimos 7 dias ou outro período definido por você, o percentual de conversões, a receita total gerada e a quantidade de novos usuários.

Além disso, em Página inicial, você também tem a possibilidade de acompanhar ações de usuários que acessaram a página nos últimos 30 minutos e identificar qual a localização deles.

2. Relatórios

Em Relatórios, você consegue visualizar métricas referentes às ações e interações dos visitantes da sua página em tempo real. A área de Ciclo de Vida, por exemplo, te mostra as características e as atividades de usuários que estão usando o site ou app do seu negócio.

Em Aquisição, você fica por dentro dos detalhes da origem do tráfego que a página está recebendo. A seção de engajamento vai te revelar como esses usuários se comportam e interagem com os links, botões e outros elementos do site. Também existe uma seção para Monetização, que te permite gerenciar os investimentos em anúncios e monitorar o faturamento.

3. Explorar

Com base no aprendizado de máquina e na inteligência artificial, essa aba do Google Analytics analisa todo o volume de dados gerados pelos visitantes da página para te oferecer insights e métricas preditivas para apontar melhorias que podem ser feitas para melhorar o desempenho da página on-line.

Nessa aba, é possível, entre outras ações, trocar a técnica de exploração (formato livre, exploração de funil, sobreposição de segmentos etc.) e fazer descobertas sobre o público-alvo alcançado (como informações demográficas e tecnologia utilizada) para colocar em prática, por exemplo, ações de remarketing.

4. Publicidade

Essa aba foi criada para integrar ainda mais o Google Analytics à plataforma de publicidade Google Ads. Nessa seção, as equipes de marketing conseguem visualizar dados sobre os resultados das campanhas de anúncios e verificar o índice do retorno sobre o investimento (ROI).

Em Publicidade, você tem acesso a 3 relatórios principais. O primeiro deles é o Resumo, que traz uma síntese das informações sobre a conversão e performance da campanha.

O segundo relatório é o de Comparação de Modelos que te apresenta o fator determinante para a conversão de um cliente. Por fim, você terá os Caminhos para Conversão, que te mostra a jornada do cliente desde o primeiro impacto até o momento de fechar a compra.

5. Configurar

Lembra que dissemos que a nova versão do Google Analytics deixou de usar o conceito de sessão para se basear em eventos? Pois é na aba Configurar que isso fica mais claro.

Em outras palavras, em Configurar, você consegue determinar quais são os eventos de interação dos usuários que você quer acompanhar mais de perto e em mais detalhes.

Dessa forma, você pode personalizar alguns relatórios para além dos acompanhamentos que o Google Analytics já faz de forma padrão (como clique e visualização de página), de acordo com os eventos que fizerem mais sentido e forem mais úteis para a sua empresa avaliar no site em relação à jornada de compra do cliente.

Gerencie as suas estratégias de marketing digital e consiga resultados melhores!

Como você viu neste artigo, o Google Analytics é uma ferramenta gratuita do Google que te abastece com informações completas que te permitem entender como os usuários que chegam à página do seu negócio se comportam em relação à estratégia de marketing traçada, ao conteúdo criado, aos produtos e serviços ofertados etc.

Com o Google Analytics, você terá acesso a recursos variados em uma única ferramenta. Os dados que esse serviço do Google te oferece são essenciais para uma análise do desempenho do site da sua empresa e te ajudarão na tomada de decisão estratégica relacionada às campanhas e melhorias a serem colocadas em prática.

A partir da coleta e análise das informações e dados que o Google Analytics te mostra, fica muito mais fácil ter insights para solucionar eventuais problemas que sejam identificados em relação à performance do site e se aproximar cada vez mais do público-alvo e dos objetivos traçados pela sua estratégia de marketing digital.

No início do artigo, dissemos que o que não pode ser medido não pode ser gerenciado, mas também é verdade que aquilo que não é monitorado não pode ser melhorado. Então, se você ainda não conta com uma estratégia de marketing digital, saiba que você está perdendo muitas oportunidades e, infelizmente, vendas.

Porém, não se preocupe. A Agência Tupiniquim pode te ajudar a fazer sua empesa aparecer e crescer na internet por meio de eficientes técnicas de marketing digital como, por exemplo, a criação de um site em WordPress para o seu negócio ser encontrado no Google 24 horas por dia, marketing de conteúdo para te aproximar do seu público-alvo e outros serviços que vão aumentar a visibilidade da sua marca na internet.

Entre em contato conosco para que possamos fazer um diagnóstico das necessidades da sua empresa e traçar a estratégia ideal para você vender mais!

Achou este artigo útil? Então, compartilhe o link com outras pessoas que se interessam pelo tema.

Dúvidas Frequentes

O que é o Google Analytics?

O Google Analytics é uma ferramenta gratuita com funções e recursos para acompanhar, monitorar e analisar, em tempo real e por meio de relatórios, dados gerados durante a visitação e a navegação de usuários em páginas na internet.

Por que usar o Google Analytics?

O Google Analytics é uma das ferramentas fundamentais para qualquer marca que queira alavancar seu desempenho na internet porque essa ferramenta é responsável por te entregar um raio-x das interações e das ações realizadas pelos usuários que acessam o site do seu negócio.

Qual a diferença entre Google Analytics Universal e Google Analytics 4 (GA4)?

O Google Analytics Universal é uma versão do Google Analytics que será descontinuada em 1º de julho de 2023. Atualmente, quem cria uma conta na plataforma já conta com a versão Google Analytics 4, que não utiliza cookies e monitora eventos específicos dos usuários em vez de sessões, entre outras alterações.

Web Stories:

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder
3 exemplos de Marketing emocional 4 Dicas para fazer Marketing emocional 4 Emoções poderosas no Marketing emocional 3 curiosidades sobre o omnichannel 4 dicas para aplicar o omnichannel 4 benefícios do omnichannel 4 benefícios de anunciar no Google Ads 4 dicas para criar conteúdo no Pinterest Pinterest: 4 formatos de Pins na Conta Business 3 exemplos de métricas de Google Ads 4 principais redes sociais para a sua indústria 4 benefícios do Google Ads para o Marketing Industrial 4 cursos de vendas para alavancar seus resultados 3 dicas sobre Marketing Digital 4 livros de Marketing Digital para te inspirar 4 dicas para melhorar o CTR dos seus anúncios 3 cases de Marketing Digital B2B da Tupiniquim 5 estratégias de Marketing Digital B2B 4 motivos para investir em Branding com a Tupiniquim 3 Exemplos de Marketing de Conteúdo