Skip to main content

Saiba como melhorar o desempenho do site do seu negócio e escalar muitas posições no Google para alcançar mais clientes e mais vendas.

Segundo uma pesquisa realizada, 93% dos brasileiros fazem pesquisas no Google antes de realizar uma compra. Isso é a grande prova de que os consumidores querem acessar conteúdo informativo e on-line antes de adquirir um produto ou serviço.

Por isso, criar ou reformular um site para uma empresa é uma decisão inteligente, já que aumenta as possibilidades de negócios e a consciência de marca, ou brand awareness, entre o público-alvo on-line.

No entanto, não adianta ter um site com um belo projeto de identidade visual e com conteúdo informativo e relevante se ele não receber visitas. É essencial otimizar o site para impulsionar o tráfego, ou seja, o volume de visitantes que ele recebe.

Sabendo disso, as empresas que possuem sites disputam uma verdadeira corrida pelas primeiras posições no ranqueamento do Google, usando táticas como a Otimização para Mecanismos de Busca (SEO) para alavancar a performance de suas páginas on-line.

Isso porque quanto melhor o posicionamento no ranqueamento de um buscador, maiores as chances de visitas ao site (afinal, quem vai além das primeiras páginas do Google quando pesquisa algo, não é mesmo?).

Para retornar resultados aos seus usuários, o Google usa métricas (como as Core Web Vitals) para avaliar a qualidade da experiência, da navegação e do conteúdo que um site oferece. Então, quanto melhor a avaliação que o site receber do algoritmo do buscador, melhor será seu posicionamento nas páginas de resultados.

Neste post, a Agência de Marketing Digital Tupiniquim vai te mostrar como otimizar o site do seu negócio na internet e, consequentemente, fazer decolar o alcance e a visibilidade dele entre potenciais clientes, também chamados de leads.

O que você vai ler sobre Otimização de Sites:

O que significa otimizar um site?

Um endereço permanente na internet é um excelente cartão de visitas que uma empresa pode usar para apresentar sua marca, produtos e serviços ao seu público-alvo e, obviamente, a expectativa é que o site receba o maior número possível de visitantes.

Por isso, é importante realizar a otimização do site, isto é, implementar um conjunto de táticas, estratégias e ações que visam melhorar o alcance e encurtar o caminho entre a página on-line e os usuários que navegarão por ela.

Em outras palavras, a otimização é o conjunto de ajustes feitos para impulsionar o tráfego orgânico do site, ou seja, a quantidade de visitantes que chegam à página de forma espontânea e por meio de buscas em sites como o Google (sem o uso de anúncios pagos).

Como é feita a otimização de um site?

Deu para perceber que otimizar um site significa não só fazer com que ele receba mais usuários, mas também clientes em potencial para consumir os produtos e serviços da sua marca, né?

Então, agora vamos te mostrar 5 estratégias para otimizar os resultados do site do seu negócio em sites de buscas como o Google, Yahoo, Bing etc.

1. Responsividade a dispositivos móveis

Um site pode ter o seu processo de otimização iniciado já em sua criação com a preocupação de que ele seja amigável, responsivo e forneça uma boa experiência de navegação em dispositivos móveis.

Isso é relevante porque a maior parte dos usuários utilizam aparelhos como, por exemplo, smartphones para navegar na internet (e em sites de buscas) atualmente.

Foi por essa razão que o Google alterou seu algoritmo de buscas para impulsionar e exibir sites que tenham exibição adequada em dispositivos móveis como resultados para pesquisas de usuários.

2. Auditoria

Se a sua empresa já possui um site, é preciso identificar quais são os pontos de melhoria da performance da página on-line para, assim, iniciar o processo de otimização.

Esse diagnóstico do desempenho é chamado de auditoria e examina o site a fundo, podendo, inclusive, contar com um mapa da página (ou sitemap) e usar ferramentas como o Quick Sprout para ajudar a avaliar e identificar o nível de performance de cada página que compõe o site.

Depois que você tiver conhecimento dos pontos fortes e, especialmente, dos pontos fracos do site do seu negócio, é preciso colocar em prática as estratégias que vão fazer o desempenho do endereço eletrônico dar um salto nos resultados dos buscadores.

3. Marketing de Conteúdo

O marketing de conteúdo é uma estratégia para transformar a sua empresa em referência na internet em relação à área de atuação dela.

Isso porque essa estratégia objetiva, primeiramente, gerar conteúdo com informações que podem ser úteis para sanar dúvidas ou resolver problemas do público-alvo de uma empresa, em vez de simplesmente fazer a oferta de um produto ou serviço de forma direta.

Dessa forma, é possível criar textos, posts de blog e outros formatos de conteúdo que vão educar a audiência sobre as soluções que uma empresa pode oferecer para suas necessidades e criar um relacionamento de confiança com ela.

4. Landing page

Uma landing page, também chamada de página de destino ou conversão, serve para divulgar produtos e serviços com mais detalhes e, principalmente, abordar clientes em potencial de forma mais persuasiva (usando técnicas de copywriting) para converter mais vendas.

Uma das principais vantagens de uma landing page é a possibilidade de atrair leads qualificados, isto é, clientes potenciais que já possuem algum nível de interesse ou conhecimento sobre o que o seu negócio pode oferecer.

Além disso, as landing pages acabam servindo também como fontes de tráfego orgânico para outros endereços eletrônicos de uma empresa como sites, blogs, perfis em redes sociais etc.

5. SEO

Uma outra estratégia bastante recomendada para aumentar a visibilidade de um site é implementar o conjunto de técnicas de SEO (Otimização para Mecanismos de Busca).

Esse conjunto de técnicas se divide em SEO On-Page, referente aos elementos que compõem o site (meta título e descrição, links internos, conteúdo etc.), e SEO Off-Page, que trata dos elementos que não fazem parte do site propriamente dito (por exemplo, links externos e guest posts em outros sites).

Otimizar um site para mecanismos de busca assegura um desempenho melhor no ranqueamento dos sites de pesquisa porque ajuda a melhorar a experiência de usabilidade das páginas de resultados dos usuários.

Como aplicar SEO em um site?

Como vimos, SEO é o grupo de táticas que podem ser aplicadas a um site para melhorar seu alcance e posicionamento entre os resultados de pesquisas feitas por usuários em buscadores como, por exemplo, o Google.

Assim, as técnicas de SEO ajudam o site da sua empresa a ganhar mais relevância e autoridade junto aos algoritmos de mecanismos de pesquisas e impulsionam a entrega de conteúdos como, por exemplo, os posts de um blog entre os resultados para as buscas dos usuários.

Com a aplicação dessas táticas de SEO, é muito mais provável que um site consiga subir posições rumo às primeiras páginas de sites de buscas, também conhecidas como SERPs (Search Engine Results Page, em português: Página de Resultados de Mecanismos de Busca).

Veja 4 dicas de SEO que podem ser aplicadas para fazer o algoritmo do Google exibir o site do seu negócio para um número bem maior de pessoas:

1. Busque palavras-chave

As palavras-chave são termos e conjuntos de palavras que dizem respeito aos objetivos, produtos, serviços e área de atuação de uma empresa.

Por exemplo, as palavras-chave relevantes para uma padaria podem ser “pães”, “bolos”, “café da manhã” e outras que façam sentido para o universo de atuação desse negócio.

Essas palavras-chave devem ser usadas no conteúdo escrito da página de serviços, do blog e de outras seções do site da empresa. Assim, quando um usuário fizer uma pesquisa relacionada a algum desses termos ou expressões, o algoritmo do buscador retornará o site da empresa entre os resultados.

2. Use links internos

Os links internos são aplicados ao conteúdo publicado com a finalidade de redirecionar os visitantes para outras páginas dentro de um mesmo site, fortalecendo as principais palavras-chave da área de atuação da sua empresa.

Como exemplo, se o site do seu negócio tiver um blog, você pode inserir em um post links de outros posts que estejam de alguma forma relacionados a ele.

Isso contribui para que o usuário passe mais tempo navegando pelas páginas do site da sua empresa e para que os algoritmos dos buscadores classifiquem a página como uma referência no assunto.

3. Faça link building

Fazer link building (construção de links, em português) significa, entre outras ações, trocar conteúdos com empresas parceiras para divulgar sua marca em outros sites e blogs.

Para isso, você pode usar a estratégia de guest posts, ou seja, ter um texto criado pela sua empresa publicado no blog ou página de outro negócio.

Dessa forma, você recebe backlinks (ou links externos) que redirecionam tráfego de outros sites para o da sua empresa, aumentando a autoridade e a relevância da página do seu negócio junto aos algoritmos dos buscadores.

4. Não use conteúdo duplicado

Não cometa o erro de copiar e colar o conteúdo de sites de empresas concorrentes nem o erro de replicar conteúdo idêntico ao de outras páginas do site do seu negócio.

Isso porque o algoritmo do Google é capaz de identificar essa tática enganosa que compõe o Black Hat SEO, um SEO “do mal” que tenta enganar e manipular os robôs do buscador, e pode gerar penalizações ao site.

Aposte na autenticidade e una o Marketing de Conteúdo ao SEO para elaborar um conteúdo original que seja útil e relevante para responder às pesquisas de usuários de sites de buscas e, consequentemente, ganhar alcance e destaque nas páginas de resultados.

Como otimizar sites em WordPress?

O WordPress é um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (CMS) que é usado para criar e gerenciar sites. Muitas empresas desenvolvem e editam seus sites por meio dessa plataforma gratuita devido à variedade de ferramentas e à usabilidade intuitiva e descomplicada que ela possui.

Aqui na Tupiniquim, por exemplo, utilizamos o WordPress para criar e administrar os sites de diversos clientes devido às possibilidades de otimização para SEO On-Page que esse CMS oferece. Conheça 3 delas:

1. Meta título

Esse elemento é o título que um buscador exibe em azul (abaixo da URL) para a sua página entre os resultados de buscas relacionadas a ela.

O ideal é que ele possua até 60 caracteres (ou 568 pixels) e contenha as palavras-chave relevantes para que o site de buscas o mostre em sua totalidade e, dessa forma, o usuário e o algoritmo consigam identificar rapidamente se a página possui o conteúdo que eles buscam.

2. Meta descrição

Semelhante à função do meta título, a meta descrição informa com mais detalhes (em até 160 caracteres ou 940 pixels) o assunto abordado por uma página.

Mais uma vez, é hora de colocar em ação as palavras-chave que você selecionou para o algoritmo do buscador entender ainda melhor o conteúdo e retorná-lo aos usuários que fizerem pesquisas relacionadas a elas.

3. Texto alternativo em imagens

Também chamado de alt text, esse texto alternativo serve para explicar aos algoritmos dos buscadores a relação entre as imagens e o conteúdo escrito da página.

Isso possibilita que uma página apareça não só na aba principal de resultados, mas também na aba de imagens do buscador, além de ser uma boa prática para garantir a acessibilidade de usuários com algum nível de deficiência visual.

Otimize o site do seu negócio e escale posições no Google!

Neste artigo, você aprendeu que um site é capaz de ampliar a base de clientes e a divulgação de produtos e serviços da sua empresa. Além disso, você leu que otimizar o alcance do site na internet é tão importante quanto o design e o conteúdo que ele apresenta.

Essa otimização em busca de conseguir o melhor posicionamento em buscadores, como o Google, justifica-se pela grande concorrência pelo espaço limitado para resultados orgânicos nas primeiras páginas dos sites de pesquisa.

Estar nas primeiras páginas do Google, que é o maior e mais usado site de pesquisas do mundo, aumenta a visibilidade da sua empresa de forma impressionante e, como consequência, impulsiona as chances de conversão de clientes e de vendas.

Pensando nisso, a Agência Tupiniquim coloca à disposição do seu negócio nosso serviço de criação de sites em WordPress, caso ele ainda não possua um endereço permanente para explorar e aproveitar as possibilidade comerciais que a web proporciona, além da nossa consultoria de SEO para alavancar o desempenho e o alcance da sua empresa na internet.

Fale conosco e conheça em detalhes esses e outros serviços de marketing digital que a Tupiniquim presta há mais de 10 anos para empresas que querem crescer dentro e fora da internet!

Compartilhe o link deste conteúdo para ajudar a informar mais pessoas!

Dúvidas Frequentes

O que significa otimizar um site?

A otimização é o conjunto de ajustes feitos para impulsionar o tráfego orgânico do site, ou seja, a quantidade de visitantes que chegam à página de forma espontânea e por meio de buscas em sites como o Google.

Quais são as estratégias para otimização de sites?

  1. Ter responsividade a dispositivos móveis;
  2. Fazer auditoria;
  3. Usar o marketing de conteúdo;
  4. Criar landing pages;
  5. Aplicar SEO (Otimização para Mecanismos de Busca).

Como aplicar SEO em um site?

  1. Busque palavras-chave;
  2. Use links internos;
  3. Faça link building;
  4. Não use conteúdo duplicado.

Web Stories:

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder
3 exemplos de métricas de Google Ads 4 principais redes sociais para a sua indústria 4 benefícios do Google Ads para o Marketing Industrial 4 motivos para investir em Branding com a Tupiniquim 3 Exemplos de Marketing de Conteúdo 5 Dicas para um Marketing de Conteúdo eficaz 4 dicas sobre Gestão de Tráfego 4 tipos de ferramentas de marketing digital 4 ferramentas de marketing digital gratuitas 3 exemplos de anúncios que aplicam os Gatilhos Mentais 4 tipos de correspondência de palavras-chave 4 dicas para escolher palavras-chave no Google Ads 4 cases de Branding criados pela Tupiniquim 4 benefícios do Google Ads para advogados 5 dicas de como usar o Google Ads para advogados 4 estratégias para aplicar os Gatilhos Mentais 4 benefícios das métricas de redes sociais 5 exemplos de métricas de redes sociais 5 curiosidades sobre Gatilhos Mentais 4 sites em WordPress criados pela Agência Tupiniquim