Skip to main content

Ainda não sabe quais são os principais canais de marketing digital? Neste artigo te ensinamos quais são e damos outras dicas importantes para você colocar em prática!

Existe uma diversidade de canais e ferramentas na internet que podem ser utilizadas para explorar o marketing digital. No entanto, em meio a tantas opções, é difícil saber qual escolher para usar nas suas campanhas digitais, não é mesmo?

Porém, independentemente do canal escolhido, o objetivo é o mesmo: atrair e conquistar novos clientes e fidelizá-los. Em contrapartida, apesar de os canais possuírem um mesmo fim, ou seja, trazer novos clientes para o negócio, cada canal possui suas particularidades e maneiras diferentes de ser aproveitado.

Se os recursos disponíveis forem utilizados e colocados em prática da forma correta, as estratégias de marketing digital têm o poder de trazer grandes resultados na divulgação de produtos e serviços.

Entre eles estão: segmentação do público-alvo, possibilidade de mensuração dos resultados das ações e baixo custo com as campanhas se comparadas com mídias tradicionais, como a televisão. E tudo isso só é possível com as várias ferramentas de marketing digital existentes.

Neste artigo, vamos te ensinar o que são canais de marketing digital, quais são os principais, como analisá-los e dicas para escolher os que melhor atendem às suas necessidades. Boa leitura!

O que você vai aprender sobre Canais de Marketing Digital:

O Que São Canais de Marketing Digital?

Os canais de marketing digital são meios pelos quais as empresas podem promover sua marca, seus produtos ou serviços na internet. Além disso, são meios de interação entre os usuários e a marca a fim de criar um relacionamento e realizar vendas.

Mais do que isso, os canais de marketing digital ajudam as empresas a se destacarem dos concorrentes, agregando valor à solução adquirida pelos clientes utilizando estratégias como, por exemplo, o marketing de conteúdo.

Diante disso, é muito importante que a sua empresa tenha uma boa presença digital, já que os canais de marketing também têm relação com as etapas de vendas, desde o primeiro contato com o cliente até o pós-venda, incluindo as etapas de atração, conversão e fidelização.

Cada canal pode ser usado de forma diferente e combinado para realizar objetivos específicos de marketing e alcançar diferentes segmentos de público-alvo. É importante usar ferramentas como o Google Analytics para analisar as características de cada um deles e medir os resultados obtidos.

Alguns exemplos de canais de marketing digital incluem: redes sociais, mecanismos de busca, e-mail marketing, mídia paga, entre outros. No próximo tópico, vamos te mostrar em detalhes quais são os principais.

Quais São os Principais Canais de Marketing Digital?

Agora que você já sabe o que são os canais de marketing digital e com certeza já entendeu a importância deles para o seu negócio, vamos te apresentar os melhores e principais canais de marketing para divulgar a sua marca, produtos e serviços com eficiência.

É válido ressaltar que todos os canais apresentados são ferramentas de marketing digital gratuitas e estão disponíveis na internet para você usar como e quando quiser dentro daquilo que é permito por cada canal.

Sem mais delongas, vamos ao que interessa. Confira a seguir os 6 principais canais de marketing digital.

1. Redes Sociais

As redes sociais são plataformas on-line em que as pessoas podem compartilhar conteúdos e interagir entre si. Alguns exemplos são: Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn, Pinterest e Tik Tok. As empresas podem usar essas plataformas para promover seus produtos e serviços e construir relacionamentos com seus clientes.

Apesar de os usuários e usuárias utilizarem as redes sociais para se conectarem e estreitarem relacionamentos com outras pessoas, as redes sociais também servem como vitrine para as empresas divulgarem as suas soluções.

Sendo assim, a ideia das redes sociais é despertar o interesse das pessoas em conhecer, por exemplo, o seu site ou blog. Com elas, ao mesmo tempo em que é possível alcançar todo e qualquer tipo de público, é possível também fazer uma segmentação do público que deseja atingir.

Páginas no Facebook, perfis no Instagram, Twitter e Tik Tok e contas no Pinterest permitem que você se mostre como referência naquilo que você faz ou vende, compartilhando conteúdos interativos e aproximando o público da marca.

Já no LinkedIn, é possível que as pessoas se comuniquem com empresas ou profissionais que ocupam um cargo em determinado setor. Além disso, é possível buscar por negócios em determinadas regiões como, por exemplo, uma Agência de Marketing Digital em São Paulo.

Esse canal é, sem dúvidas, uma excelente oportunidade para o seu negócio ser visto por pessoas que possuem interesse no seu nicho de atuação.

2. E-mail Marketing

O e-mail marketing é outro canal de marketing digital para promover seus produtos ou serviços, incluindo o envio de newsletters, e-mails promocionais e e-mails de automação de marketing, por exemplo.

Esse recurso é muito eficaz para o uso de nutrição de leads por meio de envio de conteúdos relevantes, materiais ricos e educativos, como e-books e infográficos ou até mesmo para anunciar alguma novidade sobre o seu negócio.

3. Busca orgânica

Sempre que um usuário acessa um site através de um motor de busca (ex: Google, Yahoo, Bing etc), tem-se um tráfego orgânico. O tráfego orgânico é normalmente alcançado com mais dificuldade que outros canais, já que está a critério do motor de busca decidir qual URL estará nas primeiras posições de seus rankings.

A concorrência por tráfego vindo deste canal é muito alta, visto que os usuários que acessam um site por um motor de busca demonstram alto interesse pelo tema, o que os tornam úteis em qualquer etapa do funil de compras.

Por essa razão é tão importante o SEO, que tem o objetivo de otimizar um site para ranquear melhor nos resultados de busca orgânica dos motores de busca, incluindo técnicas de palavra-chave, link building, conteúdo otimizado e outras técnicas para melhorar a visibilidade do site nos resultados de busca.

4. Referência

Da mesma forma que sites “conhecidos” (como Google e Facebook) podem trazer tráfego para seu site, qualquer outro site da internet pode ser um canal de acesso ao seu, basta que você seja referenciado nele.

Na prática, isso se traduz em seu conteúdo ser reproduzido por diversos outros sites, seja em parcerias que você estabelece, como estratégia de guest post, ou simplesmente por seu conteúdo ser bom o suficiente para outras pessoas quererem compartilhá-lo.

Assim, qualquer link para seu site que esteja disponível em qualquer página da internet acaba se tornando um possível canal. Além disso, ter seu conteúdo bastante referenciado é uma vantagem em ferramentas de busca, o que contribui para o seu SEO.

Para aprender a gerar mais links na internet e utilizar o canal de referência a seu favor, confira o nosso Link Building: O que É e 6 Dicas para Fazer

5. Tráfego direto

Tráfego direto acontece quando um usuário acessa diretamente o site da empresa, digitando a URL na barra de buscas do navegador. Geralmente, o tráfego direto é gerado por usuários que já conhecem a marca e estão retornando ao site ou pessoas que receberam alguma indicação.

Em qualquer caso, isso significa que a empresa recebeu referências de clientes satisfeitos ou agradou o suficiente com base no que você ofereceu de valor para que eles voltassem ao seu site.

Mídia paga

Tão importante quanto os outros canais de marketing que citamos, a mídia paga é uma opção extremamente relevante. Essa estratégia permite que as empresas não dependam apenas do tráfego orgânico e do bom posicionamento junto aos mecanismos de busca.

Plataformas como Google Ads, Facebook Ads, Instagram Ads, LinkedIn Ads, entre outras, disponibilizam ferramentas para a criação de campanhas e anúncios.

Geralmente, essas mídias podem ser segmentadas por perfil do público e palavras-chave, permitindo alcançar de maneira mais precisa os usuários que mais se interessariam pela marca.

Como Analisar seus Canais de Marketing Digital

Até aqui, você já pôde perceber que existem diferentes canais de marketing digital e cada um com suas particularidades e características específicas. Por esse motivo é tão importante fazer a análise de cada canal, até mesmo para saber se o negócio está tendo resultados com os canais escolhidos.

Para isso, divida a análise em 3 partes: topo, meio e fundo de funil. A seguir, veja como fazer:

 Análise de Topo de Funil

Nesta etapa, é importante entender quais são os canais de marketing digital que geram novos leads e a qualidade deles em cada canal. Para isso, deve-se analisar duas métricas principais: visitantes e novos leads.

Por meio dessas informações, será possível compreender de que forma eles acessam o site da empresa pela primeira vez.

Veja algumas perguntas que devem ser feitas durante a análise:

  • Qual é o canal que gera mais leads?
  • Qual deles possui maior taxa de conversão (visitantes para leads e leads para leads qualificados)?
  • Qual possui o menor ciclo de vendas?
  • Qual canal de mídia paga apresenta o menor custo por lead (CPL)?

Análise de Meio de Funil

Nesta análise, o objetivo é compreender quais são os canais em que a empresa deve investir para gerar mais engajamento dos leads, de modo a aumentar a qualificação e a quantidade de oportunidades geradas.

Leads, leads qualificados e oportunidades são as métricas que devem ser analisadas nesta etapa, o que permitirá descobrir qual é o canal responsável por gerar mais interesse e engajamento.

As perguntas que devem ser feitas para a análise de meio de funil são:

  • Qual é o canal que gera mais leads qualificados?
  • Qual deles tem a maior taxa de conversão (leads para leads qualificados e leads para oportunidades)?
  • Qual gera mais oportunidades?
  • Qual canal apresenta o menor ciclo entre leads e oportunidades?

Análise de Fundo de Funil

A análise de fundo de funil tem especial serventia para e-commerces ou para empresas em que a maior parte do processo de venda ocorre dentro do seu próprio site e em ciclo menores.

Isso porque essa etapa permite identificar os canais que mais funcionam para a conversão de oportunidades em vendas.

Nesta etapa, algumas perguntas que devem ser respondidas são:

  • Qual é o canal que gera mais vendas?
  • Qual tem maior conversão (leads para vendas)?
  • Qual deles gera maior receita?
  • Qual canal conta com o maior ticket médio?

6 Dicas para Escolher os Canais de Marketing Digital

Chegou a hora de definir quais são os canais de marketing mais alinhados a sua estratégia digital!

Antes de tudo, sua empresa precisará ter um site, depois disso, será necessário levar em consideração alguns pontos importantes para a seleção dos melhores canais possíveis. Confira algumas dicas que preparamos!

1. Conheça sua audiência

Definir um público-alvo é uma das principais etapas para o planejamento de qualquer ação nos canais de marketing digital. Portanto, quanto mais você entende a sua audiência, maiores serão as chances de acertar na escolha dos canais.

Dessa forma, o público-alvo representa um grupo de pessoas ou organizações com perfis similares de consumo, sintonizados com as ofertas da empresa. Você sabe como definir o público-alvo da sua marca? Confira as características que o compõem:

  • idade;
  • gênero;
  • profissão;
  • estado civil;
  • nível de escolaridade;
  • renda;
  • Outros aspectos sociais que julgar importante.

Somente a definição do público-alvo não será o suficiente para criar uma maior conexão entre a marca e o potencial cliente. Portanto, a elaboração de uma persona (representação semi-fictícia de clientes reais) vai permitir uma melhor compreensão do cliente ideal da sua empresa e gerar mais resultados. Para isso, siga os seguintes passos:

  • dê um nome para a persona;
  • defina sua idade;
  • descreva onde ela mora, seu nível de escolaridade, o cargo que trabalha e qual é sua renda;
  • procure saber quais são suas dores, desafios e objetivos.

Todo esse processo ajudará a entender em quais canais digitais sua audiência está presente, quais são os assuntos de seu interesse, além de entender também qual a linguagem mais apropriada para você se comunicar com ela.

2. Avalie sua concorrência

Quando um cliente pensa em adquirir um produto ou serviço que sua empresa oferta, ele pensa na sua empresa ou em um concorrente?

Se a resposta foi o concorrente, esse é o momento de analisar os competidores e repensar a sua atuação no ambiente on-line. Se a resposta foi que ele pensa na sua empresa, não fique aliviado(a)! Ainda assim, tal estudo é relevante para se manter no topo.

Quem são seus concorrentes diretos e indiretos? Em quais canais eles estão? Como é o engajamento do seu público? Quais são seus pontos fortes e fracos?

Essas e outras perguntas servirão como base da avaliação e, só assim, você entenderá o que é preciso para obter um lugar de destaque diante da diversidade de ofertas.

3. Conheça seu produto ou serviço

Quando você não conhece todas as características do seu produto/serviço, corre-se o risco de cometer erros na escolha dos canais de divulgação ideais.

Por exemplo, uma loja que vende maquiagens e não usa o Instagram, certamente, perde uma enorme oportunidade de alavancar suas vendas, visto que os produtos pedem certo apelo visual e, com a rede social, é possível interagir com imagens e vídeos de tutoriais.

Portanto, para garantir que os esforços em vendas sejam direcionados às pessoas certas e nos canais adequados, é primordial que você conheça por completo sua empresa e produto ou serviço.

4. Considere seus objetivos e orçamento

Deseja gerar leads? Aumentar o reconhecimento de marca? Alavancar as vendas em x%? Cada um desses objetivos exige uma estratégia específica.

E, se você busca elevar o alcance e a visibilidade da marca, será preciso apostar nos anúncios pagos. O tamanho do seu orçamento vai indicar o quanto sua empresa pode ou não investir, assim como dará um norte para a construção da estratégia.

5. Busque a integração dos canais

A sinergia entre os canais de marketing digital favorece a eficiência, impulsiona os resultados e, além disso, cria uma melhor experiência ao seu público.

Diversificar os canais é uma excelente estratégia para a atração de mais pessoas. Sua empresa não precisa trabalhar com todos os canais, mas também não basta escolher apenas um.

Você pode utilizar diversos pontos de interação para direcionar o potencial cliente até o momento da decisão de compra. Um exemplo disso é a estratégia de Inbound Marketing, que trabalha toda a jornada do cliente.

6. Monitore os resultados e as métricas

Por último, mas não menos importante, avalie os resultados! Como o estatístico e professor norte-americano William Edwards Deming disse: “O que não pode ser medido, não pode ser gerenciado”.

De fato, se você não sabe qual está sendo o desempenho das ações, é impossível entender se os canais escolhidos e as estratégias adotadas estão funcionando.

Sendo assim, com a análise das métricas, você será capaz de obter dados que darão melhores direcionamentos ao seu investimento financeiro, à finalidade de cada canal e promoverá mudanças importantes.

Aproveite as Oportunidades do Marketing Digital para Promover a sua Marca

Viu como existem diversas alternativas para divulgar seus produtos e serviços? Os canais de marketing são meios de comunicação e divulgação que facilitam o acesso dos clientes a uma marca e a seus produtos.

Assim, o ideal é definir seus objetivos, analisar o público-alvo, entre outras ações, para determinar quais os canais de marketing digital que fazem sentido para as estratégias do seu negócio.

Além disso, definir os canais de marketing mais adequados para cada negócio é uma tarefa que exige bastante conhecimento da realidade do mercado em que a empresa está inserida (concorrentes, clientes, produtos/serviços e parceiros).

Portanto, não existe uma receita de bolo. É um trabalho que depende de uma análise detalhada e, sobretudo, da compreensão de que todo negócio e todo público são únicos.

Se você precisar de ajuda para compreender melhor quais os canais que devem ser utilizados ou de que forma é possível aproveitar os que você já possui, fale conosco. A Tupiniquim é especialista em diversos serviços de marketing digital que podem alavancar as suas estratégias digitais.

Gostou do conteúdo? Compartilhe o link com quem também deseja promover uma marca, produtos e serviços na internet!

Dúvidas Frequentes

O Que São Canais de Marketing Digital?

Os canais de marketing digital são meios pelos quais as empresas podem promover sua marca, seus produtos ou serviços na internet. Além disso, são meios de interação entre os usuários e a marca a fim de criar um relacionamento e realizar vendas.

Principais Canais de Marketing Digital

  1. Redes Sociais
  2. Email Marketing
  3. Busca orgânica
  4. Referência
  5. Tráfego direto
  6. Mídia paga

Como Escolher os Canais de Marketing Digital para o seu Negócio?

  1. Conheça sua audiência
  2. Avalie sua concorrência
  3. Conheça seu produto ou serviço
  4. Considere seus objetivos e orçamento
  5. Busque a integração dos canais
  6. Monitore os resultados e as métricas

Web Stories:

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder
Pinterest: 4 formatos de Pins na Conta Business 3 exemplos de métricas de Google Ads 4 principais redes sociais para a sua indústria 4 benefícios do Google Ads para o Marketing Industrial 5 estratégias de Marketing Digital B2B 4 motivos para investir em Branding com a Tupiniquim 3 Exemplos de Marketing de Conteúdo 5 Dicas para um Marketing de Conteúdo eficaz 4 dicas sobre Gestão de Tráfego 4 tipos de ferramentas de marketing digital 4 ferramentas de marketing digital gratuitas 3 exemplos de anúncios que aplicam os Gatilhos Mentais 4 tipos de correspondência de palavras-chave 4 dicas para escolher palavras-chave no Google Ads 4 cases de Branding criados pela Tupiniquim 4 benefícios do Google Ads para advogados 5 dicas de como usar o Google Ads para advogados 4 estratégias para aplicar os Gatilhos Mentais 4 benefícios das métricas de redes sociais 5 exemplos de métricas de redes sociais