fbpx
Quer saber como a otimização de sites SEO pode ser a solução para o seu site aparecer nos primeiros resultados do Google? Confira tudo neste post!

Não importa qual o tamanho da sua empresa, ou a sua área de atuação. Ter um site profissional expande os seus horizontes para o público vasto da internet. Além de dar credibilidade para sua empresa, também aumenta suas chances de negócios.

Mas só ter um site caprichado e com bom conteúdo não é suficiente. Ainda mais em um meio tão concorrido como a internet, certo? É aqui que entra a otimização de sites SEO.

O SEO (sigla do inglês Search Engine Optimization) garante que as páginas do seu site ofereçam uma boa experiência para o usuário. Não queremos que os visitantes desistam de conhecer o que você tem a oferecer por conta de um site que não funciona direito, não é mesmo?

Existem práticas específicas de otimização de sites que você pode adotar para que esse cenário não se torne uma realidade. E podemos garantir que elas farão grande diferença no final. Você sairá na frente dos seus concorrentes, com um site livre de problemas.

Então, se você quiser alcançar o topo nas páginas de resultados do Google e oferecer uma boa experiência de usuário, continue a leitura e abra seu bloco de notas para anotar nossas dicas!

E lembre-se: se quiser aumentar consideravelmente o tráfego orgânico do seu site, conte com a Tupiniquim! Somos uma agência de SEO com mais de 10 anos de experiência em marketing digital, com foco em alta performance e vendas!

Navegue e aprenda mais sobre otimização de sites

O que é otimização de sites?

A criação de sites tem muitas vantagens e se faz cada vez mais necessária, conforme mais e mais usuários utilizam a internet no mundo. Mas para garantir que seu site tenha visibilidade e grande número de acessos, é preciso entender como otimizá-lo.

A otimização de sites é um conjunto de técnicas voltado para tornar mais fluida a experiência do usuário que está visitando a sua página, melhorando sua eficiência e usabilidade.

Esse conjunto de técnicas pode ser utilizado de diferentes maneiras, dependendo exclusivamente do objetivo da sua página.

Por exemplo, se o seu objetivo é que a pessoa realize uma ação específica, como preencher um formulário de conversão ou fazer uma compra, você irá otimizar seu site para que a experiência desse usuário torne esse processo mais natural e ele não tenha nenhum tipo de percalço no caminho.

Se você deseja que o usuário navegue e gaste alguns minutos (ou até horas) no seu blog, você irá utilizar elementos para tornar essa experiência melhor, e assim por diante.

É um processo que irá exigir testes e conhecimento a respeito do que o público se sente mais confortável, mas com o tempo, você sentirá a diferença no tempo de navegação, nas conversões e até mesmo na interação dos usuários.

A Otimização SEO e Ranqueamento nas SERPs

O Search Engine Optimization (SEO) ou Otimização para Motores de Busca, como é conhecido em nosso idioma, é um conjunto de estratégias de otimização de sites que têm como objetivo melhorar o ranqueamento de determinado site em motores de busca, como Google, Bing e YouTube.

Dentre as estratégias de SEO que podemos citar estão: utilização de palavras-chave, conteúdo focado na persona, bom uso de meta títulos e meta descrição, linkagens internas e externas, entre outras.

Um site otimizado e que faz bom uso das estratégias de SEO, tem muito mais chances de conseguir melhores posições nas chamadas SERPs (do inglês Search Engine Results Page), que são as páginas de resultados de busca dos motores de busca.

Na hora de ranquear um site, o Google, o maior buscador do mundo, dá preferência para sites que oferecem boas experiências para os seus usuários. Algo que um SEO bem aplicado torna possível, já que é voltado para melhorar essas experiências.

Por que a otimização de sites é importante?

A época em que os sites eram vistos apenas como “um meio de contato” das empresas ficou no passado. Hoje, quando falamos de entregar uma boa experiência de marca para os clientes, também estamos nos referindo aos meios de comunicação da empresa – o que inclui o site.

Podemos fazer um exercício mental: tente se lembrar dos 5 sites que você mais acessa, e reflita sobre quais são os pontos que fazem você sempre voltar para eles ou que fazem você gostar dos sites.

Provavelmente eles se preocupam com a otimização de sites e devem fazer um bom trabalho on-page e off-page, que são elementos que iremos abordar um pouco mais adiante.

A importância da otimização de sites está justamente nessa sensação que é causada nos usuários de que o seu site deve ser visitado novamente – é um local onde o tempo do usuário vale a pena ser gasto na internet.

Oferecer um site otimizado é garantia de conseguir uma boa presença na internet. E além do mais, a otimização de sites irá refletir em outras áreas da sua empresa.

Como? Digamos que você possua um site em WordPress e ele seja bem otimizado. O SEO garante que ele apareça entre os primeiros resultados para algumas buscas. Não são necessários muitos cálculos para entender que, se o seu site está sendo mais visto, o número de contatos aumentará, e consequentemente, as vendas também irão subir.

Portanto, investir em otimização de sites da sua empresa é algo que vai muito além de ter mais um meio de contato, é investir na apresentação da sua marca, no relacionamento com o seu público e na experiência que ele terá com a sua empresa.

Da mesma forma que o seu produto ou serviço irá marcar o seu público, o seu site também irá.

Otimização de Sites em WordPress

O WordPress é uma Content Management System (CMS), ou Sistema de Gerenciamento de Conteúdo, e o mais popular do mundo, sendo utilizado até mesmo por grandes empresas como PlayStation, Skype, IBM, Vogue, TED e muitas outras.

A preferência pela criação de sites em WordPress se deve, entre outros fatores, por essa ser uma ferramenta online, gratuita, open source e muito fácil de usar.

E quando falamos em otimização de site WordPress, utilizar essa plataforma fica ainda mais vantajoso, já que ela possui vários recursos dedicados ao SEO, além de integração com plugins que facilitam ainda mais na hora de otimizar.

Um dos plugins que mais podem contribuir para o SEO do seu site WordPress é o Yoast. Quando instalado, essa ferramenta avalia seu conteúdo e mostra os pontos que devem ser melhorados, levando em conta os critérios dos buscadores.

Obviamente, por mais que o Yoast e o próprio WordPress sejam uma excelente combinação para uma otimização de qualidade, elas não são ferramentas perfeitas. Mas se aprender a utilizá-las ao máximo, você aumentará suas chances de sucesso, por isso dedique-se a entender bem como elas funcionam.

O impacto do Core Web Vitals no SEO

Como você já sabe, o Google dá prioridade para a experiência de seus usuários mais que tudo. Por isso, qualquer site que queira ter chances de ter um posicionamento nas páginas de resultados, precisa sempre se manter atento às regras do buscador.

A partir de maio de 2020, o Google anunciou que suas novas métricas para avaliação de experiência do usuário nos websites, aglomeradas no Core Web Vitals, seriam implementadas ao seu algoritmo.

Com as novas métricas, o Google espera que os sites se guiem por elas e consigam melhorar a experiência de navegação que elas oferecem aos seus visitantes.

As métricas do Core Web Vitals incluem:

  • Largest Contentful Paint (LCP): é responsável por medir a velocidade de carregamentos dos elementos visuais da sua página. Um tempo de carregamento considerado bom para o Google não deve ultrapassar 2,5 segundos.
  • First Imput Delay (FID): mede a velocidade em que os elementos de interação da página ficam habilitados para serem clicados pelos usuários. Para ser considerado bom, o carregamento desses elementos deve ocorrer em até 100 milissegundos.
  • Cumulative Layout Shift (CLS): avalia o nível de estabilidade do layout das páginas e as mudanças em sua disposição enquanto o restante do conteúdo é carregado. Valores considerados bons de CLS devem estar dentro de 0,1.

Essas novas métricas se juntam aos outros fatores de ranqueamento que o Google já levava em consideração na hora de posicionar os sites nas SERPs, como suporte para dispositivos móveis, uso de códigos claros, navegação fácil e segura, entre outros.

Ignorar qualquer uma dessas métricas pode afetar o posicionamento do seu site e, consequentemente, o seu tráfego orgânico. Para evitar isso, alinhe suas estratégias de SEO com as métricas do Core Web Vitals e faça as melhorias necessárias.

Como utilizar o SEO no meu site?

Podemos dividir em 3 grupos as otimizações que você pode fazer em seu site para tornar a experiência perfeita para os usuários. Vamos saber um pouco mais sobre esses grupos?

On-Page

Os elementos On-Page são aqueles que fazem parte da construção do site, desde os códigos até as imagens utilizadas.

Como falamos, um site que demora muito para carregar pode ser considerado falho, assim como sites que não carregam os elementos direito ou que quebram com facilidade.

Esses elementos devem ser funcionais tanto para as versões desktop quanto para os usuários que fazem os acessos via mobile – é o que chamamos de responsividade. A experiência que os visitantes terão no site deve ser a mesma, independente da forma de acesso.

Um site bem programado, com imagens otimizadas e que não pesam, com links corretos e sem elementos desnecessários que irão dificultar a navegação será bem visto aos olhos dos motores de busca.

Off-Page

Como você deve ter imaginado, os elementos off-page são aqueles que influenciam o seu site sem necessariamente serem parte dele.

O maior exemplo de uma estratégia de otimização de sites off-page é a troca de links. Se o seu site é “citado” por outros, os motores de busca vão identificá-lo como relevante e ele ganhará autoridade. Isso também vale para redes sociais e outros canais.

Conteúdo

Por fim, podemos definir o conteúdo como um dos três fatores que definirão se o seu site está bem otimizado ou não.

Como o conteúdo pode influenciar na experiência do usuário? Primeiramente, você deve se perguntar: “O que meu público deseja saber?”. Conhecendo as dúvidas do seu público, é mais fácil saber o que você precisa entregar para ele. E você fará essa entrega através do conteúdo do seu site.

Se o seu site responde bem às intenções de pesquisa dos usuários, essa característica será notada pelos motores de busca. Um site bem otimizado une boa programação com textos e imagens que direcionam os leitores ao que desejam saber rapidamente, e da maneira mais clara possível.

De nada adianta ter um site com um design impecável se os usuários não encontram o que estão buscando nele. Pense nisso quando estiver trabalhando na otimização de sites. Ter um bom conteúdo é fundamental para que a experiência de usuário seja positiva.

9 Dicas para fazer a otimização de sites

Quer saber como você pode melhorar a performance do seu site? Nós separamos 9 dicas sobre otimização de sites que você pode começar a aplicar agora mesmo!

É um trabalho contínuo, mas quanto mais você trabalhar em cima dos materiais que você já possui, melhor será. Confira:

1. Pesquise palavras-chaves

Se para produzir conteúdo você precisa saber o que o seu público-alvo deseja, como descobrir essa informação? Por meio da pesquisa de palavras-chave.

Hoje em dia, existem várias ferramentas online para pesquisa de palavras-chave, termos e perguntas relacionadas. Até mesmo o Google, com seu recurso de autocompletar no espaço de pesquisa, pode ser uma excelente fonte dos termos mais buscados.

Com esse material em mãos, você terá condições de criar conteúdos voltados para o que seu público está buscando saber, aumentando suas chances de atraí-los para o seu site.

Utilizar as palavras-chave no seu texto é eficaz, mas não deve ser de forma excessiva. O Google é esperto o suficiente para identificar conteúdos que repetem demais as palavras-chave. Faça uso sadio delas e terá sucesso.

2. Melhore os títulos SEO

Quando você produz conteúdos SEO, você deve prestar atenção especial a dois elementos que são fundamentais para o sucesso dentro dos buscadores: a meta título e a meta descrição.

Esses dois itens são essenciais para que os motores de busca identifiquem o assunto dos conteúdos que você está desenvolvendo e possam destacá-los para o público.

Procure escrever seus meta títulos e meta descrições com clareza e, de preferência, que contenham as palavras-chave. Dessa forma, os usuários poderão achar o seu site com mais facilidade nas páginas de resultados.

Mas atente-se para a quantidade de caracteres. Para o título, o indicado é que não ultrapasse a casa dos 60 caracteres. Já na meta descrição, mantenha o texto dentro de um limite de 160 caracteres.

3. Faça os textos alternativos das imagens utilizadas

Um ponto que muitos se esquecem é que os buscadores também consideram as imagens na hora de fazer a “leitura” dos conteúdos. Afinal de contas, as imagens fazem parte do conteúdo também.

Sabendo disso, é importante que você inclua as palavras-chave nas descrições alt tag das suas imagens para que os buscadores identifiquem o que elas estão ilustrando – algo que também ajuda os usuários com deficiências visuais que fazem a utilização de leitores de página.

4. Faça linkagens internas e externas

O trabalho com os links, também conhecido como Link Building, é parte de uma boa estratégia de otimização de sites. Trata-se de construir uma rede de links tanto internos quanto externos, que colaboram com o tráfego e a credibilidade do seu site.

Os links internos facilitam a navegação dos usuários entre temas similares dentro do seu site, além de mostrarem para os buscadores que os assuntos estão relacionados. Isso acaba não somente ajudando os usuários, como também o próprio buscador, que consegue identificar as suas páginas mais relevantes.

Importante: lembre-se de fazer os links utilizando as palavras-chave corretas e procure não sobrecarregar sua página com muitos deles.

Já os links externos, como já comentamos um pouco acima, é quando outros sites linkam para conteúdos do seu site.

A troca de links entre dois sites é extremamente benéfica para o crescimento de ambos, já que os motores de busca irão entender que se seu site está sendo recomendado por outro, é porque possui conteúdo relevante para os usuários. Algo que ajuda no ranqueamento.

5. Responsividade é importante

Nós falamos acima sobre a experiência do usuário precisar ser a mesma tanto nos dispositivos móveis quanto nas versões desktop, e queremos reforçar esse ponto.

A otimização de sites deve prezar para que a grande parcela dos usuários que acessam os conteúdos através dos celulares e tablets não encontrem dificuldades ao acessar seus conteúdos.

O design e os textos devem estar bem dispostos, sempre levando em conta a velocidade de carregamento. Os usuários que estão pesquisando através dos celulares não irão gostar de perder tempo esperando que seu conteúdo carregue e desistirão de acessar seu site.

6. Melhore os conteúdos que você já possui

Seu site foi criado sem um bom planejamento, mas já conta com um acervo razoável de conteúdo? Não se preocupe, você não precisará tirá-los do ar.

Estruture todas as páginas antigas do seu site com as dicas que demos aqui e trabalhe o SEO delas, atualizando e complementando o que elas já possuem.

Manter os conteúdos que já existem no seu site atualizados é extremamente importante para se manter relevante dentro dos motores de busca.

7. Aposte em landing pages

O termo “aposte” nessa dica não passa de uma expressão, já que a eficácia das landing pages já é mais do que comprovada.

As campanhas utilizando páginas de conversão ajudam você a conseguir mais acessos e a divulgar o conteúdo que você produz (utilizando um e-book, por exemplo).

Nos materiais oferecidos na conversão podem existir links que redirecionam para sua página de blog. Assim, você redireciona o usuário para seu site principal.

8. Você já fez uma auditoria SEO no seu site?

Por mais que você tenha anos de experiência com otimização de sites SEO, alguma coisa poderá passar batido. E, considerando quantos pontos de SEO é preciso considerar na hora de otimizar seu site, é completamente esperado que isso aconteça.

É para ajudar você nessa missão que existe a auditoria SEO. Essa ação permite que você identifique todos os pontos que precisam de atenção no seu site, e que podem estar interferindo no desempenho dele.

Para fazer a auditoria do seu site, ferramentas como o QuickSprout ou o Ubersuggest podem ser ótimas opções para agilizar o processo, sobrando mais tempo para você trabalhar nas soluções dos problemas encontrados.

9. Utilize ferramentas de SEO

Aproveitando o gancho da dica anterior, por que não começar a utilizar ferramentas de SEO hoje mesmo no seu site?

Existem diversas ferramentas que oferecem recursos tanto de auditoria SEO, como de pesquisas de palavras-chave. Para escolher a ideal, conheça algumas das melhores ferramentas de SEO clicando aqui.

Fazendo um bom uso dessas ferramentas e aplicando as dicas que demos neste post, seu site estará otimizado e pronto para ser um dos primeiros dos resultados das buscas no Google!

Está na hora de focar na otimização SEO do seu site!

Esperamos que este post sobre otimização de sites tenha contribuído para que você consiga melhorar a qualidade do seu site e dos conteúdos publicados nele.

Não se esqueça de que essas são apenas algumas dicas e podem haver mais pontos a serem trabalhados no seu site – que irão necessitar a atenção de profissionais especializados.

Para casos como esse, não deixe para depois e entre em contato conosco! A Agência Tupiniquim possui mais de 10 anos de experiência com a criação de sites otimizados e com marketing digital. Podemos ajudar o seu site a chegar entre os primeiros resultados de busca!

Gostou deste conteúdo? Compartilhe este post com seus amigos e amigas!

Dúvidas Frequentes

O que é otimização de sites?

A otimização de sites é um conjunto de técnicas voltado para tornar mais fluida a experiência do usuário que está visitando a sua página, melhorando sua eficiência e usabilidade.

Por que otimizar um site?

Investir em otimização de sites da sua empresa é algo que vai muito além de ter mais um meio de contato, é investir na apresentação da sua marca, no relacionamento com o seu público e na experiência que ele terá com a sua empresa. E quanto melhor a experiência, mais o Google entenderá a relevância do seu site, posicionando-o melhor.

O que é o Core Web Vitals?

Core Web Vitals é um conjunto de métricas do Google para avaliação da experiência do usuário nos websites. São elas: Largest Contentful Paint (carregamento da página), First Imput Delay (carregamento de elementos de interação) e Cumulative Layout Shift (estabilidade de layout).

Como otimizar site WordPress?

O WordPress por si só já é uma ferramenta que oferece vários recursos para otimização SEO. Procure explorar bem todos esses recursos, fazer testes e baixar plugins, como o Yoast, que podem avaliar conteúdos e apontar erros.

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder