fbpx Skip to main content

Saiba como fazer um podcast e gerar conteúdo útil e relevante em áudio para se relacionar com a audiência e atrair mais leads para a sua empresa.

O Brasil é o 3º país que mais ouve podcasts no mundo, ficando atrás apenas da Suécia e da Irlanda, conforme uma pesquisa divulgada em março de 2022. Segundo o estudo, mais de 30 milhões de brasileiros consomem ou já consumiram esse tipo de conteúdo em áudio e 40% da população ouviu podcasts, pelo menos uma vez, nos últimos 12 meses.

Esses números são a motivação para muitas empresas estarem criando seus próprios podcasts e, assim, aproximarem-se de prospects por meio de uma estratégia de marketing de conteúdo que alcance suas personas enquanto elas realizam atividades cotidianas (ouvindo podcasts).

Neste post, a Agência de Marketing Digital Tupiniquim vai te explicar em detalhes o que é, como criar e como divulgar um podcast para sua empresa apresentar a sua marca e o que ela faz por meio da criação de conteúdo em áudio, além de construir uma audiência com potencial para se tornar clientela.

O que você vai ler sobre Podcast:

O que é um podcast?

Um podcast é um formato de conteúdo em áudio semelhante a um programa de rádio, com a diferença que um podcast pode ser ouvido no horário e no dispositivo eletrônico que a audiência escolher.

Os podcasts podem ser consumidos de duas formas: em streaming (ou seja, em fluxo contínuo, sem baixar o conteúdo para um dispositivo) ou fazendo-se o download do episódio para ouvi-lo, mesmo sem conexão com a internet, em aplicativos instalados em smartphones, notebooks, tablets etc.

É essa praticidade que populariza e impulsiona o consumo desse tipo de conteúdo entre as pessoas em casa, na faculdade, no trabalho ou no trânsito enquanto realizam outras tarefas e atividades.

Por que criar um podcast?

Um podcast é uma forma valiosa de comunicação e contato com o público-alvo de um negócio.

Quando você se dedica a criar esse formato de conteúdo, você alcança um tipo crescente de audiência: pessoas que preferem otimizar seu tempo ouvindo podcasts enquanto fazem outras atividades, em vez de consumirem conteúdos em textos ou vídeos (que dificultam essa característica multitarefa).

Quem nunca ouviu um podcast enquanto lava a louça, cozinha ou realiza outra tarefa doméstica? Também é bastante comum encontrar pessoas com fone de ouvido no transporte público ouvindo podcasts enquanto se deslocam entre o trajeto casa-trabalho-faculdade.

Muitos ouvintes relatam que ouvir um podcast dá a sensação de estar em um bate-papo com amigos, o que aumenta a conexão entre a audiência e o conteúdo.

Nesse sentido, um podcast capta e mantém a atenção do público por mais tempo em comparação a, por exemplo, um post em uma rede social que está sempre oferecendo mais estímulos e conteúdos a serem consumidos nos feeds dos usuários.

Portanto, a imersão no conteúdo de um podcast aumenta a probabilidade de que a mensagem da sua marca seja realmente absorvida e que o nível de brand awareness (ou consciência de marca) do seu negócio cresça entre os ouvintes (que também são consumidores em potencial dos produtos ou serviços da sua empresa).

4 passos para criar um podcast para o seu negócio

Criar um podcast não exige muitos conhecimentos técnicos ou mesmo um grande investimento financeiro. Por isso, você deve considerar fortemente a possibilidade de entrar no mundo dos podcasts para aumentar a autoridade da sua marca e dos seus produtos ou serviços entre os ouvintes para, assim, convertê-los em clientes.

Siga nossas dicas e faça um podcast para o seu negócio em 4 passos:

1. Pense em um tema

Quais assuntos você quer que o podcast da sua marca aborde em seus episódios? Um podcast extremamente comercial e que fale apenas sobre os produtos ou serviços da sua empresa pode ficar com cara de propaganda comum e sem conteúdo, espantando a audiência. Por isso, pense em um objetivo para o podcast: mais reconhecimento de marca, mais autoridade, mais leads (ou clientes potenciais), mais vendas etc.

Depois, pense em tópicos relacionados ao objetivo definido e ao que a sua empresa faz, mas de uma forma menos explícita e direta. Por exemplo, você pode trazer notícias sobre o mercado da empresa, convidar especialistas na área para fazer uma entrevista, tratar de problemas enfrentados pelo seu público-alvo e possíveis soluções (que podem incluir os seus produtos ou serviços).

2. Monte um calendário de conteúdo

Antes de começar a gravar o podcast (aliás, não se esqueça de dar um bom nome para ele, hein?), pense em uma certa quantidade de temas para os episódios, de modo que você tenha um planejamento de conteúdo. Além dos temas, inclua no calendário informações como possíveis convidados, subtópicos que podem ser discutidos a partir do tema central do episódio, frequência e dia de publicação etc.

Essa antecipação ajudará a pensar em outros assuntos e a ir criando uma ordem coerente para os episódios, de modo que o assunto de um episódio esteja relacionado ao título do episódio seguinte, além de mostrar se o tema geral do podcast rende conteúdo suficiente para uma quantidade significativa de episódios.

3. Grave o podcast

Preparar um roteiro para o episódio (contendo assunto central, desdobramentos do tema, perguntas para uma pessoa que possa ser convidada etc.) pode te ajudar a se organizar e se sentir mais confiante na hora de desenvolver o conteúdo.

Na hora de falar e gravar, procure um lugar silencioso para que a qualidade do áudio não seja prejudicada. Atualmente, existem modelos de smartphones com bons microfones para captação de áudio.

4. Escolha agregador e plataforma

Ao contrário do que você possa imaginar, o upload dos episódios de um podcast não é feito diretamente nas plataformas de streaming. Para isso, você precisa de um aplicativo ou site específico para fazer a hospedagem dos arquivos do seu podcast.

Esses aplicativos ou sites são chamados de agregadores e fazem o armazenamento dos arquivos em áudio. Entre os agregadores mais utilizados para isso, estão o SoundCloud e o Castbox. Depois de hospedado, o feed RSS do seu podcast pode ser distribuído à plataforma de streaming (Google Podcasts, Spotify, Apple Podcasts e outros.) pela qual a audiência poderá ouvi-lo.

5 exemplos de podcasts de empresas para você ouvir

Vamos conhecer alguns podcasts de marcas e empresas que já estão criando conteúdo em áudio para gerar engajamento entre a audiência e mais visibilidade para seus produtos e serviços na internet?

Veja nossas 5 dicas de podcasts para você ouvir e pegar referências para criar um para o seu negócio:

1. PEPcast

Desenvolvido pela PepsiCo Brasil, o PEPcast aproveita as várias vertentes de atuação da multinacional de bebidas e alimentos para abordar uma grande quantidade de assuntos. Os episódios do podcast são lançados a cada 15 dias e, em cerca de meia hora, apresentam entrevistas sobre mercado, carreira e futuro com profissionais e personalidades, além de darem voz aos colaboradores.

2. Semanada

Semanada é o nome do podcast (também apelidado de newsletter em áudio) do Nubank e, toda semana, traz um episódio relacionado às finanças pessoais, objetivando explicar de maneira simples e didática como lidar melhor com o nosso dinheiro. Os temas do podcast vão desde dicas para economizar até economia mundial e o impacto dela no nosso dia a dia.

3. Heineken Green Cast

Esse podcast é um belo exemplo de que uma empresa pode falar de outros assuntos, não necessariamente ligados ao que ela produz, e, ainda assim, gerar identificação e conexão entre a marca e o público. Produzido pela cervejaria Heineken, o Green Cast fala sobre música e conversa com os criadores dos principais festivais sobre os bastidores do mundo musical.

4. Investcast Itaú Unibanco

O podcast do Itaú Unibanco gera conteúdo para deixar seus investidores bem-informados e, para isso, cobre uma grande variedade de assuntos com impacto na economia que vão desde as mudanças climáticas que o planeta tem sofrido até dicas iniciais para quem quer começar a investir no mercado de ações.

5. Uma Mãe Amiga

Para ajudar a divulgar sua linha de produtos para recém-nascidos, a Philips Avent lançou um podcast que acompanha 33 grávidas, em diferentes estágios da gestação, que compartilham as descobertas e experiências vividas em cada semana de gravidez.

BÔNUS: + 4 Podcasts para Você se Informar sobre Marketing, Gestão e Finanças

Quando se tem um negócio (ou se pensa em abrir um), é preciso saber e estudar sobre diversos assuntos que podem impactar e trazer resultados melhores para os números da empresa. Por isso, trouxemos uma lista extra com 4 podcasts que vão te ensinar muito sobre o mundo dos negócios.

1. Primocast

Esse é o podcast oficial do Primo Rico, que é um dos maiores canais sobre investimentos, finanças e empreendedorismo do YouTube. Em seus episódios, você vai ouvir entrevistas com especialistas em marketing e vendas, dicas de liderança, oportunidades de investimento na bolsa de valores, entre outros tópicos.

2. Os Sócios

Em Os Sócios, o casal Bruno Perini e Malu Perini te traz, toda quinta-feira, um episódio com convidados que vão debater temas relacionados ao universo do empreendedorismo, do dinheiro e do desenvolvimento pessoal.

3. Papo de Gestão

Tallis Gomes, sócio fundador do G4 Educação e CEO da Singu, comanda esse podcast que aborda temas como gestão, liderança e inovação. O foco dos episódios está em formar líderes melhores e que tragam mais resultados para as empresas por meio do aperfeiçoamento das características relevantes para a liderança.

4. Do Zero ao Topo

Esse podcast te apresenta as histórias de homens e mulheres que administram as maiores empresas do Brasil e do mundo. Em cada um de seus episódios, o podcast revela os desafios enfrentados em momentos decisivos de negócios que chegaram ao topo de suas áreas de atuação.

3 plataformas para divulgar seu podcast

Depois de planejar e gravar os episódios do seu podcast, é preciso fazer com que eles sejam disponibilizados à audiência na internet. Feito o upload dos arquivos em um agregador, você pode selecionar as plataformas pelas quais o seu público-alvo poderá consumir o conteúdo em áudio produzido pela sua marca.

Conheça as 3 principais plataformas para ouvir podcasts:

1. Spotify

O Spotify está entre os principais aplicativos para consumo de músicas e também de podcasts. Para que o podcast do seu negócio faça parte do catálogo da plataforma, basta seguir as regras definidas pelo Spotify.

Vale ressaltar que o Spotify não hospeda podcasts. Por isso, você precisa utilizar um agregador (lembra? O aplicativo ou site que armazena e transmite arquivos de áudio) e fornecer o link de feed RSS para que o seu conteúdo seja exibido na plataforma de streaming.

2. Google Podcasts

Quando o seu podcast é distribuído pelo Google Podcasts, ele pode ser encontrado pela audiência por meio de diferentes serviços do Google como, por exemplo, por pesquisas no navegador, pelo aplicativo da plataforma para iOS e Android, dispositivos Google Home, Google Assistente, entre outros.

Assim como o Spotify, o Google Podcasts funciona como um diretório e não armazena os podcasts, apontando para os feeds RSS dos arquivos de áudio (que devem ser postados em outro local ou agregador).

3. YouTube

Podcasts também podem ser consumidos via YouTube (e render valores de Adsense, dependendo da quantidade de visualizações). Para isso, basta fazer o upload do arquivo como vídeo. Você pode inserir uma imagem estática (como a logo do podcast), que será exibida ao longo de toda a transmissão do conteúdo em áudio no player.

Além disso, um outro formato de podcast bastante popular no YouTube é o videocast. A ideia é gravar o podcast também em vídeo. Portanto, é preciso se preocupar com um cenário e a apresentação visual dos elementos e participantes da gravação.

Como monetizar um podcast?

Empresas e criadores de conteúdo têm apostado cada vez mais na cultura de cobrar para dar acesso a um conteúdo que seja do interesse da audiência. Isso garante autonomia e uma fonte de renda para investimento e continuidade da produção do conteúdo.

No caso dos podcasts, a monetização é um pouco mais complexa, já que a maioria deles pode ser ouvida de graça ou mediante uma assinatura paga ao aplicativo de streaming que o transmite (e não a quem produziu o conteúdo).

No entanto, existem algumas formas de monetizar o conteúdo em áudio. Veja 3 delas abaixo:

  • Patrocínios. A forma mais tradicional de ganhar dinheiro com conteúdo é promovendo e divulgando alguma marca. Para fechar esses patrocínios, é importante que o seu podcast tenha um número interessante de streamings, downloads e de audiência. Quanto mais ouvintes, mais interessante o seu podcast se torna para anunciar produtos e serviços de empresas.
  • Apoio da audiência. Plataformas como Patreon e Padrim, que objetivam o financiamento coletivo, são ótimas formas de gerar receita para o seu podcast por meio do apoio dos ouvintes mais fiéis do conteúdo, que pagam uma quantia mensal como incentivo para que ele continue sendo produzido.
  • Marketing de afiliados. Quem produz podcast também pode lucrar com o marketing de afiliados, em que você divulga um produto ou serviço e ganha uma porcentagem de comissão caso alguém faça a compra dele usando algum cupom de desconto ou link indicado por você durante os episódios.

3 ferramentas essenciais para ter um podcast de qualidade

Não adianta focar apenas no conteúdo do podcast e se esquecer da parte técnica. Afinal, os ouvintes querem poder ouvir o som dos episódios com clareza, querem uma edição que deixe o conteúdo mais dinâmico, ou seja, querem ser entretidos com qualidade.

Por isso, separamos 3 dicas de ferramentas para você conseguir executar o projeto do podcast do seu negócio com um nível de qualidade que prenda a atenção da audiência e garanta muitos plays para o conteúdo em áudio da sua marca.

1. Microfone

São grandes as chances de o seu podcast ser abandonado em questão de minutos (ou segundos) se a audiência perceber que o áudio está abafado, com eco, distante ou com alguma outra questão que dificulte a compreensão do que está sendo dito ou cause algum incômodo auditivo.

Por isso, é recomendável investir em um bom microfone para realizar a captação das vozes e o isolamento do som do ambiente. Alguns modelos de smartphone já contam com bons microfones, caso você não queira ou não possa investir em um equipamento específico.

2. Gravador de áudio

Para gravar os episódios de um podcast, você pode usar o aplicativo de gravação de áudio do seu próprio celular, caso a sua voz seja a única a ser utilizada no conteúdo, ou usar um aplicativo de chamada telefônica, se a intenção é gravar uma entrevista com um convidado, por exemplo.

Um dos principais aplicativos usados para criar e gravar podcasts é o Anchor, que permite, entre outras coisas, incluir sinalizações durante a gravação para que você saiba em quais trechos você precisa focar na hora de editar o conteúdo e fazer ajustes ou apagar erros.

3. Software de edição

Um bom programa de edição garantirá que o seu podcast fique mais dinâmico e prenda mais a atenção da audiência. É na hora de editar que você pode remover erros, momentos de silêncio e barulhos que possam ter sido gravados.

Também é possível incluir trilha sonora de fundo para o episódio e dar uma animada no conteúdo (caso o tema permita, é claro). Como sugestão (além do Anchor), recomendamos o programa Reaper, que, apesar de ser pago, permite um período de teste gratuito.

Dê voz ao seu negócio com um podcast e aumente o reconhecimento da marca entre o público-alvo!

A popularidade dos podcasts entre os brasileiros pode ser explicada, entre outras razões, pela facilidade de consumir esse tipo de conteúdo em áudio. As pessoas podem dar play em um podcast no carro, no transporte público, enquanto esperam uma consulta médica, enquanto se exercitam na academia ou mesmo durante atividades mecânicas e repetitivas no trabalho.

Toda essa praticidade faz de um podcast um excelente meio para estabelecer um contato de qualidade, captar a atenção das pessoas para o conteúdo que a sua empresa produz e para divulgar produtos e serviços. Por isso, não perca tempo e comece a planejar e criar um podcast para a sua empresa já!

Criação de conteúdo exige tempo, dedicação e constância. Nós da Agência Tupiniquim sabemos disso e, por essa razão, colocamos à disposição nossa equipe de especialistas em marketing de conteúdo para que o seu negócio encontre e interaja com o seu público-alvo na internet.

Fale com a Tupiniquim e conheça esse e outros serviços de marketing digital para dar mais visibilidade ao seu negócio!

Se você achou este post interessante, compartilhe o link com quem também quer criar conteúdo para atrair mais clientes!

Dúvidas Frequentes

O que é um podcast?

Um podcast é um formato de conteúdo em áudio semelhante a um programa de rádio, com a diferença que um podcast pode ser ouvido no horário e no dispositivo eletrônico que a audiência escolher.

Como criar um podcast?

  1. Pense em um tema;
  2. Monte um calendário de conteúdo;
  3. Grave o podcast;
  4. Escolha agregador e plataforma.

O que é necessário para criar um podcast com qualidade técnica?

  1. Microfone;
  2. Gravador de áudio;
  3. Software de edição.

Web Stories:

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder
4 cases de Branding criados pela Tupiniquim 4 benefícios do Google Ads para advogados 5 dicas de como usar o Google Ads para advogados 4 estratégias para aplicar os Gatilhos Mentais 4 benefícios das métricas de redes sociais 5 exemplos de métricas de redes sociais 5 curiosidades sobre Gatilhos Mentais 4 sites em WordPress criados pela Agência Tupiniquim 5 vantagens de um site em WordPress 5 exemplos de storytelling 5 tipos de storytelling 4 benefícios do storytelling 3 exemplos de Rebranding 5 fatores que justificam o Rebranding 5 benefícios do Rebranding Mídia Kit para as 3 principais redes sociais 6 passos para criar um Mídia Kit 5 motivos para criar um Mídia Kit 5 motivos para fazer um curso de vendas 3 Dicas para escolher o melhor curso de vendas