Skip to main content

Será que você conhece todos ou, pelo menos, a maioria dos tipos de marketing digital existentes? Neste artigo, você vai saber quais são os 10 principais para aplicar no seu negócio o potencializar os resultados esperados!

Cada vez mais surgem novos aplicativos, atualizações nas redes sociais, entre outros avanços tecnológicos que informam, engajam e facilitam a vida das pessoas e da sociedade de forma geral e, principalmente, contribuem para o crescimento de muitos negócios. Tudo isso se dá pela popularização da internet, que há décadas vem transformando o mundo.

Desde o surgimento da internet e do aumento de internautas nos meios de comunicação on-line, tornou-se necessária a mudança de muitas coisas, inclusive no mercado. O relacionamento de empresas com clientes, por exemplo, já não poderia ser o mesmo, pois o comportamento dos consumidores exigia que as empresas se adaptassem à nova realidade, atendendo às necessidades e expectativas deles.

É dentro de todo esse contexto que vamos encontrar o marketing digital. Afinal, o marketing digital se trata exatamente de usar a tecnologia não só para estimular e fortalecer o relacionamento das marcas com os clientes, mas também para promover e divulgar serviços e produtos na internet.

Para isso, é possível utilizar diversas estratégias e tipos de serviços digitais. Se você ainda não sabe quais são eles, não se preocupe. Aqui, nós te ensinamos! A Agência de Marketing Digital Tupiniquim separou os 10 principais tipos de marketing digital que podem ser aplicados na sua empresa, independentemente de qual seja o seu tipo de negócio. Vamos lá?

O que você vai ler sobre Tipos de Marketing Digital:

Marketing Digital vs Marketing Tradicional

O termo “marketing”, assim como o seu conceito, não é uma novidade. Há muito tempo, o marketing é implementado dentro de diversas empresas, de diferentes portes e segmentos. No entanto, existem dois tipos de marketing: o marketing tradicional e o marketing digital.

O marketing digital é, atualmente, o tipo de marketing mais utilizado e, como o próprio nome sugere, consiste em ações on-line, sejam no Google, nas redes sociais, como Facebook e Instagram, e em outras plataformas digitais.

Esse modelo de marketing é válido para qualquer empresa, além de ser mais barato. Para ter sucesso com o marketing digital, avalie o perfil dos seus clientes ideais (ICP) e crie estratégias personalizadas.

Já o marketing tradicional, também conhecido como marketing offline, é um modelo mais antigo e invasivo que utiliza propagandas nas televisões, rádios, outdoors, jornais, revistas, entre outros.

Nesse caso, é importante ter um estudo mais aprofundado sobre o seu público para entender se vale a pena utilizar esse tipo de marketing, já que ele exige mais orçamento e planejamento.

Portanto, o marketing digital e o marketing tradicional possuem diferentes abordagens para promover e vender produtos e serviços. Veja com mais detalhes algumas diferenças importantes entre os dois:

  1. Canais: o marketing tradicional depende de canais como mídia impressa, TV, rádio, outdoors e mala direta, enquanto o marketing digital usa canais como mídia social, e-mail, mecanismos de busca e sites.
  2. Segmentação: o marketing tradicional geralmente visa um público amplo por meio da mídia de massa, enquanto o marketing digital pode atingir dados demográficos e grupos de interesse específicos usando dados e tecnologias.
  3. Interação: o marketing digital geralmente envolve comunicação bidirecional entre marcas e clientes, enquanto o marketing tradicional costuma usar uma comunicação unidirecional.
  4. Métricas: o marketing digital fornece métricas mais precisas para medir a eficácia das campanhas, como taxas de cliques, taxas de conversão e taxas de engajamento. Métricas de marketing tradicionais, como impressões ou alcance, podem ser menos precisas.
  5. Custo: o marketing tradicional pode ser mais caro, especialmente para pequenas empresas, enquanto o marketing digital pode ser mais acessível e econômico.

No geral, tanto o marketing digital quanto o tradicional têm suas vantagens e desvantagens, e uma estratégia de marketing bem-planejada pode alavancar os pontos fortes de ambos para atingir o público-alvo de maneira eficaz.

Por que investir em Marketing Digital?

Passamos horas e horas conectados à internet, navegando pelas redes sociais, curtindo, comentando e compartilhando publicações, e até mesmo trabalhando, não é mesmo?

E todos os usuários e usuárias on-line também são consumidores. Investir em marketing digital pode gerar diversas vantagens e oportunidades para a sua empresa, inclusive a que todo negócio espera: que o lead (ou potencial cliente) realize a compra de um serviço ou produto, e se transforme em um cliente de fato.

Investir em marketing digital é uma das maneiras mais eficazes de alcançar seu público-alvo e promover sua marca na era digital. Isso só é possível devido às diferentes estratégias que o marketing digital proporciona e que têm como objetivo alavancar as vendas. Mas, além disso, existem muitas outras vantagens de se utilizar o marketing digital.

Veja algumas razões pelas quais investir em marketing digital pode ser uma estratégia valiosa para o sucesso do seu negócio:

Alcance global

O marketing digital permite que sua empresa alcance pessoas em todo o mundo. Com as ferramentas de marketing digital, você pode promover sua marca em várias plataformas e canais de mídia social.

Mais barato

Geralmente, o marketing digital é mais barato que o marketing tradicional. Isso porque ações como anúncios impressos ou propagandas em TV precisam de um orçamento maior. Além disso, o marketing digital pode oferecer um melhor retorno sobre o investimento (ROI).

Mensuração de resultados

Através de ferramentas de mensuração de métricas de marketing digital, é possível medir o desempenho das suas campanhas em tempo real. Você pode monitorar o tráfego do seu site, as interações nas redes sociais e outras métricas importantes para avaliar o sucesso da sua campanha.

Segmentação de público

Com o marketing digital, você pode segmentar seu público-alvo com mais precisão. Por exemplo, você pode direcionar anúncios para pessoas com base em sua idade, localização, interesses e outros fatores demográficos.

Flexibilidade

O marketing digital é flexível e pode ser ajustado rapidamente com base no desempenho da campanha, das necessidades do mercado ou pelo comportamento do público-alvo.

No geral, investir em marketing digital pode ajudar a promover sua marca, expandir seu alcance, aumentar as vendas e melhorar a reputação da sua empresa.

10 Principais Tipos de Marketing Digital para Utilizar na sua Empresa

Os diversos tipos de marketing digital que existem possuem suas finalidades e particularidades, sempre visando atingir objetivos específicos para o crescimento da empresa.

Entre tantas estratégias disponíveis, separamos as principais para o seu negócio promover os produtos ou serviços da marca e alcançar resultados reais: Confira:

1. Inbound Marketing

O Inbound Marketing (ou marketing de atração) é uma estratégia de marketing digital que se concentra em atrair e despertar o interesse dos clientes para os produtos ou serviços de uma empresa por meio de várias formas de distribuição de conteúdo de acordo com as necessidades dos consumidores e sempre respeitando as etapas do funil de vendas em que eles estão.

Para que isso seja feito de forma efetiva, entenda as dores, as dificuldades e os desafios enfrentados pelos clientes, a fim de oferecer as soluções adequadas para solucionar os problemas deles.

Um dos principais benefícios dos serviços de inbound marketing é que eles podem ajudar as empresas a gerarem leads e vendas ao longo do tempo, sem depender de táticas tradicionais do outbound marketing, que são mais invasivas, como ligações não solicitadas.

Isso ocorre porque o inbound marketing se concentra em construir relacionamentos com os clientes e fornecer informações valiosas, em vez de tentar vender algo diretamente para eles. Sendo assim, essa pode ser uma estratégia eficaz para empresas que buscam criar reconhecimento de marca, gerar leads e se estabelecerem como uma autoridade confiável em seu setor.

2. Marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é focado na criação e compartilhamento de conteúdo relevante, útil e valioso para a audiência, com o objetivo de atrair e engajar potenciais clientes e fidelizar os clientes atuais.

O principal propósito do marketing de conteúdo é fornecer informações e soluções para as necessidades e desejos do público-alvo, em vez de apenas promover um produto ou serviço. Dessa forma, os consumidores são atraídos pela marca e se tornam mais propensos a se envolverem e interagirem com ela, o que pode levar a um aumento de tráfego qualificado e, consequentemente, a um aumento de vendas.

Algumas das formas mais comuns de marketing de conteúdo incluem artigos, infográficos, vídeos, podcasts, e-books, webinars, entre outros. Esses formatos de conteúdo podem ser distribuídos por meio de canais como redes sociais, e-mail marketing, blogs e landing pages.

O marketing de conteúdo pode ser uma estratégia poderosa para empresas de todos os tamanhos, pois ajuda a construir uma conexão mais profunda com os clientes e aumenta a visibilidade e autoridade da marca na internet. No entanto, é importante que a estratégia de marketing de conteúdo seja bem-planejada e executada para obter resultados efetivos.

Por exemplo, é importante que a empresa conheça a persona, ou seja, o perfil que representa o cliente ideal da marca para que, assim, o conteúdo certo seja encaminhado para a pessoa certa, no momento adequado da jornada de compra do cliente, abordando exatamente o que esse público procura ou precisa.

3. Marketing de Relacionamento

O Marketing de relacionamento consiste em estabelecer e manter relacionamentos duradouros com os clientes, a fim de aumentar a lealdade e a retenção. O objetivo é criar uma conexão mais profunda entre a marca e o cliente, fornecendo uma experiência positiva e construindo uma relação de confiança.

Essa estratégia pode ser implementada por meio de diversas ações, como programas de fidelização, personalização de produtos ou serviços, atendimento ao cliente de qualidade, comunicação frequente e personalizada, entre outras. O marketing de relacionamento também pode ser utilizado para gerar feedbacks dos clientes e melhorar a qualidade dos produtos ou serviços oferecidos.

O marketing de relacionamento é especialmente importante em mercados altamente competitivos, em que a lealdade do cliente é crucial para o sucesso da empresa. Afinal de contas, já está mais do que provado que os consumidores não querem mais apenas a aquisição de um produto ou contratação de um serviço, eles desejam ter uma experiência de compra satisfatória.

Ao estabelecer uma relação forte e duradoura com o cliente, a empresa pode criar uma base de clientes fiéis que podem ser chamados de “embaixadores da marca” e que retornarão à marca repetidamente, além de recomendá-la a amigos e familiares.

4. Remarketing

O remarketing consiste em ações para segmentar indivíduos e fazer marketing novamente para pessoas que já interagiram com a sua marca ou site de alguma forma, como, por exemplo, visitando seu site, adicionando itens ao carrinho ou inscrevendo-se em uma newsletter.

O remarketing é normalmente obtido por meio do uso de anúncios direcionados, exibidos para usuários que já demonstraram interesse em sua marca. Esses anúncios podem ser exibidos em várias plataformas, incluindo mecanismos de pesquisa, mídia social e redes de exibição. Eles podem incluir uma chamada para ação (CTA) específica, como um convite para concluir uma compra.

Um dos principais benefícios do remarketing é que ele permite segmentar públicos que já estão familiarizados com a sua marca e que podem ter maior probabilidade de realizar outras ações. Além disso, ao concentrar seus esforços de publicidade em indivíduos que já demonstraram interesse em seus produtos ou serviços, você poderá melhorar a eficácia geral de suas campanhas de marketing.

5. Marketing de Performance

O Marketing de Performance visa medir o desempenho das campanhas e ações de marketing com base em métricas e indicadores específicos, como o retorno sobre o investimento (ROI), o custo por aquisição (CPA), o custo por clique (CPC), entre outros.

A ideia é que as empresas definam objetivos claros para suas campanhas, como gerar vendas, leads, tráfego para o site, ou outros resultados específicos, e utilizem ferramentas de análise e monitoramento para avaliar o desempenho dessas campanhas em tempo real.

O Marketing de Performance se concentra em maximizar o retorno sobre o investimento, investindo em canais que geram resultados mais efetivos e otimizando continuamente as campanhas para melhorar o desempenho e minimizar os custos. Dessa forma, as empresas podem direcionar seus esforços de marketing para as áreas que oferecem o melhor retorno e melhorar a eficácia de suas campanhas ao longo do tempo.

Algumas das principais táticas utilizadas no Marketing de Performance incluem a otimização de mecanismos de busca (SEO), a publicidade em mecanismos de busca (SEM), a publicidade em mídias sociais, o marketing de afiliados, o e-mail marketing e o remarketing.

6. SEO (Search Engine Optimization)

SEO, ou Search Engine Optimization, é um conjunto de técnicas de otimização de um site ou conteúdo on-line para melhorar sua visibilidade e classificação e para aparecer nos primeiros resultados dos motores de busca, como o Google, Bing e outros. O objetivo do SEO é aumentar a quantidade e a qualidade do tráfego orgânico (não pago) para um site a partir dos mecanismos de pesquisa.

Uma consultoria de SEO, por exemplo, vai ajudar empresas a implementarem várias estratégias e técnicas, incluindo pesquisa e otimização de palavras-chave, otimização na página, criação de links e criação de conteúdo.

O SEO eficaz requer uma combinação dessas estratégias e técnicas, bem como monitoramento e análise contínuos para melhorar e se adaptar continuamente às mudanças dos algoritmos dos mecanismos de pesquisa e do comportamento do usuário.

7. Marketing de Indicação

O marketing de indicação é uma estratégia que incentiva os clientes de uma empresa a indicarem produtos ou serviços para seus amigos, familiares e conhecidos. Isso é feito oferecendo-se algum tipo de recompensa ou incentivo para os clientes que fazem as indicações, como descontos em compras futuras, créditos na conta ou outros benefícios.

O marketing de indicação é uma forma muito eficaz de marketing, pois se baseia na confiança e na recomendação pessoal. As pessoas tendem a confiar mais nas recomendações de amigos e familiares do que em anúncios publicitários, e, portanto, são mais propensas a experimentarem um produto ou serviço recomendado por alguém que conhecem.

Além disso, o marketing de indicação pode ajudar as empresas a aumentar a fidelidade do cliente, já que os clientes que indicam com sucesso são geralmente mais engajados e satisfeitos com a marca. Também pode ajudar a atrair novos clientes que podem não ter ouvido falar da empresa de outra forma.

Para implementar uma estratégia de marketing de indicação eficaz, as empresas precisam identificar seus clientes mais engajados e incentivá-los a fazer as indicações. Também é importante criar incentivos atraentes e fáceis de entender, bem como fornecer suporte e orientação aos clientes para ajudá-los a fazer as indicações com sucesso.

8. Marketing de Serviços

O marketing de serviços é a aplicação de técnicas de marketing em empresas que oferecem serviços em vez de produtos físicos. Como os serviços são intangíveis e não podem ser vistos, tocados ou testados antes de serem comprados, o marketing de serviços envolve a criação de experiências positivas para o cliente.

As empresas de serviços geralmente usam estratégias de marketing que diferem das empresas de produtos físicos. Em vez de se concentrarem nas características e benefícios tangíveis do produto, as empresas de serviços, como, por exemplo, Agências de Branding, concentram-se em elementos intangíveis, como a qualidade do atendimento ao cliente, a experiência do usuário e a gestão e personalização da marca.

O marketing de serviços é uma área importante do marketing que exige um entendimento profundo das necessidades e desejos dos clientes, bem como uma capacidade de construir relacionamentos fortes e duradouros com eles.

9. Marketing Sazonal

O marketing sazonal é uma estratégia que visa capitalizar eventos sazonais ou comemorativos para aumentar o brand awareness (ou consciência de marca), promover vendas e gerar um impulso nos negócios. Esses eventos incluem feriados, estações do ano, eventos esportivos, festivais e outras celebrações.

O objetivo do marketing sazonal é aproveitar a popularidade e o entusiasmo em torno de um evento para impulsionar o envolvimento dos clientes e aumentar as vendas. As empresas geralmente criam campanhas de marketing temáticas que incorporam elementos associados a esse evento sazonal específico.

Apesar de o marketing sazonal ser uma forma eficaz de impulsionar as vendas e aumentar o reconhecimento da marca, é importante ter em mente que pode ser um mercado competitivo. As empresas precisam criar campanhas de marketing inovadoras e envolventes para se destacarem da concorrência e se conectarem com os clientes.

Leia o nosso artigo sobre “Datas Sazonais: 12 Datas Comerciais Para Vender Mais em 2023” e veja quais datas comemorativas você pode utilizar a favor do seu negócio.

10. Marketing de Influência

O marketing de influência envolve a colaboração de empresas com influenciadores (pessoas com grande número de seguidores nas mídias sociais ou em outros canais on-line) para promover seus produtos ou serviços. A ideia é que, ao se associarem a esses influenciadores, as empresas possam alcançar públicos maiores e mais engajados.

Os influenciadores são pessoas que construíram uma base de seguidores em torno de seu conteúdo nas mídias sociais ou em outros canais on-line. Eles geralmente têm autoridade e credibilidade em sua área de atuação, e suas recomendações podem ter um grande impacto sobre o público.

No entanto, as empresas devem ter o cuidado de trabalhar com influenciadores que sejam autênticos e que representem os valores de suas marcas. Além disso, as empresas precisam estar preparadas para investir tempo e recursos significativos para identificar e colaborar com influenciadores, criar conteúdo de alta qualidade e monitorar os resultados.

Aproveite o Poder do Marketing Digital para Alcançar Resultados Incríveis

Neste artigo, você conheceu os 10 principais tipos de marketing digital, mas ainda existem muitos outros, como as estratégias de tráfego pago, por exemplo. Os tipos de marketing digital são diversos e, se você quer que a sua empresa alcance resultados excepcionais, vale a pena investir nesses serviços.

O marketing digital tem um poder transformador no mundo dos negócios, permitindo que empresas de todos os tamanhos alcancem novos públicos, expandam suas marcas e aumentem suas vendas. Além disso, oferecem uma gama de ferramentas e oportunidades para qualquer tipo de empresa.

A Tupiniquim é uma agência que possui diversos serviços de marketing digital, como SEO, Branding, Marketing de Conteúdo, Google Ads, Inbound Marketing, Criação de Sites em WordPress e outros.

Entre em contato conosco e conheça mais sobre nossos serviços de marketing digital para alavancar as suas vendas.

Se você gostou deste conteúdo, compartilhe o link com quem também precisa dos serviços de marketing digital!

Dúvidas Frequentes

Qual a diferença entre marketing digital e marketing tradicional?

O marketing digital consiste em ações on-line, sejam no Google, redes sociais, como Facebook e Instagram, e outras plataformas digitais. Já o marketing tradicional é um modelo mais antigo e invasivo que utiliza propagandas nas televisões, rádios, outdoors, jornais, revistas, entre outros.

Por que investir em Marketing Digital?

  • Alcance global
  • Mais barato
  • Mensuração de resultados
  • Segmentação de público
  • Flexibilidade

10 Principais Tipos de Marketing Digital

  1. Inbound Marketing
  2. Marketing de Conteúdo
  3. Marketing de Relacionamento
  4. Remarketing
  5. Marketing de Performance
  6. SEO
  7. Marketing de Indicação
  8. Marketing de Serviços
  9. Marketing Sazonal
  10. Marketing de Influência

Web Stories:

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder
Pinterest: 4 formatos de Pins na Conta Business 3 exemplos de métricas de Google Ads 4 principais redes sociais para a sua indústria 4 benefícios do Google Ads para o Marketing Industrial 5 estratégias de Marketing Digital B2B 4 motivos para investir em Branding com a Tupiniquim 3 Exemplos de Marketing de Conteúdo 5 Dicas para um Marketing de Conteúdo eficaz 4 dicas sobre Gestão de Tráfego 4 tipos de ferramentas de marketing digital 4 ferramentas de marketing digital gratuitas 3 exemplos de anúncios que aplicam os Gatilhos Mentais 4 tipos de correspondência de palavras-chave 4 dicas para escolher palavras-chave no Google Ads 4 cases de Branding criados pela Tupiniquim 4 benefícios do Google Ads para advogados 5 dicas de como usar o Google Ads para advogados 4 estratégias para aplicar os Gatilhos Mentais 4 benefícios das métricas de redes sociais 5 exemplos de métricas de redes sociais