fbpx Skip to main content

Você já ouviu falar em User-Generated Content, ou UGC? Descubra tudo sobre essa estratégia de marketing digital e veja como usá-la em benefício do seu negócio.

Talvez você não saiba o que é User-Generated Content ou tenha uma vaga ideia do que se trata. Mas uma coisa é certa, se você acessa alguma rede social, muito provavelmente já se deparou com esse tipo de conteúdo.

Até alguns anos atrás, quando a internet e as primeiras redes sociais ainda estavam começando a fazer parte da nossa rotina, não existia tanta aproximação entre marca e consumidor como há nos tempos atuais. A comunicação era unilateral, partindo apenas da marca.

Mas com os avanços tecnológicos, a internet passou a ser um lugar acessível para todas as pessoas, que usam cada vez mais as redes sociais para compartilhar experiências e momentos de suas vidas.

Verdade seja dita, compartilhar é algo que sabemos e gostamos de fazer desde antes da internet. Mas com ela, esse hábito foi facilitado. Se antes conseguíamos impactar somente um grupo de pessoas dentro do nosso círculo social, com a internet essa limitação deixou de existir.

A partir desse comportamento humano, algumas marcas foram percebendo o grande impacto causado pelo conteúdo gerado pelo consumidor, e inventaram maneiras de estimular o User-Generated Content de forma estratégica.

Mas o que é isso de fato e como utilizar essa estratégia a favor da sua marca? Continue lendo para aprender mais sobre o UGC!

O que você vai ler sobre User-Generated Content (UGC):

O que é conteúdo UGC?

UGC é a sigla para User-Generated Content, termo em inglês que significa Conteúdo Gerado pelo Usuário. Ou seja, UGC (ou CGU, caso prefira a sigla em português) nada mais é do que o conteúdo criado pela própria pessoa usuária ou consumidora de determinado produto ou serviço.

Sabe a pessoa que acabou de comprar uma peça de roupa nova, tirou uma foto vestindo ela e compartilhou nas redes sociais? Ou a pessoa que encomendou um novo aparelho eletrônico e postou uma avaliação no e-commerce em que fez a compra? Pois então. O que elas estão fazendo é o conteúdo UGC.

Observe que, diferentemente do Marketing de Influência, que envolve a participação de influencers que muitas vezes são contratados para fazer a publicidade, o Conteúdo Gerado pelo Usuário é totalmente espontâneo. Isso significa que parte da pessoa publicar na internet sua foto ou avaliação sobre o produto.

E é aí que reside a magia do User-Generated Content. Afinal de contas, pesquisas mostram que, só no Brasil, 9 a cada 10 pessoas pesquisam na internet antes de decidir comprar um produto ou serviço. Ou seja, são pessoas que estão em busca de informações e relatos que lhe deem segurança na hora de decidir se compram ou não.

Quando outras pessoas compartilham na internet suas próprias experiências com determinada marca, elas acabam contribuindo, seja positivamente ou negativamente, para a exposição da marca, promovendo-a para outras usuárias e usuários.

O conteúdo UGC passa a ser mais incrível pelo fato de partir diretamente de quem já utilizou o produto ou serviço. Isso porque a marca sempre vai falar bem de si mesma, mas seus consumidores vão ter uma opinião mais realista e que, portanto, passará mais confiança para outras pessoas interessadas na marca.

No final das contas, o Conteúdo Gerado pelo Usuário é uma forma moderna do já conhecido marketing de boca a boca. Você comprou um produto, gostou e falou bem dele e da marca para outras pessoas. A diferença é que agora sua opinião pode alcançar muito mais pessoas mundo afora.

Qual o impacto do conteúdo produzido pelo usuário?

Agora que você já entendeu bem o que significa o Conteúdo Gerado pelo Usuário, talvez também consiga imaginar qual a importância e o impacto disso para o seu negócio.

Mas para deixar isso mais claro, vamos listar os principais motivos pelos quais o conteúdo UGC é importante para o fortalecimento da sua marca.

Aumenta a autenticidade

As estratégias de Marketing de Conteúdo são muito eficazes para atrair o público de forma espontânea e para melhorar a interação com a marca, através de conteúdo gratuito, de qualidade e de interesse do público-alvo.

Junto com as ações para estimular o Brand Awareness (ou consciência de marca), o conteúdo criado pela própria marca pode gerar, entre outras coisas, autoridade. Mas quando se trata de autenticidade, o conteúdo UGC é o principal meio.

Diferentemente do Marketing de Conteúdo, o Conteúdo Gerado pelo Usuário é espontâneo e, portanto, algo que não está sob o controle da marca, já que não é ela quem produz. E é por isso que ele é autêntico.

Não é possível controlar a forma ou o canal que o consumidor utilizará para falar da marca na internet. Talvez seja por fotos nas redes sociais, ou por um feedback ou comentário no site da marca. Ou ainda, por meio de uma review (avaliação) ou análise via vídeo.

Seja de qual jeito for, o User-Generated Content ajuda a promover a marca de forma totalmente autêntica, o que é essencial para atender às exigências cada vez maiores dos usuários e usuárias do mundo atual.

Melhora a confiança

Inevitavelmente, quanto mais autêntico um conteúdo é, mais ele passa confiança para as pessoas. Afinal de contas, como mencionamos anteriormente, uma marca vai sempre se promover positivamente, já que ela possui interesse nisso.

Mas consumidores não são pagos para falar bem de uma marca. Consequentemente, as pessoas tendem a acreditar mais na opinião deles do que nas propagandas que a marca faz de si mesma.

O resultado disso é que o conteúdo UGC acaba melhorando a confiança que as pessoas possuem na marca, até mesmo daquelas que ainda não são clientes.

Ajuda na decisão de compra

O Conteúdo Gerado pelo Usuário pode servir para todas as etapas da Jornada de Compra do cliente. Mas é ainda mais eficaz para a fase final, que é a da decisão.

Isso significa que, no Funil de Vendas de Conteúdo, o conteúdo UGC é bastante ideal para leads de fundo de funil. Ou seja, potenciais clientes que já estão em vias de fechar a compra ou negócio.

Nesse momento crucial, os leads estarão buscando provas finais de que a sua marca é a decisão certa para eles. Por isso, conhecer a aprovação de quem já é cliente é a comprovação de que eles precisam para tomar a decisão.

Cria comunidade

Quando uma marca de refrigerante de guaraná, por exemplo, cria uma linha de pratos e outros artigos de cozinha e decoração, ela está querendo ir além de ser uma marca de refrigerante. Ela quer fazer parte de uma rotina da família brasileira.

Marcas vendem produtos, é verdade. Mas elas também representam estilos de vida, e podem gerar hábitos, virando parte do dia a dia de seus consumidores.

E estilos de vida criam comunidades. Quanto mais engajada é a comunidade, mais ela ajuda a promover a marca de forma espontânea para outras pessoas.

Vale lembrar que o Conteúdo Gerado pelo Usuário por si só já acaba expandindo o contato entre marca e consumidor, o que ajuda a fidelizar e a criar esse senso de comunidade.

Facilita o social commerce

O social commerce, ou comércio eletrônico via redes sociais, é uma modalidade de e-commerce que vem ganhando bastante força nos últimos anos.

Ou seja, enquanto estiver acessando sua rede social favorita, anúncios podem aparecer em seu feed e chamar sua atenção para realizar uma compra ainda dentro do aplicativo.

Pensando nisso e nas estratégias de Marketing de Conteúdo para redes sociais, o conteúdo UGC é ainda mais favorável, já que grande parte do compartilhamento de experiências com marcas é feito dentro das redes sociais.

Requer pouco ou nenhum investimento

Existem algumas formas de incentivar e estimular o Conteúdo Gerado pelo Usuário, mas sendo algo que deve partir da vontade das pessoas usuárias, não é difícil de imaginar que essa seja uma estratégia que possui quase ou mesmo nenhum custo.

Se no marketing de influência pode ser necessário fazer contratos com influenciadoras ou influenciadores, o que pode requerer valores consideráveis, com o conteúdo UGC isso não acontece.

Justamente porque a produção desse tipo de conteúdo é feita pelas pessoas usuárias, a marca não precisa gastar com o desenvolvimento dele.

O investimento continuará em torno das suas estratégias de Marketing de Conteúdo e em suas campanhas de marketing para estimular o conteúdo UGC.

Dicas e exemplos para estimular o conteúdo UGC

Se o Conteúdo Gerado pelo Usuário é uma ação espontânea e que deve vir do próprio consumidor ou consumidora, a dúvida que fica é: como incentivar o público a produzir esse tipo de conteúdo?

Uma coisa é certa e vale ser enfatizada. O conteúdo UGC não pode ser forçado ou inventado pela própria marca. Afinal de contas, a graça do User-Generated Content reside no fato de ser algo inesperado e natural.

Mas é possível criar estratégias e campanhas para estimular esse comportamento. Veja algumas dicas a seguir.

Crie estratégias de acordo com suas metas

Ao pensar em incentivar o conteúdo UGC, é importante considerar as suas metas de Marketing de Conteúdo e analisar se as possíveis estratégias que está pensando estão de acordo com o estilo da sua marca.

Nesse momento, considere a persona da marca, os canais que ela utiliza e os comportamentos dela nesses espaços.

Entender como os clientes da sua marca normalmente interagem com ela e compartilham suas experiências também pode gerar grandes ideias de como estimular cada vez mais esse tipo de conteúdo.

Faça conteúdo compartilhável

Explore conteúdos que estimulem a participação das pessoas e o compartilhamento, como pesquisas, quizzes, tutoriais rápidos, vídeos divertidos com o produto, entre outros.

Pense estrategicamente, mas sempre com muita criatividade. Afinal, conteúdo é sobre isso. E quanto mais criativos sãos suas postagens e criações, mais as pessoas se sentem estimuladas a compartilhá-las em seus próprios feeds para que outras possam ver também.

Um exemplo recente de como isso funciona foi o de uma loja de eletrônicos de Boa Vista que criou um vídeo para fazer propaganda de um ventilador. Os próprios funcionários participam do vídeo, e a ideia foi tão divertida que até mesmo celebridades republicaram o conteúdo nas redes sociais.

Além de incentivar que outros usuários e usuárias comentem e entrem na brincadeira, esse tipo de conteúdo incentiva as pessoas a compartilharem de forma bastante natural.

Crie concursos e campanhas de hashtags

Talvez você já tenha visto ou até mesmo participado de algum concurso nas redes sociais de alguma marca. Esse é um dos métodos mais comuns para incentivar engajamento e conteúdo UGC.

Um case de sucesso clássico de como isso funciona é a campanha da Starbucks em 2014, quando a marca criou um concurso para que as pessoas fizessem suas próprias artes no copo branco característico da marca.

Mais de quatro mil fotos com artes próprias foram compartilhadas nas redes sociais só nas primeiras semanas do concurso.

Outra forma interessante e bastante comum de estimular as pessoas a compartilharem conteúdo sobre sua marca, é criar hashtags para que elas usem nas redes sociais.

Para criar hashtags engajadoras, procure considerar o comportamento do seu público, sempre pensando no que o levaria a participar também. Depois, veja formas de como republicar ou compartilhar o que as pessoas postaram no perfil ou blog da marca.

A Playstation.Blog, por exemplo, incentiva jogadores e jogadoras a postarem imagens de seus jogos favoritos nas redes sociais através da hashtag #MomentosPlaystation. As melhores imagens aparecem semanalmente nas postagens do blog, o que serve de estímulo para as pessoas participarem.

Faça parcerias com influencers

Foi-se o tempo em que a fama era restrita para uma parcela pequena da população. A internet, os avanços tecnológicos e as redes sociais contribuíram para que esse universo ficasse acessível para todas as pessoas.

Existem diversos influencers nas redes sociais hoje em dia, que são aquelas pessoas que começaram a produzir conteúdo próprio e que conseguiram reunir um grupo de fãs que acompanham frequentemente esse trabalho.

Ao trabalhar com influencers, no entanto, não necessariamente você precisa contratar a pessoa para falar bem da sua marca. Afinal de contas, estamos falando de conteúdo UGC, que deve ser natural, certo?

Mas você pode enviar amostras dos seus produtos para pequenos influencers e convidar essas pessoas a utilizar e atestar a qualidade da sua marca. Assim, elas ficarão livres para dar opiniões honestas e compartilharem a experiência delas com outras pessoas.

A Natura entra como um de nossos exemplos para esse tipo de conteúdo. Através da opinião de uma usuária do produto da marca, ela consegue atrair a atenção de outras pessoas interessadas e que desejam saber a eficácia do cosmético.

Obviamente, influencers com muitos fãs e seguidores podem não ser opções para esse tipo de parceria. Mesmo assim, dependendo do produto ou serviço que a sua marca possui, pode valer a pena entrar em contanto e fazer um convite.

Realize ou participe de eventos

Realizar ou participar de eventos é uma excelente maneira para aumentar a sua consciência de marca, mas também é outra forma de incentivar o Conteúdo Gerado pelo Usuário.

Se for um evento presencial, é possível criar áreas especiais para incentivar as pessoas a tirarem fotos e postarem nas redes sociais marcando a hashtag do evento.

Em 2019, a Cup Noodles montou um estande na feira da CCXP (Comic-Con Experience) em São Paulo, que além de brincadeiras, oferecia um espaço divertido para as pessoas tirarem fotos e gravarem vídeos. Para ganhar brindes e um Cup Noodles quentinho, era preciso postar as fotos com a hashtag da marca nas redes sociais.

Através dessa ação, a marca não somente engajou os participantes da feira, como também estimulou o conteúdo UGC na internet, alcançando muitas pessoas através de fotos e vídeos que os participantes compartilharam nas redes sociais.

Republique fotos e vídeos

Não adianta somente criar eventos ou campanhas para pedir para que as pessoas publiquem conteúdo UGC para a sua marca. É preciso recompensá-las por isso, pois só assim você irá mantê-las engajadas e ativas na ação, além de incentivar que outras se juntem também.

Nem sempre a recompensa precisa ser algo físico, como um brinde, por exemplo. Na maioria das vezes, as pessoas ficam ainda mais felizes quando a marca as responde de alguma forma, seja comentando nas fotos ou republicando o conteúdo em seu perfil oficial.

Mas aqui vai uma dica importantíssima: dê os devidos créditos de qualquer imagem ou conteúdo gerado por usuários e clientes em suas republicações. Afinal, isso não apenas é o justo, como também é a forma de agradecer a participação do seu público.

Atente-se para as publicações negativas

Como dica final, lembre-se que o mesmo nível de atenção que é dado para as postagens e conteúdos UGC positivos deve ser dado para as publicações negativas.

Afinal de contas, nem sempre todas as pessoas que adquirirem um produto ou serviço da sua marca ficarão satisfeitas com ela.

Quando isso acontecer, não ignore. Busque entender o que aconteceu e o que ocasionou a insatisfação daquele cliente. Assim, não somente você vai ajudar a recuperar a atenção dessa pessoa, como também poderá identificar pontos que devem ser melhorados em seus produtos ou atendimento.

Incentive o Conteúdo Gerado pelo Usuário

Neste artigo, passamos algumas dicas e exemplos de Conteúdo Gerado pelo Usuário para servir como inspiração para ajudar nas suas estratégias de UGC.

Apesar de ter várias maneiras de estimular esse tipo de conteúdo, é importante lembrarmos que ele deve sempre partir naturalmente do seu público. Só assim, passará a credibilidade e autenticidade que são necessárias para que o UGC seja eficaz.

Avaliações e feedbacks também são tipos de conteúdo UGC, e você pode abrir espaços específicos em seu site para incentivar as pessoas a explorar tais conteúdos. Apenas fique de olho para não deixar as pessoas insatisfeitas sem respostas.

No mais, use a criatividade e procure achar um estilo próprio que combine e faça sentido para a sua marca.

E se precisar de ajuda profissional para as estratégias de Marketing de Conteúdo da sua empresa, fale com a Tupiniquim! Somos uma agência de marketing digital com mais de dez anos de experiência e podemos ajudar o seu negócio a crescer.

Curtiu o conteúdo? Compartilhe com outras pessoas!

Dúvidas Frequentes

O que é conteúdo UGC?

UGC é a sigla para User-Generated Content, termo em inglês que significa Conteúdo Gerado pelo Usuário. Ou seja, UGC (ou CGU, caso prefira a sigla em português) nada mais é do que o conteúdo criado pela própria pessoa usuária ou consumidora de determinado produto ou serviço.

Qual o impacto do conteúdo produzido pelo usuário?

O conteúdo UGC é excelente para fortalecer a credibilidade da marca, gera confiança, ajuda outros usuários e usuárias tomarem decisões de compras, e facilita as ações de Brand Awareness e Marketing de Conteúdo.

Quais são alguns exemplos de Conteúdo Gerado pelo Usuário?

Conteúdo Gerado pelo Usuário pode vir sob várias formas, tais como: avaliações e feedbacks, postagens de fotos ou vídeos, compartilhamentos, campanhas de hashtags, concursos, entre outras.

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder