fbpx Skip to main content

Saiba como aplicar esse elemento de branding para tornar a sua marca única e ganhar um diferencial competitivo na corrida para conquistar clientes.

Em meio à grande concorrência e disputa por espaço no mercado, muitas empresas têm apostado em ações de branding (ou gestão de marca) para se destacarem e serem reconhecidas rapidamente pelo seu público-alvo e clientes em potencial, tornando suas marcas únicas por meio da identidade visual e também da comunicação.

Uma dessas ações de branding é a elaboração e implementação de um tom de voz para a marca de um negócio com o objetivo de que ele seja notado e, mais do que isso, lembrado pelas pessoas quando elas vão às compras.

Quando o tom de voz é coerente e claro, ele é capaz de unificar a comunicação de uma empresa independentemente do tipo de conteúdo e do formato utilizado para divulgá-lo, ou seja, o tom de voz é responsável por dar uma personalidade a uma marca.

Neste artigo, a Agência de Identidade Visual e Branding Tupiniquim vai te mostrar o poder e os benefícios de dar um tom de voz para a sua marca e, assim, atrair a atenção dos leads (ou clientes em potencial) para a sua empresa, além de te explicar quais são os elementos essenciais para criar um tom de voz que expresse a essência e as características da sua marca.

O que você vai ler sobre Tom de Voz de Marca:

O que é o tom de voz de uma marca?

O tom de voz de uma marca é a personalidade que ela assume em toda sua estratégia de comunicação. Esse tom de voz funciona como um guia sobre o que uma marca deve dizer e como dizer, sendo único para toda a empresa, além de refletir os valores, missão e visão dela.

A partir desse tom de voz único, um negócio ganha identidade própria e se diferencia dos concorrentes.

É importante que o tom de voz da marca seja uniforme nas plataformas em que ela esteja presente, isto é, os consumidores devem ter a mesma experiência com a empresa em diferentes canais de comunicação para facilitar o reconhecimento dela.

Dessa forma, a marca deve aplicar o mesmo tom de voz na comunicação em diferentes redes sociais, via e-mail, em seu site e blog, e, inclusive, nas embalagens de produtos.

Além de criar uma relação mais próxima com o público-alvo, o tom de voz de uma marca também é usado para gerar confiança nos potenciais clientes. Afinal, quanto mais confiança em uma marca e no que ela faz, maiores as chances de as pessoas consumirem e comprarem produtos e serviços dela.

Em outras palavras, o tom de voz de uma marca ajuda a construir uma relação de confiança e a mostrar aos prospects o que eles podem esperar do conteúdo produzido pela sua empresa e, consequentemente, dos produtos ou serviços, atendimento ao cliente etc.

A abordagem correta possibilitada por um tom de voz adequado te ajuda a captar novos clientes em potencial antes mesmo de eles conhecerem mais profundamente o que a sua empresa faz de fato.

Isso pode acontecer por meio do encantamento gerado, por exemplo, por uma comunicação com tom de voz moderno, bem-humorado, inspirador, casual ou que expresse qualquer outra característica que represente a essência do seu negócio e que chame a atenção das pessoas.

Qual a diferença entre a voz e o tom de voz de uma marca?

Basicamente, podemos dizer que a voz de uma marca (ou brand voice) é o que ela fala (ou escreve). São os valores e princípios, a missão, a visão e outros aspectos que representam a empresa.

Já o tom de voz é a forma como a marca expressa sua voz, ou seja, seus valores, princípios, visão, missão etc. Em outras palavras, a voz é o que a marca fala e o tom é como ela fala (ou escreve).

Por exemplo, uma marca pode ter como um de seus valores a casualidade, e expressá-la através de um tom de voz bem-humorado e informal, fazendo referência a memes e utilizando emojis em sua comunicação.

Por outro lado, uma seguradora pode ser vista como incoerente e não inspirar confiança se tiver a seriedade como um princípio e abusar do humor e da informalidade em sua comunicação.

5 passos para criar o tom de voz da sua marca

Você já aprendeu o que é e para que serve o tom de voz de uma marca. Mas como saber se o tom criado para a comunicação da sua empresa está funcionando?

Em geral, se as pessoas se sentem como se estivessem tendo um diálogo direto com a sua marca, podemos dizer que o tom de voz dela está no caminho certo para criar, nutrir e manter um relacionamento de confiança com elas.

Quanto mais os clientes potenciais se sentirem interagindo com a sua marca, mais conectados à empresa eles estarão e maiores serão as chances de eles comprarem do seu negócio. Que tal começarmos a criar o tom de voz da sua marca?

Veja 5 passos para personalizar a comunicação do seu negócio e dar um tom de voz único a ele.

1. Defina a essência

Quando falamos sobre a essência de uma marca, estamos nos referindo à missão, visão, princípios e valores dela em relação ao negócio, ao mundo e à sociedade de forma geral. Seja coerente no discurso que você expressa no conteúdo e na comunicação da sua marca e os clientes confiarão e se identificarão com ela.

Use esses elementos para determinar as características cruciais do seu negócio que serão refletidas na comunicação do marketing, do atendimento, das vendas e demais áreas da empresa. Alguns exemplos de valores recomendáveis são o respeito à diversidade, preocupação com a sustentabilidade, transparência, entre outros.

2. Pense na persona

Ao criar o tom de voz da marca, é essencial considerar a persona do seu negócio. Quem você está tentando alcançar e impactar com seu conteúdo e comunicação? O que essa persona quer, espera ou precisa da sua marca? O que sua empresa pode oferecer que nenhuma outra marca poderá ofertar?

Faça uma pesquisa sobre as características das personas que você atinge ou quer atingir com sua comunicação. Identifique quais conteúdos elas costumam ler, ouvir e ver para ajudar a fortalecer o tom de voz que você está criando para o seu negócio e fazer com que ele converse diretamente com essas personas, gerando identificação e conexão genuínas.

3. Avalie o conteúdo

Quais foram os conteúdos produzidos pela sua equipe de marketing que fizeram mais sucesso nas redes sociais ou no blog da sua empresa? Faça esse levantamento e analise o tipo de linguagem e referências que você utilizou na escrita desses conteúdos para tentar encontrar o mapa do sucesso do seu tom de voz.

Além disso, identifique os formatos que melhor entregam a comunicação da sua marca de acordo com o perfil do seu público atual ou do público que você quer alcançar. Vídeos no YouTube, stories e reels no Instagram, posts de blog, newsletters, podcasts, entre outros. O que não falta são formatos para você amplificar o alcance do tom de voz da sua marca.

4. Documente

Crie um documento com palavras, frases e expressões que devem ou não ser usadas para assegurar que a sua estratégia de marketing e comunicação tenha o mesmo tom de voz e que ele seja utilizado por todas as equipes, sempre que necessário, nos materiais, projetos, produtos e serviços oferecidos.

Organize treinamentos e workshops com os membros das equipes da empresa para que todos estejam falando e escrevendo no mesmo tom ao lidar com clientes, fornecedores, parceiros etc. Você também pode incluir um capítulo em um plano de mídia da empresa sobre o tom de voz da marca, o que e como ela deve se expressar.

5. Busque assistência

Você pode dar início à elaboração do tom de voz da sua marca sozinho(a), mas é sempre bom contar com as dicas e suporte de quem é especialista na área. Por isso, avalie a possibilidade de contar com a consultoria de uma agência de identidade visual e de branding para te ajudar a criar e colocar o tom de voz da sua marca em ação.

A contribuição de uma equipe de branding te ajuda a definir como você quer que seja o tom de voz da sua marca, pensando no que o seu público quer e espera de uma empresa no seu ramo de atuação, além da possibilidade de ter à disposição uma solução completa de branding que criará desde a identidade visual (logotipo, logomarca, blog e site em WordPress) até a redação do conteúdo com o tom de voz do seu negócio.

4 benefícios de um tom de voz para sua marca

Quando você dá um tom de voz para a sua marca nos canais de comunicação utilizados por ela, você mostra ao público uma personalidade coerente e confiável, que pode ser reconhecida no conteúdo visual e escrito que é publicado em qualquer plataforma.

Conheça outros 4 benefícios de ter uma marca com um tom de voz próprio:

1. Conteúdos Autênticos

O marketing de conteúdo é excelente para gerar valor e conexão com o público de uma forma genuína. No entanto, o conteúdo deve representar as características do seu negócio de forma clara.

Se você parar para pensar, muitas vezes, os conteúdos de diferentes marcas abordam os mesmos temas. O que encanta as pessoas é identificar a forma única e memorável com que a sua empresa aborda um assunto com o tom de voz dela.

2. Mais Autoridade

A partir do momento em que o público identifica que uma empresa tem um jeito próprio de se comunicar, ela é lembrada e reconhecida com mais facilidade.

Essa familiaridade com o tom de voz de uma marca contribui para que as pessoas confiem, acreditem e respeitem o que a sua empresa fala, escreve e faz, aumentando as chances de conversão de vendas.

3. Mais Identificação

Consequentemente, conteúdos criados de forma coerente, ou seja, com um tom único de voz, geram confiança no discurso e nas ações e estreitam a relação entre uma marca e seu público-alvo.

Isso pode ser percebido claramente na forma como as pessoas interagem ou citam uma marca em posts e comentários em redes sociais, por exemplo.

4. Mais Destaque

Uma marca que expressa um tom de voz frio e robótico tem menos chances de despertar a identificação e o engajamento do público-alvo em comparação a uma marca que define seus valores e os expressa de forma carismática e humanizada em sua comunicação e em suas ações de marketing.

Esse é um fator decisivo na hora de se destacar da concorrência e conquistar a confiança (e as compras) de mais clientes.

4 exemplos de tons de vozes de marcas

Vamos ver alguns exemplos práticos de marcas que expressam suas personalidades de forma autêntica e diferenciada na hora de interagir com potenciais clientes nas redes sociais e na internet em geral?

Veja abaixo como 4 marcas aplicam seus tons de vozes na interação com o público-alvo:

1. Netflix

Se você já segue os perfis dessa gigante do streaming nas redes, você já deve ter percebido a forma casual com que ela se comunica com seus assinantes e potenciais assinantes. É bem comum ver a Netflix fazendo postagens engraçadas e usando memes para se referir aos filmes, séries e documentários de seu catálogo.

2. Spotify

Com textos em primeira pessoa (como se a marca fosse uma pessoa e ela mesma estivesse escrevendo), o Spotify também faz uso de memes e posts bem-humorados para se comunicar com a audiência, além de, obviamente, incluir o assunto música em todas as ocasiões e postagens possíveis.

3. Magazine Luiza

Entre os valores da gigante varejista, encontramos a simplicidade e a inovação. Essas duas características foram unidas perfeitamente por meio da criação da Lu, a assistente virtual da Magazine Luiza. Essa persona digital é bastante carismática e, apesar de toda a inovação tecnológica que representa, utiliza um tom de voz popular e casual para interagir com o público.

4. Tupiniquim

Aqui na Agência Tupiniquim, usamos um tom de voz amigável e didático porque nosso objetivo é ensinar o público a resolver problemas e encontrar soluções com estratégias de marketing digital. Para isso, apostamos em uma comunicação simples e acessível para explicar temas como branding, SEO, tráfego pago, marketing de conteúdo e desenvolvimento de landing pages e sites em WordPress.

Use o tom de voz de marca para atrair mais clientes e vendas!

O tom de voz de marca ajuda a sua empresa a se comunicar com o público-alvo e clientes potenciais de maneira autêntica, com personalidade e gerando identificação em quem compartilha dos mesmos valores.

Isso porque uma marca com tom de voz próprio e humanizado tem mais chances de se conectar de forma profunda com o público do que uma marca que se comunica de forma genérica e distante.

Apesar de alguns canais de comunicação exigirem adaptações de conteúdo, ainda assim é possível manter um tom de voz único, seja em um SMS (que requer um texto curto), seja em um post longo em um blog. O importante é que exista personalidade no tom de voz usado pela sua empresa para se comunicar com seu público.

Conte com a Agência de Identidade Visual e Branding Tupiniquim para elaborar e implementar um projeto de branding e criação de conteúdo que expresse um tom de voz único para a sua marca e, assim, converter mais clientes graças a uma comunicação autêntica e valiosa com seus prospects.

Entre em contato conosco para receber um diagnóstico de como a sua empresa pode conquistar mais clientes e vendas com técnicas de marketing digital!

Se você achou este post interessante, compartilhe o link dele com quem também quer se destacar da concorrência!

Dúvidas Frequentes

O que é o tom de voz de uma marca?

O tom de voz de uma marca é a personalidade que ela assume em toda sua estratégia de comunicação. A partir de um tom de voz único, um negócio ganha identidade própria e se diferencia dos concorrentes.

Como criar o tom de voz de uma marca?

  1. Defina a essência da marca;
  2. Pense na persona desejada;
  3. Avalie o conteúdo produzido;
  4. Documente o tom de voz;
  5. Busque assistência de uma agência de branding.

Quais são os benefícios do tom de voz de uma marca?

  1. Conteúdos Autênticos;
  2. Mais Autoridade;
  3. Mais Identificação;
  4. Mais Destaque.

Web Stories:

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder
Como Fazer Webinários? 3 Vantagens de Webinários 3 Recursos da SEMrush Como Fazer Live Commerce? 3 Empresas Que Fazem Live Commerce 3 Formatos Para Fazer Live Commerce 3 Recursos da RD Station CRM 3 Recursos da RD Station Marketing 4 Critérios Para Buscas Orgânicas Buscas Orgânicas: 3 Benefícios 4 Exemplos de Brand Books 4 Elementos Para Criar Um Brand Book 3 Benefícios De Um Brand Book Como Anunciar No YouTube Ads? 3 Motivos Para Anunciar No YouTube Ads 5 Tipos de Marketing Digital 4 Vantagens De Um Site Em WordPress 4 Dicas Para Um Site Mais Responsivo Inbound Marketing em Vendas Complexas: Como fazer? Como Fazer Vendas Complexas B2B?