fbpx Skip to main content

Que tal produzir um livro digital para conquistar mais clientes? Aprenda neste post o passo a passo para criar e divulgar um e-book de sucesso para a sua empresa!

Para você, é mais difícil criar ou instigar alguém a adquirir o que a sua empresa está oferecendo?

No mundo digital, existem muitas formas de promover um conteúdo, produto ou serviço. A internet transformou muitas pessoas em produtores digitais, o que também acabou aumentando a concorrência entre diversos modelos de negócios.

Produzir um curso online, uma palestra ao vivo, uma mentoria ou e-book, por exemplo, não é a parte mais difícil. Diante de diversos concorrentes, o mais desafiador é convencer as pessoas a consumir o seu conteúdo, seja ele qual for.

Você até pode ter boas ideias e ser especialista em um determinado assunto, mas será que consegue produzir um produto com excelência capaz de gerar ou atrair clientes?

O e- book é um dos melhores conteúdos para despertar o interesse do público e conquistar novos clientes. Porém, se você se dedicar e colocar todos os seus esforços apenas na produção dele e deixar o marketing de lado, é o caminho certo para o fracasso.

Quando um e-book é criado, é preciso pensar em um todo. Por exemplo, sobre o que você vai escrever, para quem, qual é o objetivo, de que forma ele será divulgado, entre outros.

Todas essas questões precisam ser pensadas antes de produzir o seu livro digital para que o seu trabalho e tempo investido valham a pena.

Diante disso, hoje trouxemos para você dicas de como criar um e-book, a sua importância e as melhores ferramentas para fazer a criação de um e-book. Continue a leitura!

O que você vai ler sobre o que é e como criar um e-book:

O que é um e-book?

Um e-book é um eletronic book, ou seja, um livro eletrônico ou livro digital que pode ser baixado gratuitamente ou comprado em alguma página da internet.

Algumas pessoas preferem os e-books pela praticidade de serem acessados a qualquer momento via smartphones, tablets, notebook, Kindle ou dispositivos similares.

Ao criar um e-book, é muito importante pensar nas estratégias de Inbound Marketing, que tem o objetivo de gerar leads e engajar clientes, através da oferta de conteúdos relevantes e de qualidade que estimulem o usuário a tomar uma decisão.

O funil de vendas e a jornada de compra do cliente, são uns dos pilares do Inbound que podem ajudar na criação do conteúdo ideal para o público que você deseja atingir.

Por meio dessas metodologias também é possível identificar as etapas do funil ou da jornada que o potencial cliente se encontra para atrair, converter, nutrir, mostrar a possibilidade de solucionar um problema e fechar a venda no momento certo.

Qual a importância de criar um e-book?

Para que as empresas possam construir credibilidade e se destacar no mercado digital, elas precisam demonstrar para o público todo o seu conhecimento. Isso pode ser feito através de conteúdo nas redes sociais, artigos no blog, conteúdo para site, e-book ou e-mail marketing.

O fato é que há milhares de possibilidades para uma marca se tornar uma referência no universo online. No entanto, o e-book é um dos meios de compartilhar conteúdo que mais gera autoridade e confiança para uma empresa, já que com ele você se mostra especialista em um assunto.

Além disso, um livro digital permite que você desenvolva um conteúdo muito mais aprofundado do que um artigo de blog, por exemplo. Um post até pode ser bem completo e com informações relevantes, mas imagine como seria um blog post que abrangesse um assunto como se fosse páginas de um livro.

O conteúdo ficaria muito extenso e as pessoas desistiriam de continuar a leitura, não é mesmo?

Diferentemente de outros meios, o e-book tem o poder de se aprofundar em um assunto, tornando-o um conteúdo fascinante para a sua audiência. Se o seu livro eletrônico for tão bom ao ponto de resolver um problema e transmitir conhecimento para o seu público, consequentemente atrairá visitantes para a sua página.

Dessa forma, o e-book é a opção perfeita para capturar leads e construir um relacionamento duradouro com seus potenciais clientes.

A partir daí, é só nutrir e fortalecer esse relacionamento com o lead, de acordo com cada etapa do funil de vendas que ele estiver. Assim, você terá resultados incríveis para o seu negócio, além de conquistar visibilidade, credibilidade e autoridade para a marca.

Outra vantagem importante na criação de e-book é não ter que se preocupar com gastos de impressão e nem de uma editora para fazer a publicação do livro, já que ele é digital e pode ser oferecido através do seu site ou e-mail marketing.

9 passos para criar um e-book de sucesso

Agora que você já sabe o que é um e-book e qual a importância dele nas suas estratégias de marketing digital, chegou o momento de descobrir o passo a passo de como criar um e-book gratuito e irresistível para o seu público.

O mais importante você já tem: o conhecimento. Mas, se não estiver totalmente seguro, estude muito bem o assunto antes de começar a escrever o conteúdo.

Depois, você só precisará colocá-lo em prática e transformá-lo em uma mina de ouro para o seu negócio. Vamos lá?

1- Defina a sua persona

O primeiro passo para criar um e-book é definir quem é a sua persona, ou seja, para quem você irá escrever. Esse passo é o principal para que as outras etapas se desenvolvam muito bem ao longo do processo de escrita.

Se você não conhece bem o seu público, logo não saberá sobre o que escrever. É importante ter domínio sobre o assunto, mas de nada adianta se ele não for interessante para a sua audiência.

Portanto, antes de fazer a criação do seu livro eletrônico, faça uma pesquisa e estude o perfil e os interesses das pessoas que você deseja alcançar.

2- Escolha um tema

Com a persona já definida, o próximo passo é escolher o tema.

Depois de conhecer melhor sobre o público que você quer atingir, a segunda etapa fica muito mais fácil.

O tema do e-book tem que ser atrativo o suficiente para chamar a atenção do seu público e despertar o interesse deles em ler o conteúdo.

Para isso, é necessário oferecer as soluções para o problema dele. Independentemente do tema as pessoas buscam por respostas, então nada mais justo do que entregar um produto que elas realmente precisam, não é mesmo?

É importante pontuar que o conteúdo do e-book deve ser segmentado com um assunto específico, para que ele possa ser aprofundado ao longo do texto e para que você consiga entregar um material completo, gerando resultados satisfatórios para a sua audiência.

3-  Organize o assunto que será abordado em tópicos

Esse ponto te ajudará no desenvolvimento do texto, deixando claro para os leitores o que eles encontrarão nas páginas do seu e-book.

Se, antes de separar os tópicos, você ainda não possuir domínio total sobre o tema, estude-o. Porém, tome cuidado para não beber água de hidrante.

Em outras palavras, evite consumir conteúdos de muitas pessoas, pois o excesso de informação pode acabar atrapalhando.

As pessoas até podem falar do mesmo assunto, mas às vezes possuem metodologias e modos de pensar diferentes. Você pode até falar “Ah, quanto mais informação melhor”. De fato, isso não é uma mentira.

No entanto, uma enxurrada de ideias desgovernadas vai acabar dificultando o processo de desenvolvimento do seu e-book.

O conteúdo tem que ser completo, porém, não se esqueça que ele precisa ser muito bem segmentado e manter uma linha de raciocínio lógica. Portanto, separe os assuntos mais relevantes de acordo com o seu tema e organize-os em tópicos.

A partir disso, será possível transmitir a sua ideia de maneira mais assertiva e facilitará a leitura e legibilidade do conteúdo.

4-  Desenvolva o conteúdo do e-book

Depois de separar os tópicos e já saber exatamente o que será abordado no seu e-book, chegou o momento de escrevê-lo.

Escrever nem sempre é uma tarefa tão simples, mas se você já tiver o hábito de criar conteúdos de texto para um blog, site, redes sociais ou outros canais e conhecer muito bem o tema, redigir o texto se tornará mais fácil.

É nessa etapa que você vai desenvolver as suas ideias e demonstrar todo o seu conhecimento sobre o tema. Sendo assim, não deixe passar nenhuma informação importante e que seja do interesse do seu público.

Lembre-se que as pessoas buscam por soluções, então escreva um conteúdo que possa ajudar a sua audiência. Tire dúvidas e responda todas as perguntas possíveis dentro do seu e-book.

Essa fase é o momento perfeito para ganhar autoridade e mostrar para o público toda a sua experiência. Revise, releia e reescreva quantas vezes forem necessárias e se atente aos detalhes como:

  • A linguagem que irá utilizar;
  • Erros ortográficos e gramaticais;
  • Evite gírias inadequadas e não deixe o texto muito informal;
  • Escreva frases curtas e objetivas sem deixar o texto incompleto;
  • Aproveite os tópicos que você separou para dividir o texto com subtítulos e deixá-lo mais agradável para os leitores.

Esses detalhes fazem muita diferença para criação de um e-book, transformando-o em um produto muito mais atraente.

5- Explore as técnicas de Marketing de Conteúdo

Assim como o funil de vendas e a jornada de compra, o marketing de conteúdo também é um dos pilares do inbound marketing ou marketing de atração.

Através do marketing de conteúdo, é possível atrair e engajar um público de forma espontânea para que conheçam a sua marca, produtos ou serviços por meio de conteúdos relevantes e educativos.

O ato de oferecer conteúdos que eduquem as pessoas é muito importante para que elas se sintam seguras para tomar a decisão de comprar e se transformarem em clientes de fato.

Por esse motivo, é essencial explorar o marketing de conteúdo no seu e-book, que por si só já é um meio de educar e despertar o interesse natural do seu público-alvo.

Além disso, essa estratégia contribui para tornar a marca uma referência na mente do público, o que pode gerar Brand Awareness (consciência de marca).

6- Utilize imagens

As imagens são partes muito importantes de um conteúdo da internet, principalmente em artigos de blog, páginas de e-commerces ou nas redes sociais como o Instagram, por exemplo, que tem um apelo visual.

E não poderia ser diferente com o e-book. Por mais que o conteúdo do seu livro digital seja muito bom, ele se torna menos atrativo quando possui apenas elementos textuais. Nesse caso é super válido aproveitar os componentes visuais para encantar a sua audiência.

Utilize fotos, ilustrações, gráficos e infográficos para enriquecer o seu e-book, melhorar a experiência do usuário, fazer com que ele associe imagens e figuras ao seu conteúdo produzindo, assim, um material memorável.

Escolha imagens relacionadas ao assunto que será abordado. Não importa se será um guia, tutorial ou qualquer outro tipo de e-book, as imagens precisam ser coerentes com o que está escrito.

7- Formate o seu e-book

Com o conteúdo já pronto, é hora de fazer a formatação do e-book para passar uma imagem mais profissional para o seu público.

Quando falamos de formatar o conteúdo, significa que você deve se atentar ao visual do e-book como um todo, ou seja, desde o tamanho da fonte, alinhamento do texto, posição das imagens e tudo o que envolve a estética do seu livro digital até o formato como ele será entregue.

Existem dois formatos comuns que você pode utilizar: PDF e EPUB. O PDF é um dos arquivos mais conhecidos e pode ser lido, visualizado e compartilhado em diversos dispositivos.

Já o EPUB não consegue ser lido em todos os dispositivos como o Amazon Kindle, por exemplo. No entanto, esse formato de arquivo suporta imagens coloridas, vídeos completos, não distorce gráficos e nem outros elementos visuais e interativos.

Estude mais sobre esses dois formatos e outros para escolher o que melhor atende o seu tipo de e-book e o perfil da sua audiência.

Esses são detalhes importantes para a qualidade e escaneabilidade do seu e-book, proporcionando uma leitura muito mais agradável para os leitores.

8- Revise todo o conteúdo

Essa é uma das etapas mais importantes para criação de e-book e precisa ser realizada cuidadosamente.

Depois de formatar todo o seu conteúdo, é hora de fazer uma revisão geral e completa. Sendo assim, antes de colocar o seu e-book no ar corrija erros ortográficos, gramaticais, de pontuação e frases que talvez não façam muito sentido.

Analise também se todas as imagens escolhidas estão adequadas e dentro do padrão do seu livro digital. Erros de digitação, palavras duplicadas, títulos e links também precisam ser verificados.

Uma dica: peça para que outra pessoa leia e revise o conteúdo, já que a pessoa envolvida na produção do e-book tende a não encontrar alguns erros por estar familiarizada com o material.

Se preferir contrate um(a) revisor(a) para te ajudar nesse processo, que precisa ser feito minuciosamente.

9- Divulgue o seu e-book

Após realizar todas as etapas que já enumeramos até aqui, chegou o momento de dedicar todos os seus esforços na divulgação do e-book para convencer as pessoas a acessá-lo.

Vale lembrar que o seu e-book pode ser pago, no entanto, criar um e-book gratuito para oferecer para o público, além de educá-los é uma forma de agregar valor para a sua marca e mostrar que você tem autoridade sobre um determinado assunto.

Existem diversas formas e canais para fazer a divulgação do seu livro digital – uma delas é o e-mail marketing. Através de formulários o seu e-book pode ser enviado para a caixa de entrada das pessoas que possuem interesse no seu negócio.

Você pode fazer também a divulgação no seu blog, site, redes sociais e outros que veremos no próximo tópico.

O mais importante é identificar em quais canais a sua audiência ou as pessoas que você deseja alcançar estão e como elas se comportam em cada canal, para que você possa estruturar a melhor estratégia de divulgação.

Como divulgar e promover o seu e-book?

Como citamos anteriormente, existem diversos canais que você pode utilizar para fazer a divulgação e promoção do seu e-book gratuito.

Escolher os canais certos é essencial para que o seu livro digital consiga alcançar mais e mais pessoas.

Se você quer saber quais são as melhores formas de promover o seu e-book, veja a seguir os itens que separamos para você. Vamos lá?

Landing Page

É impossível falar de promoção de e-book gratuito sem citar as landing pages, não é à toa que ela está em primeiro lugar dessa lista.

As landing pages ou páginas de conversão serão a sua maior aliada para conduzir e incentivar os visitantes da página a tomarem uma decisão e se tornarem leads.

O foco das landing pages é único e exclusivamente para fazer conversões. Por isso, precisa ser uma página simples, objetiva, direta e sem muitas distrações.

Utilize call to actions poderosas para convencer os usuários e usuárias a baixarem o seu material.

Caso você precise de inspiração para criar a sua página de conversão, veja o nosso artigo com 9 exemplos de landing pages de sucesso.

E-mail Marketing

O e-mail marketing ainda continua sendo uma das melhores opções para fazer a promoção de qualquer conteúdo ou material.

Isso porque, através dele é possível informar a sua base de contatos sobre qualquer novidade do seu negócio e ainda nutri-la com informações e conteúdos relevantes.

Por meio de um formulário dentro de uma landing page, por exemplo, você consegue capturar muito mais leads para o seu mailing (lista de e-mail).

Assim, quando o usuário informar os dados para acessar algum material, você o enviará para caixa de entrada do e-mail dele.

Blogs e Sites

Aproveite os espaços do seu blog e site para divulgar e promover o seu e-book.  Se você reparar, nos artigos do blog da Tupiniquim, vai ver que temos alguns banners falando sobre o nosso e-book gratuito de como a sua empresa pode vender mais, melhor e todos os dias.

Caso você ainda não tenha um blog ou site, recomendamos que você faça a criação de site em WordPress que é uma plataforma muito funcional e com recursos que destacam o SEO (Search Engine Optimization), o que ajuda a sua página a ser encontrada com mais facilidade nos buscadores como o Google.

Se ainda não se convenceu, te convidamos a ler o artigo: WordPress: Por que Essa Plataforma é Ideal para o Seu Negócio.

Redes Sociais

Atualmente, é muito raro encontrar alguém que não utilize as redes sociais, mesmo que seja de forma moderada.

Muitas empresas utilizam as redes sociais para se comunicarem e terem um relacionamento mais próximo com o seu público-alvo justamente por serem meios que estão cada vez mais presentes no cotidiano das pessoas.

Além disso, as redes sociais são vitrines para expor a sua marca, serviços e produtos através de conteúdos interativos e memoráveis.

Uma coisa que costumamos dizer aqui na Tupiniquim é que não há necessidade de estar em todas as redes sociais. Esteja apenas naquelas em que as pessoas que acompanham o seu negócio estão.

Crie posts e stories contando para a sua audiência o que ela vai encontrar ao ler o seu e-book. Aproveite também para deixar o link da landing page do seu e-book na bio do Instagram.

Links Patrocinados

As mídias digitais, de fato, são uma excelente opção para usar estratégias como o marketing de conteúdo para as redes sociais, tendo a possibilidade até mesmo de transformar um conteúdo viral.

Da mesma forma, um blog pode fortalecer a sua autoridade e reputação na internet. Porém, se você não possuir um tráfego orgânico relevante, dificilmente as pessoas encontrarão o seu e-book.

Mas, como para tudo tem uma solução, sugerimos que você crie links patrocinados no Google Ads, Facebook Ads ou Instagram Ads, com anúncios que direcionarão o público para a landing page do seu e-book.

Investir em publicidade paga permitirá que você faça a segmentação de público, que certamente terá interesse em acessar o seu e-book gratuito.

Ah! E uma dica extra: não deixe de monitorar o ROI e ROAS dos seus anúncios para saber se o seu investimento valeu a pena.

Ferramentas para criação de e-book

Chegou o momento de deixar o seu e-book profissional. Agora que você já sabe os passos para criar um e-book, como fazer a divulgação dele e em quais canais, é hora de pensar na diagramação e layout do seu livro digital.

Para isso, você pode utilizar ferramentas que vão ajudar a otimizar o seu tempo e deixar o seu e-book com o acabamento perfeito.

Trouxemos algumas opções de ferramentas para criar e-books, entre pagas e gratuitas, para você analisar e decidir a que melhor atende às suas necessidades.

Canva

O Canva é uma ferramenta de design muito simples e fácil de manipular. É gratuita, porém com alguns recursos pagos.

A ferramenta possui diversos templates para os mais variados formatos de conteúdo, inclusive para e-books. Através do Canva, é possível não só fazer a criação e diagramação do seu e-book em si, mas também criar capas incríveis para ele.

Tem modelos de capas para todos os gostos e tipos de negócios, basta deixar a sua imaginação florescer e não esquecer de fortalecer o branding da sua marca.

Venngage

Você possui pouca ou nenhuma experiência com design? Então, essa é a ferramenta perfeita para fazer a criação de e-book.

Com a Venngage, você pode escolher o modelo de e-book que preferir e personalizá-lo com o seu texto e imagens. A ferramenta conta também com mais de 40 mil ícones para deixar o seu e-book ainda mais atraente.

O plano Empresarial oferece o branding kit que facilita a gravação do logotipo, fontes e cores da sua marca.

Através do Venngage, é possível fazer o download do e-book em PDF ou PNG e ainda o compartilhar nas redes sociais diretamente pela plataforma.

PowerPoint

Existem duas versões dessa ferramenta: a paga, que pode ser comprada através do site da Microsoft, e a gratuita que é o PowerPoint online.

Com as duas versões é possível criar páginas para seu e-book, inserindo blocos de textos e imagens.

A vantagem de utilizar a versão online é que o seu e-book fica salvo automaticamente na nuvem e ainda pode ser compartilhado com outras pessoas através de um link privado.

My Ebook

A My Ebook é uma das melhores e mais completas ferramentas para criação e publicação não só de e-books, mas também de jornais e revistas online.

A plataforma permite que você crie e edite seu livro digital, podendo incluir animações, vídeos e áudio, imagens, links, e ainda personalizar a sua publicação com a sua marca e cores.

Caso você já tenha um e-book pronto, você pode utilizar o My Ebook apenas para fazer a edição e publicação do seu livro digital.

Além disso, a ferramenta é composta por um recurso de análise, onde é possível monitorar em tempo real a interação dos leitores na sua publicação.

A My Ebook também é otimizada para os mecanismos de busca e garante a melhor experiência para os leitores dentro de qualquer navegador e dispositivo.

Livros Digitais

A Livros Digitais é uma plataforma totalmente gratuita e online para fazer a criação, publicação e compartilhamento do seu e-book.

Para acessá-la, basta apenas fazer o cadastro e começar a colocar a criação do seu livro digital em prática. Após criar o seu e-book, você pode acessar aba de publicação.

Adobe Indesign

O Indesign é um software de design de layout e editoração eletrônica que faz parte do pacote adobe e permite fazer diagramações profissionais.

Por não ser tão intuitivo, é recomendado para quem já possui uma certa experiência com a plataforma e como designer.

Se você é iniciante na criação de e-book, recomendamos que utilize ferramentas como o Canva, PowerPoint e Livros Digitais.

Além disso, o Adobe Indesign é pago, mas possui um período de teste de 7 dias grátis. Apesar de ser uma ferramenta mais complexa que outras, ela possui diversos benefícios como a liberdade de escolher o tamanho das páginas, a disposição das imagens e muitos outros.

Crie o seu e-book!

Se você leu todo o nosso passo a passo e as ferramentas que apresentamos neste artigo, temos certeza que criar um e-book se tornou mais fácil do que nunca.

Buscar conhecimento nunca é demais, por isso as pessoas estão buscando cada vez mais conteúdo na internet para aprender sobre um determinado assunto ou solucionar um problema.

Não importa se você tem um negócio de culinária ou se é uma agência de marketing digital, o que importa é o que você oferece e de que forma faz isso para o seu público.

Quando você cria um e-book seja ele um guia ou um tutorial, você precisa oferecer soluções para aquilo que os seus leitores estão procurando.

Sendo assim, ao criar um e-book, transmita todo o seu conhecimento de forma útil e relevante para o público. Dessa forma, você agrega valor e autoridade para sua marca, e garante uma boa experiência para os leitores.

Quer criar e-books ou ampliar outras estratégias de criação de conteúdo da sua empresa? Fale com a Tupiniquim! Somos uma Agência de Marketing de Conteúdo e oferecemos os melhores serviços para que o seu negócio venda e cresça cada vez mais.

Curtiu o artigo? Aproveite e compartilhe com outras pessoas!

Dúvidas Frequentes

O que é um e-book?

E-book é um livro eletrônico ou livro digital que pode ser baixado gratuitamente ou comprado em alguma página da internet.

Como criar um e-book?

Para criar um e-book é preciso seguir alguns passos simples. Veja:

  • Defina a sua persona
  • Escolha um tema
  • Organize o assunto em tópicos
  • Desenvolva o conteúdo do e-book
  • Explore as técnicas de Marketing de Conteúdo
  • Utilize imagens
  • Formate o seu e-book
  • Revise todo o conteúdo
  • Divulgue o seu e-book

Quais as melhores ferramentas para a criação de e-book?

Existem diversas ferramentas para criação de e-books, entre elas destacamos: Canva, Venngage, My Ebook, Livros Digitais, Indesign e PowerPoint.

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder