fbpx
Começou agora no marketing digital e está precisando de uma ajuda para entender sobre o que outros profissionais da área estão falando?

Não precisa ficar com vergonha quando acontecer de alguém utilizar um termo que você não conhece em uma conversa sobre Marketing Digital. Podemos te garantir que é algo mais comum do que você imagina.

Adotar termos utilizados em outra língua e adaptar para a nossa realidade é um hábito comum de profissionais de comunicação, e para que você consiga acompanhar os seus colegas e não se sinta mais perdido quando alguém falar sobre CTR, CTA ou ROI, resolvemos preparar este post.

Aqui, você encontrará um glossário de Marketing Digital com breves explicações sobre todos os termos mais utilizados dentro do marketing digital. Assim, você pode consultar a nossa “cola” toda vez que não lembrar de algo.

Navegue e aprenda os termos mais utilizados com nosso glossário de Marketing Digital

Campanhas, Marketing Digital e Vendas

AIDA: se trata de um modelo que diz respeito ao comportamento humano na tomada de decisão quando nos interessamos em alguma coisa. É uma sigla para as palavras Atenção, Interesse, Desejo e Ação.

Automação de Marketing: algumas ferramentas permitem que as ações de marketing digital sejam executadas automaticamente, o que permite atingir um público maior e torna a gestão mais fácil.

B2B: sigla em inglês para Business to Business, que significa a venda entre empresas. Se quiser saber mais, temos um post sobre Marketing Digital para B2B em nosso blog.

B2C: aqui, a sigla é para Business to Consumer, quando a venda é feita para o cliente final.

Benchmarking: termo em inglês que engloba o estudo dos resultados para decidir se o desempenho foi satisfatório e quais pontos devem ou não ser mantidos.

Briefing: informações coletadas a respeito de um projeto ou tarefa que servem de orientação para os profissionais que irão executar o trabalho.

Boom: quando algo está em alta e todos estão procurando por isso, ele está passando por um “boom”.

Brainstorm: processo de troca de ideias e experiências em grupo que define como serão os projetos.

Branding: processo de criação e afirmação de uma marca.

Brand Equity: marcas que conseguiram emplacar um produto com tanta eficácia fazem com que a marca se torne sinônimo para o público. Ex: Guaraná.

Budget: termo em inglês utilizado para descrever o orçamento de um projeto.

Case: termo que se refere aos casos de sucesso de uma marca e como foi o processo.

CEO: do inglês Chief Executive Officer, se refere ao diretor da empresa.

Cold Call: ligação com potenciais clientes que nunca tiveram contato com a sua marca.

Cold Mail: assim como o Cold Call, aqui acontece uma troca de e-mails com um potencial cliente sem contato prévio.

Conversão: o objetivo de toda campanha de marketing, seja ela o ato de comprar, o download, a entrega de dados, um contato telefônico ou outra interação que aproxime o cliente da empresa.

Core Business: negócios que são o cargo chefe de uma empresa, o serviço principal.

CMO: profissional responsável pela área de marketing da empresa, diretor de marketing.

CRM: do inglês Customer Relationship Management, são softwares que possuem recursos que facilitam o Gerenciamento de Relacionamento com Clientes, como o nome sugere.

CRO: do inglês Conversion Rate Optimization, a otimização da taxa de conversão se trata do conjunto de estratégias que fazem com que os visitantes do site da sua marca realizem mais conversões.

CTA: do inglês Call to Action, se trata de pequenas chamadas feitas com recursos como links, botões e textos que direcionam o público para a conversão desejada.

eBook: formato de livro digital utilizado em estratégias de conteúdo.

Endomarketing: estratégias internas de marketing focadas no bem-estar e na evolução dos colaboradores de uma empresa.

Feedback: termo em inglês utilizado para se referir ao retorno de uma ação, uma sugestão ou conversa sobre o desempenho em uma campanha ou serviço.

Follow-up: acompanhamento das ações ativas.

Formulário de conversão: é onde o usuário cede seus dados para realizar a conversão.

Funil de vendas: pirâmide que representa todos os estágios pelo qual um potencial cliente passa até se tornar um cliente e manter um relacionamento com a empresa. Saiba mais sobre funil de vendas neste post!

Gross Rating Point: termo em inglês usado para descrever a audiência total de uma campanha de marketing.

Growth Hacker: profissional responsável pelo crescimento da base de clientes no menor tempo possível.

Hard Bounce: quando um e-mail não chega ao destinatário por motivos permanentes (e-mail incorreto ou não existente).

Inbound Marketing: estratégia de marketing moderna que se apoia em gerar interesse no público para que o processo de compra seja mais orgânico.

Inside Sales: vendas feitas através de meios de comunicação.

Know-how: expressão estrangeira usada para descrever o conhecimento necessário para realizar uma tarefa.

Landing Page: página de uma empresa na internet criada com o intuito de gerar conversão e tem o objetivo de ser o mais direto possível no uso das CTA.

Layout: é o desenho de uma página ou site na internet, seu “corpo”.

Lead: usuário que ofereceu seus dados em troca de algo e realizou algum tipo de conversão.

Lead Scoring: critérios que são utilizados para analisar se o lead adquirido é qualificado.

Links Patrocinados: estratégia de anúncios feita através de plataformas como o Google Ads. Quer saber mais sobre links patrocinados e a rede de Display? Então veja esse post.

Long tail: do inglês cauda longa, se refere as palavras-chave maiores utilizadas em estratégias de links patrocinados e SEO com o intuito de atingir buscas mais específicas.

Marketing de Conteúdo: estratégia de marketing focada na criação de conteúdos que despertem interesse no público-alvo, como a criação de um blog e vídeos.

Mobile: termo utilizado para descrever a versão de alguma coisa para dispositivos móveis.

Nutrição de Leads: consiste no conjunto de técnicas utilizadas dentro do marketing para fazer com que o lead finalize a sua jornada de compra dentro do funil de vendas.

Opt-in: ato de dar permissão em uma conversão e fornecer os dados de contato para receber as notícias de uma empresa por e-mail.

Outbound Marketing: técnicas de marketing tradicionais, como outdoors, panfletos e comerciais em rádios e TV.

Pagamento Social: estratégias que pedem que o usuário poste algo ligado à empresa que está promovendo a ação para receber um brinde ou coisa parecida.

Palavra-chave: termos utilizados pelos usuários para fazer buscas em plataformas como Google e Bing e que são estudados para otimizar a criação de conteúdo, sites e anúncios.

Prospect: aquele que pode vir a se tornar um cliente.

Reach: termo em inglês que se refere ao alcance das ações de marketing.

Rede de Display do Google: locais onde são exibidos os anúncios do Google Ads.

Retargeting: anúncios que são direcionados ao usuário após a busca por uma palavra-chave específica ou visita à um ou mais sites com o tema da palavra-chave.

Segmentação de Leads: critérios utilizados para a segmentação da base de contatos de uma empresa.

Social Proof: do inglês Prova Social, se trata de convencer o usuário sobre alguma coisa através dos relatos de outras pessoas, como, por exemplo, a exibição de depoimentos em uma Landing Page.

Soft Bounce: diferentemente do Hard Bounce, aqui a falha de entrega é por motivos temporários, como instabilidade nos servidores ou caixa cheia.

Squeeze Page: Landing Page criada especialmente para capturar e-mails.

Qualificação de Lead: os leads adquiridos podem estar em diferentes momentos da jornada de compra, e para saber se devem ser se a venda deve ser abordada ou não, é necessário traçar um perfil.

Taxa de conversão: relação entre usuários que apenas visitam uma página e os que realizam a conversão.

Target: se refere ao público-alvo de uma ação de marketing.

Teste A/B: prova feita com uma página ou campanha com duas versões para estudar o desempenho de ambas.

Top of Mind: termo em inglês utilizado para descrever algo que está “no topo” das coisas que vem na mente das pessoas e é lembrado pelo público.

Webinar: conteúdo em vídeo criado com o intuito de ensinar algo para o público. Funciona como uma palestra ou workshop, mas totalmente digital.

Conteúdo do Site e Blog

Ads: antigo Adwords do Google, se refere aos anúncios mostrados na Rede de Display em um site.

Alt text: textos utilizados para descrever imagens em sites para os buscadores.

Anchor text: se refere ao texto de um link que redireciona para outra página.

API: do inglês Application Programming Interface, é a programação que torna possível a interação entre softwares e sites diferentes.

Autoridade: é o nível de relevância que uma página ou site possui para os buscadores, baseado em diversos critérios, como o uso de palavras-chave e os links.

Black Hat: se refere às técnicas desonestas utilizadas para o posicionamento das páginas através do SEO.

Blog: local do site onde serão postados os conteúdos de interesse do público.

Busca orgânica: dado referente ao número de pessoas que chega ao seu site através do posicionamento nos buscadores e não por anúncios.

Canonical tag: técnica que faz com que o Google considere apenas uma de duas páginas que sejam similares, transferindo as buscas e a autoridade para a página selecionada.

Cookies: se refere aos arquivos que são inseridos no navegador dos visitantes e sondam as preferências do usuário.

CSS: do inglês Cascading Style Sheets, diz respeito à linguagem de programação utilizada para melhorar o visual de um site.

Domínio: nome dado ao endereço principal do site.

Guest Post: artigo publicado no seu blog que foi escrito por um convidado.

Heading Tags: identificadores que são utilizados na programação de um site para mostrar para os buscadores a hierarquia dos conteúdos que são exibidos, como H1, H2, H3, H4 e H5.

Hiperlink: redirecionamento feito através de uma palavra, botão, imagem ou ação específica que leva o usuário para páginas diferentes. No caso de links internos, são páginas do mesmo domínio, e no caso de links externos, o redirecionamento é para outros sites.

HTML: do inglês HyperText Markup Language, se refere à linguagem de programação utilizada na construção de sites na internet.

Link Building: estratégia de marketing que consiste no investimento em parcerias com outros sites firmadas através de links externos para melhorar o posicionamento e a relevância do seu próprio site para o Google.

Metadados: dados utilizados pelos buscadores para identificar o conteúdo de um site.

Meta descrição: descrição de um site feita para os buscadores e que aparece nos resultados, com o intuito de deixar o usuário a par do conteúdo antes de entrar no site.

No follow: técnica utilizada para que os links externos utilizados sejam ignorados pelas ferramentas de buscas na hora de avaliar a autoridade de um domínio.

Pagerank: medidor que vai de 0 a 10 utilizado pelo Google para definir a posição de um site ou página nos resultados de busca.

Press Release: conteúdo feito pela sua marca e distribuído para os canais de comunicação com o intuito de gerar mais visibilidade e mostrar algum produto ou dar uma informação nova para o público.

Off Page e On Page: dizem respeito aos critérios que estão dentro e fora de uma página e que são utilizados pelos buscadores para avaliar o posicionamento.

SERP: do inglês Search Engine Results Page, que significa “página de resultados do motor de busca”.

Sitemap: arquivo que passa todas as informações referentes aos endereços de acesso para os visitantes e para os buscadores.

Métricas e Indicadores de Marketing Digital

CAC: é a métrica que fala a respeito do custo de aquisição por cliente e serve para saber quanto uma empresa gasta para conseguir novos leads.

CPC: aqui, sabemos o Custo por Clique dos anúncios. É dessa forma que os pagamentos são feitos nas campanhas.

CPA: métrica utilizada para calcular o Custo por Aquisição, diz respeito ao número de conversões feitas.

CTR: do inglês Click Through Rate, serve para saber a relação entre o número de cliques em um anúncio e o número de visualizações. Se quiser saber mais, veja o nosso post sobre o que é CTR.

KPI: do inglês Key Performance Indicator, diz respeito aos indicadores avaliados dentro das campanhas. Saiba mais em nosso post sobre KPIs e as Métricas do Marketing Digital.

LTV: do inglês Lifetime Value Customer, é um dos dados utilizados para saber o tempo de vida dos clientes e a taxa de evasão.

MRR: do inglês Montlhy Recurring Revenue, se refere ao valor que uma empresa recebe todo mês dos clientes.

Pageviews: é o indicador responsável por mostrar o número de visualizações de uma determinada página, sendo do mesmo usuário ou não.

ROI: do inglês Return on Investment, e é basicamente o cálculo feito entre os gastos com as campanhas e ações e o retorno sobre o investimento feito.

SEM: do inglês Search Engine Marketing, é o conjunto de técnicas de marketing digital voltadas para o bom posicionamento nos motores de busca, com a ajuda de SEO e links patrocinados.

SEO: do inglês Search Engine Optimization, diz respeito às técnicas utilizadas em um site para melhorar o posicionamento nos motores de busca. Saiba mais sobre o que é SEO.

Visitas: quando o seu site tem um acesso, podendo ser esse um acesso repetido por um mesmo visitante.

Visitante Único: diferentemente das visitas, os usuários que retornam ao seu site mais de uma vez não são contabilizados novamente, sendo marcados como visitantes únicos.

Web Analytics: estudo dos dados oferecidos na internet com o objetivo de melhorar a experiência do usuário nos sites.

Leia também: O que é WordPress?

Agora você já tem o seu Glossário de Marketing Digital pronto e pode consultá-lo quando precisar!

Aprender todos os termos utilizados no marketing digital é uma missão e tanto – principalmente se formos levar em consideração que nem mesmo profissionais que possuem anos de experiência conhecem todos os termos utilizados (já que muitos novos surgem com o passar do tempo).

Esperamos que com este Glossário de Marketing Digital você não precise mais passar horas no Google pesquisando conceitos que não está familiarizado ainda e consiga acompanhar melhor a rotina de outros profissionais de marketing digital que estão próximos de você.

Caso você tenha outras dúvidas, que tal continuar acompanhando nosso blog? Aqui, nós compartilhamos todo o nosso conhecimento acumulado em mais de 10 anos de experiência com marketing digital. Queremos contribuir para que outros grandes profissionais estejam do nosso lado na área.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com os seus amigos!

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder