fbpx Skip to main content

Saiba o que fazer para ter o nome da sua empresa entre os resultados orgânicos de pesquisas feitas em sites de buscas e atrair mais clientes e vendas.

O Google foi criado com o objetivo de organizar a enorme quantidade de dados disponíveis na internet e de oferecer uma forma fácil e rápida para as pessoas encontrarem o que procuram. Desde então, o buscador se tornou um dos principais aliados de estudantes, profissionais e usuários em geral na busca por informações.

O algoritmo do gigante de buscas é capaz de identificar a relevância e a qualidade das informações disponíveis na internet e classificá-las de acordo com sua importância. Dessa forma, os usuários podem ter acesso aos dados mais relevantes e úteis para as suas pesquisas.

Isso torna o Google uma ferramenta indispensável não apenas para responder dúvidas e curiosidades dos seus usuários, mas também para que empresas atraiam e convertam clientes para os seus produtos ou serviços.

Por isso, a Agência de SEO Tupiniquim preparou este artigo para te explicar o que são e como conseguir se destacar entre as buscas orgânicas feitas pelos usuários do Google e, assim, aumentar o reconhecimento da sua marca entre o público-alvo. Boa leitura!

O que você vai ler sobre Busca Orgânica:

O que é busca orgânica?

Uma busca é considerada orgânica quando os resultados apresentados para responder a ela em buscadores não são links pagos por empresas que queiram ter os seus sites sendo exibidos no topo das páginas de resultados de motores de busca (SERPs).

Em outras palavras, esses resultados orgânicos dependem de fatores não financeiros, como a relevância atribuída pelo algoritmo do buscador ao conteúdo da página on-line retornada como resposta para as buscas dos usuários de sites de pesquisa, principalmente o Google.

Outros critérios levados em conta pelos robôs dos buscadores para exibir resultados orgânicos aos usuários são: links externos recebidos pela página, autoridade do domínio e o cumprimento de outros requisitos por meio da implementação de técnicas de Otimização para Mecanismos de Busca (SEO).

Portanto, os resultados para buscas orgânicas em sites de pesquisas são exibidos em um ranking que não inclui anúncios de tráfego pago, os quais são pagos para serem exibidos no topo das páginas dos buscadores.

Apesar de os anúncios trazerem um retorno sobre o investimento mais rapidamente para as empresas, os resultados orgânicos são tão ou mais valiosos que os resultados pagos.

Isso porque aparecer organicamente no ranqueamento do Google e de outros buscadores é um sinal de que o conteúdo publicado na página é autêntico, útil, relevante e de qualidade, gerando mais autoridade não só sobre os algoritmos, mas também sobre os usuários (que são clientes em potencial do seu negócio).

5 benefícios do tráfego orgânico para o site do seu negócio

Embora exijam um pouco mais de tempo e de esforço para gerarem números relevantes em comparação às campanhas de mídias pagas, as estratégias que buscam impulsionar o tráfego orgânico de uma página on-line trazem resultados mais duradouros. Afinal, os anúncios deixam de ser exibidos quando não há mais orçamento destinado ao tráfego pago.

O fluxo de visitantes que chega espontaneamente a um site representa o principal tipo de tráfego recebido e desejado pela maior parte das empresas e ajuda a alimentar o funil de vendas dos negócios que prospectam leads (ou clientes potenciais) na internet, além de propiciar a conversão deles em clientes reais e o fechamento de mais vendas.

Conheça outros 5 benefícios de apostar no alavancamento de visitas orgânicas ao site da sua empresa:

1. Mais visibilidade

Uma estratégia para buscas orgânicas envolve pesquisar determinadas palavras-chave de interesse do seu negócio. Por exemplo, uma agência de marketing digital que cria conteúdo no seu blog, contendo essas palavras, terá mais chances de ver o seu site sendo exibido em destaque para buscas que envolvam termos e expressões ligados aos seus serviços, como consultoria de SEO, marketing de conteúdo, tráfego pago, entre outras possibilidades.

2. Menos concorrência

Quando realizadas de forma constante e sólida, as práticas de criação de conteúdo e de SEO geram não apenas um ótimo posicionamento na página de resultados dos buscadores, mas também um diferencial em relação à concorrência, que até pode ter um site próprio, mas que, se não investir em estratégias de marketing digital para impulsionar os seus resultados orgânicos, ficará para trás (literalmente) no ranking do Google e de outros sites de busca.

3. Resultados em longo prazo

Por não depender de investimentos em publicidade e cliques pagos, o tráfego orgânico recebido por uma empresa no seu e-commerce ou na sua landing page ajuda a expandir o alcance da marca nos sites de pesquisa de forma duradoura e em longo prazo. Quanto mais otimizado for o site e de melhor qualidade for o conteúdo publicado, maior será o crescimento orgânico do negócio no ranqueamento dos resultados gratuitos dos buscadores.

4. Custo-benefício escalável

Como você viu, para colher as vantagens das técnicas de SEO ou do marketing de conteúdo, você não precisa fazer o mesmo investimento que o tráfego pago exige. Dessa forma, a estratégia focada no tráfego orgânico é mais escalável e permite um crescimento contínuo sem necessidade de um aumento progressivo de recursos financeiros.

5. Público qualificado

Por meio da pesquisa de palavras-chave (uma das técnicas de SEO) que tenham a ver com os produtos, serviços e área de atuação do seu negócio, você garante que a sua marca será exibida aos usuários do Google que estejam ativamente interessados no que a sua empresa pode oferecer, gerando leads qualificados e com potencial real de fechar uma compra.

6 fatores que impactam as buscas orgânicas

Toda marca que produz conteúdo para criar relacionamentos e interagir com seus potenciais clientes na internet quer que os seus materiais textuais ou visuais sejam consumidos pelo maior número possível de pessoas.

Uma das principais formas de conseguir isso é por meio de um bom posicionamento no ranqueamento do Google e de outros buscadores, especialmente na primeira página (que é o objetivo de todas as empresas na corrida por mais destaque on-line).

Mas quais são os fatores levados em conta pelo algoritmo do Google e de outros sites de pesquisa (como o Yahoo e o Bing) para listar e classificar as páginas on-line usadas como resultados de buscas orgânicas? Conheça 6 deles:

1. Link building

Os robôs dos mecanismos de pesquisa analisam as fontes internas e externas para determinar a autoridade de um endereço eletrônico. Os links internos, por exemplo, direcionam um usuário para uma página dentro de um mesmo site. Essa interconexão entre as páginas mostra a hierarquia entre elas e melhora a visibilidade do site para responder a pesquisas.

Os links externos, por outro lado, direcionam os leitores para uma página em um outro site. Essa é uma tática recomendável porque vincula a sua marca a fontes confiáveis e melhora a reputação on-line da sua empresa, ajudando os algoritmos dos buscadores a classificarem o tipo e a relevância do seu conteúdo pela perspectiva de SEO.

2. Fatores técnicos

A velocidade de carregamento da página é um dos principais fatores técnicos da classificação orgânica. Assim, quanto mais rapidamente um site carregar, melhor será o posicionamento dele entre os resultados do Google. Isso porque a velocidade de uma página também afeta a experiência dos usuários, o que aumenta a importância que os algoritmos dão a esse elemento técnico.

Além disso, o tamanho da URL da página on-line também desempenha um papel importante na avaliação técnica dos mecanismos de pesquisa. As URLs mais curtas e autoexplicativas (por exemplo: o-que-é-seo) obtêm uma classificação melhor nos rankings de pesquisas, sem contar que são mais fáceis de serem lembradas pelos usuários.

3. Qualidade do conteúdo

Produza conteúdo original e bem escrito para fornecer informações valiosas e úteis sobre o mercado no qual a sua empresa está inserida e para apresentar as soluções que ela oferece para satisfazer necessidades e resolver problemas. Não cometa o erro de apenas copiar e colar conteúdo de outras páginas e sites porque o algoritmo do Google penaliza essa prática.

Por isso, aposte na criação de um blog para a sua empresa tratar dos temas que sejam relevantes para ela e para o seu público-alvo. Dessa forma, o site da sua marca será impulsionado pelos mecanismos de pesquisa e atrairá mais visitantes, aumentando o engajamento e diminuindo a taxa de rejeição quando os leitores acessarem outros links na página.

4. Variação de mídias

O dinamismo de mídias como vídeos e imagens fornece benefícios de SEO que ajudam o conteúdo orgânico a ter uma classificação mais alta nas SERPs. Isso porque esses elementos de mídia agregam valor e enriquecem o conteúdo escrito, prendendo a atenção dos visitantes por mais tempo e aumentando as chances de conversões de vendas.

Assim, o uso de mídias variadas impacta positivamente a experiência dos visitantes do seu site porque elas geram mais estímulos durante a navegação, tornando mais fácil para os leitores o entendimento das informações do conteúdo produzido.

5. Responsividade a dispositivos móveis

Também é importante que o site seja responsivo aos dispositivos móveis, que são os mais usados pelas pessoas para acessarem a internet na atualidade. Por isso, os sites otimizados para as telas de smartphones, tablets e notebooks se saem melhor nas classificações orgânicas dos mecanismos de pesquisa.

Isso acontece porque as páginas responsivas fornecem uma experiência melhor aos usuários de aparelhos mobile, já os sites que não se redimensionam adequadamente nas telas desses dispositivos são abandonados rapidamente pelos visitantes e acabam perdendo muitas posições nos rankings dos motores de buscas.

6. Criptografia

Atualmente, a maioria dos navegadores oferece suporte a HTTPS, que carrega as páginas apenas por meio de conexões seguras. No entanto, muitas empresas ainda usam o HTTP e não investem em um certificado de Secure Sockets Layer (SSL) para garantir a comunicação criptografada entre o domínio do site e o navegador do usuário.

Isso pode afetar a visitação orgânica porque os navegadores exibem o aviso “Não seguro” ao lado do nome do domínio de sites considerados de risco, o que pode espantar os visitantes. Além disso, o Google também valoriza sites criptografados, ou seja, ter um certificado SSL pode fazer o seu endereço eletrônico escalar posições no ranqueamento orgânico.

2 ferramentas para controlar métricas de buscas orgânicas

Hoje em dia, existe uma variedade de ferramentas que fornecem relatórios com dados em tempo real sobre os acessos recebidos por um site. Dessa forma, fica mais fácil entender quais estratégias de marketing digital estão funcionando melhor para o seu negócio e quais precisam ser melhoradas.

Conheça 2 ferramentas para analisar as métricas de buscas orgânicas do seu site:

1. Google Search Console

Essa plataforma gratuita do Google permite rastrear e monitorar a classificação do seu site segundo o algoritmo do gigante de buscas. Com o Google Search Console, você obtém informações sobre as páginas de maior tráfego do seu site e consultas relacionadas ao seu ramo de atuação, além de receber alertas sobre problemas que estão afetando a experiência dos visitantes.

2. Google Analytics

Essa outra solução do próprio Google te atualiza sobre o desempenho do site da sua empresa e sobre o que pode ser feito para atingir as metas estabelecidas. Além disso, o Google Analytics te fornece dados sobre atividades de mídia social, tendências para criação de conteúdo e informações sobre o tráfego recebido de aplicativos móveis.

Aumente o alcance orgânico da sua empresa entre o seu público-alvo

Neste post, você aprendeu que as buscas orgânicas são os resultados apresentados pelos mecanismos de pesquisa, como o Google, sem custos para as empresas proprietárias dos sites. Esses resultados orgânicos são classificados de acordo com a relevância, autoridade e qualidade do conteúdo dos sites avaliados pelo algoritmo do buscador.

Você também leu que essa é uma excelente forma de destacar sua empresa no Google de forma duradoura. Para isso, aposte em táticas de SEO, como link building, e de criação de conteúdo. Não se esqueça também de checar os aspectos técnicos do site, como a velocidade de carregamento e outros elementos que afetam a experiência de navegação dos usuários.

Se precisar de ajuda com essas tarefas, estamos à disposição. A Agência de Marketing Digital Tupiniquim oferece consultoria de SEO para destacar seu site na internet de acordo com os critérios do Google e também conta com uma equipe de redatores profissionais para criar conteúdos que traduzam a essência do seu negócio em palavras e imagens.

Entre em contato conosco e saiba mais sobre esses e outros serviços de marketing digital da Tupiniquim!

Gostou do conteúdo? Que tal compartilhar o link com quem também quer usar o Google para atrair mais clientes e vender mais?

Dúvidas Frequentes

O que são buscas orgânicas?

Uma busca é considerada orgânica quando os resultados apresentados para responder a ela em buscadores não são links pagos por empresas que queiram ter os seus sites sendo exibidos no topo das páginas de resultados de motores de busca (SERPs). Esses resultados orgânicos dependem de fatores como a relevância atribuída pelo algoritmo do buscador ao conteúdo da página on-line.

Quais são os benefícios do tráfego orgânico para o site do seu negócio?

  1. Mais visibilidade;
  2. Menos concorrência;
  3. Resultados em longo prazo;
  4. Custo-benefício escalável;
  5. Público qualificado.

Quais são os principais fatores que impactam as buscas orgânicas?

  1. Link building;
  2. Fatores técnicos;
  3. Qualidade do conteúdo;
  4. Variação de mídias;
  5. Responsividade a dispositivos móveis;
  6. Criptografia.

Web Stories:

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder
4 cases de Branding criados pela Tupiniquim 4 benefícios do Google Ads para advogados 5 dicas de como usar o Google Ads para advogados 4 estratégias para aplicar os Gatilhos Mentais 4 benefícios das métricas de redes sociais 5 exemplos de métricas de redes sociais 5 curiosidades sobre Gatilhos Mentais 4 sites em WordPress criados pela Agência Tupiniquim 5 vantagens de um site em WordPress 5 exemplos de storytelling 5 tipos de storytelling 4 benefícios do storytelling 3 exemplos de Rebranding 5 fatores que justificam o Rebranding 5 benefícios do Rebranding Mídia Kit para as 3 principais redes sociais 6 passos para criar um Mídia Kit 5 motivos para criar um Mídia Kit 5 motivos para fazer um curso de vendas 3 Dicas para escolher o melhor curso de vendas