Skip to main content

Quer ganhar tempo sem deixar de alcançar e informar leads e clientes sobre a sua empresa, produtos, serviços e novidades? Veja como usar a automação de e-mail marketing a seu favor.

Já pensou em disparar e-mails personalizados de forma programada e com base em ações tomadas (ou não tomadas) por clientes ou prospects? Isso é possível por meio do uso de softwares de automação de marketing.

Com essas ferramentas, e-mails são enviados automaticamente para dar as boas-vindas quando um cliente em potencial se cadastra em uma lista para receber novidades sobre produtos ou serviços da sua empresa.

Também é possível enviar recomendações de produtos e serviços semelhantes aos que um cliente já comprou anteriormente da sua marca ou mesmo um lembrete de que os clientes colocaram itens no carrinho de compras, mas não realizaram o pagamento.

Em outras palavras, a automação de e-mail marketing otimiza o seu tempo e o da sua equipe de marketing porque repete tarefas de forma automática, permitindo que você e seus colaboradores possam se dedicar a outras atividades.

Neste artigo, a Agência de Marketing Digital Tupiniquim vai te explicar em detalhes o que é e quais são os tipos de automação de e-mail marketing para contatar clientes potenciais ou reais, além de te dar dicas de ferramentas e de como planejar a implementação dessa estratégia no seu negócio.

O que você vai ler sobre Automação de E-mail Marketing:

O que é e por que usar a estratégia de e-mail marketing?

A estratégia de e-mail marketing consiste em utilizar o e-mail como canal de comunicação e ferramenta de marketing direto para impactar possíveis clientes de uma empresa.

Esse tipo de tática é interessante porque, diferente do SPAM, os e-mails de campanhas de marketing são enviados apenas em caso de interesse explícito dos leads (por exemplo, ao se cadastrarem ou fornecerem dados para receber a comunicação) ou implícito (quando já existe uma relação entre o prospect ou cliente e a empresa).

Essa voluntariedade dos usuários assegura uma maior receptividade ao conteúdo enviado para suas caixas de entrada e, consequentemente, gera uma forma efetiva de, por exemplo, apresentar produtos e serviços da sua empresa com mais detalhes.

Em geral, o disparo desses e-mails é feito por ferramentas que automatizam o processo e oferecem outras funcionalidades e recursos como personalização do conteúdo, segmentação de listas de contato, entre outras praticidades.

O que é e por que fazer a automação de e-mail marketing?

Automatizar o envio de e-mails marketing significa utilizar ferramentas com o objetivo de manter e personalizar um contato automático com leads (ou clientes potenciais). Além disso, a automação de e-mails facilita que as equipes de marketing se comuniquem com os prospects com um conteúdo alinhado à etapa do funil de vendas em que eles estiverem.

Dessa forma, um lead que não conhece tão bem a sua empresa e o que ela faz receberá um tipo de conteúdo, um prospect que já foi educado sobre as soluções do seu negócio será impactado por um outro texto e alguém que já comprou da sua empresa terá outro tipo de e-mail marketing na caixa de entrada.

Assim, as ferramentas de automação oferecem a possibilidade de segmentar as listas de contatos com base em filtros que classificam os prospects de acordo com, por exemplo, o nível de conhecimento deles sobre o que o seu negócio faz, leads que estão mais próximos de fechar uma compra, entre outras segmentações possíveis.

A personalização e a segmentação são importantes porque as pessoas são mais propensas a consumirem produtos e serviços de marcas que apostam em conteúdos que levam em conta seus interesses.

5 passos para planejar a automação de e-mail marketing da sua marca

O envio automatizado de uma sequência de e-mails pode fazer com que os leitores do conteúdo se tornem consumidores dos produtos ou serviços da sua empresa. Além disso, esse processo de automação ajuda a reduzir o custo de aquisição de novos clientes por ser uma solução que não exige grande investimento.

Em geral, a automação é utilizada para disparar uma quantidade determinada de e-mails com conteúdo personalizado para um grupo de leads ou clientes e com um objetivo de marketing digital.

Esses objetivos podem ser: apresentar a empresa e seus produtos ou serviços em um primeiro contato com leads, informar melhor os prospects que já conhecem o seu negócio para convencê-los a fazer uma compra, ofertar novos produtos e serviços para quem já é cliente da sua marca (por exemplo, ofertas de up sell e cross sell) etc.

Veja abaixo os passos gerais para estruturar uma campanha eficiente de e-mails marketing automatizados:

1. Defina a programação

O primeiro passo para iniciar o processo de automação do envio de e-mails marketing é estabelecer qual será o objetivo, a periodicidade e a quantidade das mensagens automáticas. Você pode, por exemplo, definir que quer apresentar sua empresa e o que ela faz em uma série de 5 e-mails enviados sempre às terças-feiras para educar os leads sobre a sua marca.

Você também pode utilizar um software de automação para divulgar um novo serviço ou produto ou ainda enviar um lembrete para clientes que chegaram a colocar itens no carrinho de compras, mas que não fecharam a venda.

2. Separe os leitores dos e-mails em grupos

Depois de estabelecer o que você pretende alcançar com os e-mails marketing automatizados, você precisa separar as pessoas que receberão as mensagens em grupos de acordo com as metas definidas no passo anterior.

Para isso, separe o público-alvo para quem você quer apresentar o seu negócio, os usuários que visitaram seu site e saíram sem realizar uma compra e outros grupos classificados com base no que você pretende alcançar com os e-mails automatizados.

3. Elabore os textos para cada grupo

Bom, agora é hora do principal: o texto das mensagens. Capriche no português, no tom da abordagem e use técnicas de copywriting para criar e-mails persuasivos e que incentivem os usuários a tomarem as ações que você espera deles.

Não crie textos muito longos e entediantes nem textos muito curtos e com pouco poder de engajamento sobre os leitores. Para facilitar sua vida, algumas ferramentas de automação já oferecem modelos de mensagens para diversas situações.

4. Configure as campanhas nas ferramentas de automação

Pronto! Agora seus e-mails já têm texto e podem ter suas campanhas e dados de envio configurados no software que você escolher para realizar o disparo em massa e a gestão dos e-mails marketing enviados.

Cada software tem suas particularidades e recursos exclusivos (nas modalidades gratuitas e pagas). No entanto, o objetivo central de uma ferramenta de automação de e-mail marketing é o mesmo: te ajudar a contatar clientes e potenciais clientes sem perder muito tempo.

5. Monitore o desempenho

Depois de disparar o envio dos e-mails marketing, é hora de acompanhar de perto os resultados obtidos pela campanha. Quando se trata de comunicação com clientes em potencial via e-mail, uma das principais métricas verificadas é a taxa de abertura, que mostrará se os prospects estão, ao menos, abrindo os e-mails recebidos.

Além disso, as ferramentas de automação te fornecem outros dados sobre os resultados obtidos pelas campanhas de envio automatizado de e-mail marketing. Assim, você consegue avaliar o que está dando certo e o que pode ser ajustado para ter um desempenho ainda melhor.

4 tipos de automação de e-mail marketing para o seu negócio

Até agora, mostramos a você as possibilidades de uso da automação de e-mail marketing para você manter um relacionamento com prospects e clientes. Mas você conhece os principais tipos de automações de e-mails disparados automaticamente?

Veja a lista abaixo e conheça 4 tipos de automação de e-mails marketing com diferentes objetivos de comunicação com leads e clientes.

1. Automação para apresentação dos serviços ou produtos da empresa

Esse é, provavelmente, o tipo mais comum de automação de e-mail marketing. Isso porque ele representa, muitas vezes, os contatos iniciais de um possível cliente com o seu negócio. Depois de ter fornecido dados para que a sua marca entrasse em contato, esse lead espera conhecer melhor o seu negócio e o que ele tem a oferecer por meio da sequência de e-mails marketing que a ferramenta de automação disparará.

Criar e disparar uma sequência de e-mails ao longo de um período pré-determinado de tempo é interessante porque ajuda a construir uma relação um pouco mais profunda com os prospects e permite explicar em detalhes, e aos poucos, a história da sua empresa, o que ela faz, no que ela é especialista e, principalmente, como ela pode ajudar os leitores (e potenciais clientes) a resolverem problemas com os produtos ou serviços da sua marca.

2. Automação para abandono de carrinho

Sabe quando você está navegando por um e-commerce, coloca itens no carrinho virtual de compras, mas hesita e abandona a página sem efetuar a compra? Existe um tipo de automação que contata os clientes que chegaram perto de concluir uma compra, mas que não a realizaram por alguma razão. Aposto que você já recebeu um e-mail desse tipo da Amazon!

Esses e-mails para carrinhos abandonados são muito eficientes e podem ser o empurrãozinho que o cliente precisava para voltar à página e fechar a compra dos itens. Os textos para esse tipo de automação costumam incluir frases que lembram o cliente da compra abandonada ou esquecida, que os itens estão salvos no carrinho e aguardando a conclusão da compra, que os produtos expirarão em um determinado período etc.

3. Automação de pós-vendas

Depois de fechar uma compra, é muito comum que os clientes recebam uma automação de e-mail marketing que objetiva que eles respondam sobre suas experiências ao longo do processo de compra, qualidade do atendimento, facilidade de navegar pelo site, probabilidade de indicarem a marca para outras pessoas e mais.

Para isso, o e-mail pode conter uma pesquisa de satisfação como, por exemplo, a Net Promoter Score (mais conhecida pela sigla NPS), que mede o nível de satisfação dos clientes em relação à experiência de compra. É importante que o texto desse e-mail automatizado não contenha muitas perguntas e foque em solicitar uma avaliação rápida, objetiva e eficiente.

4. Automação cruzada

Esse tipo de automação tem esse nome porque faz uso de mais de um canal de comunicação para encontrar e impactar os clientes em potencial de uma marca. Essa forma integrada de dialogar com as pessoas aumenta as chances de que a mensagem alcance os leitores para além das caixas de entrada dos e-mails deles.

Assim, mensagens automatizadas podem ser enviadas para os leads por meio de outros canais de contato como mensagens de SMS ou por chat no WhatsApp. Nesses casos, o conteúdo deve ser adequado às características e especificidades de cada canal de comunicação (um texto para SMS não pode ser muito longo, assim como uma abordagem via WhatsApp pode ser maior que um SMS, mas não tão longa quanto um e-mail).

3 ferramentas para automação de e-mail marketing

Agora que você já está por dentro das vantagens de automatizar suas campanhas de e-mail marketing, vamos te dar 3 dicas de ferramentas que te ajudam a colocar em prática esse processo e ainda oferecem recursos para você criar textos, segmentar contatos, avaliar e otimizar os resultados obtidos.

1. Mailchimp

Muito popular entre negócios que enviam e-mails para prospects, o Mailchimp é um software que analisa campanhas de e-mail marketing e propõe melhorias para futuras ações. A ferramenta está disponível na versão paga e gratuita. O plano grátis permite 500 contatos e te disponibiliza modelos pré-prontos de e-mails.

2. Nitronews

Essa ferramenta de automatização de e-mail marketing cria um ranking com os seus contatos, analisando os que se engajam mais ou menos com os e-mails. Dessa forma, você obtém uma lista com usuários realmente interessados nas ofertas e conteúdos enviados e economiza nos gastos com campanhas de marketing.

3. RD Station Marketing

A solução da RD Station te ajuda a elaborar campanhas de e-mail marketing para nutrir e educar leads (ou seja, potenciais clientes) e gerar oportunidades de negócios com maiores chances de serem convertidas em vendas. A ferramenta disponibiliza mais de 100 modelos temáticos criados por especialistas e promete uma taxa de entrega acima de 99%.

Automatize as campanhas de e-mail marketing do seu negócio e otimize seu tempo!

Quando você automatiza o envio de e-mails marketing para clientes potenciais ou habituais, você utiliza ferramentas que atuam como um “piloto automático” e que ficam responsáveis por realizar o disparo das mensagens, otimizando o seu tempo para que você possa se dedicar a outras tarefas e demandas do dia a dia.

Isso permite ainda que os prospects e clientes saibam mais sobre a sua marca, sintam-se encorajados a voltar sempre à página do seu negócio e mantenham sua empresa na memória deles para futuras compras.

Portanto, o processo de automatização acelera e dá mais agilidade e dinamismo à comunicação via e-mail entre a sua empresa e clientes em potencial, além de oferecer outras vantagens como a possibilidade de customizar o texto do e-mail para cada grupo de prospects.

Neste artigo, a Tupiniquim também te ensinou 4 possibilidades de automatização de campanhas de e-mails marketing, além de te dar 3 dicas de ferramentas que vão te ajudar a poupar tempo com esse processo.

Se você quiser otimizar ainda mais seu tempo, você pode contar com os nossos serviços de marketing digital. Os especialistas da Tupiniquim são experientes em criar conteúdo para manter um relacionamento com leads e clientes, elaborar campanhas de anúncios no Google, desenvolver sites em WordPress, entre outros serviços que dão alcance ao nome da sua marca na internet e trazem mais clientes e vendas para você.

Fale com a Tupiniquim e conheça as soluções de marketing digital que temos para dar mais visibilidade para a sua empresa!

Gostou deste artigo? Compartilhe o link com outras pessoas que também querem otimizar o tempo delas!

Dúvidas Frequentes

O que é a automação de e-mail marketing?

Automatizar o envio de e-mails marketing para clientes potenciais ou habituais significa utilizar ferramentas que ficam responsáveis por realizar o disparo de mensagens personalizadas para grupos segmentados de leads ou clientes.

Como planejar a automação de e-mail marketing?

  1. Defina a programação;
  2. Separe os leitores dos e-mails em grupos;
  3. Elabore os textos para cada grupo;
  4. Configure as campanhas nas ferramentas de automação;
  5. Monitore o desempenho.

Web Stories:

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder
Pinterest: 4 formatos de Pins na Conta Business 3 exemplos de métricas de Google Ads 4 principais redes sociais para a sua indústria 4 benefícios do Google Ads para o Marketing Industrial 5 estratégias de Marketing Digital B2B 4 motivos para investir em Branding com a Tupiniquim 3 Exemplos de Marketing de Conteúdo 5 Dicas para um Marketing de Conteúdo eficaz 4 dicas sobre Gestão de Tráfego 4 tipos de ferramentas de marketing digital 4 ferramentas de marketing digital gratuitas 3 exemplos de anúncios que aplicam os Gatilhos Mentais 4 tipos de correspondência de palavras-chave 4 dicas para escolher palavras-chave no Google Ads 4 cases de Branding criados pela Tupiniquim 4 benefícios do Google Ads para advogados 5 dicas de como usar o Google Ads para advogados 4 estratégias para aplicar os Gatilhos Mentais 4 benefícios das métricas de redes sociais 5 exemplos de métricas de redes sociais