fbpx

Você já possui um controle financeiro? Entenda como melhorar a gestão financeira da sua empresa para conquistar novos clientes e aumentar as vendas!

Não é novidade que criar um controle financeiro parece ser uma tarefa excessivamente complicada. Essa impressão pode ser causada pela falta de experiência e apoio para quem decide empreender pela primeira vez.

Além disso, historicamente, a maioria das empresas foi criada por necessidade como uma forma de complementar a renda. Esse novo empreendimento cumpre o seu propósito, porém a inexperiência e a falta de conhecimento sobre a gestão financeira podem se tornar os piores inimigos de quem está nessa situação.

Inicialmente, esse cenário não gera preocupações, porém conforme a empresa cresce é fundamental qualificar os processos de trabalho. Ao alcançar esse patamar o gestor deve saber que negligenciar essa parte do empreendimento pode trazer consequências graves.

Por isso, compilamos as melhores dicas de acordo com a nossa vivência com profissionais especializados e empreendedores para trazer ideias simples e eficazes. Então, não perca tempo, acompanhe esta leitura e aprenda mais sobre o tema!

Navegue e saiba sobre o controle financeiro da sua empresa

1. Mantenha um registro diário

Criar a rotina de registrar diariamente as movimentações financeiras é um desafio para muitos empreendedores. Principalmente, para micro e pequenas empresas que enfrentam incertezas quanto à entrada de receitas (também chamada de contas a receber). 

Além disso, é comum que o capital da empresa se misture com o capital pessoal, o que dificulta ainda mais o seu controle.

Por isso, a nossa primeira dica é estabelecer uma forma de acompanhamento que funcione para você. O empreendedor pode optar por manter registros manuais, usar uma planilha eletrônica ou adquirir um sistema de controle financeiro.

Independentemente de qual seja a sua escolha, a melhor maneira de otimizar esse processo é não adiar os lançamentos e manter os registros sempre atualizados.

2. Planeje os períodos de sazonalidade

Você já deve ter ouvido falar da importância de criar um fundo de emergência. Essa prática consiste em separar uma quantia mensalmente que pode ser usada em períodos de instabilidade financeira.

A maioria das empresas enfrenta períodos sazonais e, assim, é essencial criar uma provisão que pode ser usada nesses momentos quando há diminuição das vendas. A ideia é possibilitar que a empresa não seja afetada negativamente pela queda na entrada de receitas.

Como resultado, a empresa continua sendo capaz de manter a operação em pleno funcionamento bem como quitar as suas obrigações em dia.

3. Utilize o fluxo de caixa

O fluxo de caixa é um dos relatórios mais importantes do controle financeiro. Essa ferramenta consiste em um registro de todas as entradas de receitas e saídas de recursos da empresa. Os principais tipos de registros são:

  • entradas de caixa: correspondem aos valores recebidos referentes às vendas. O pagamento pode ser à vista, em dinheiro e cartão de débito, ou a prazo, com cartões de créditos e cheques pré-datados; e
  • saídas de caixa: correspondem as contas devidas pela empresa, como a folha de pagamento, tributos e contas de água, luz e energia elétrica.

Esse relatório também representa uma fonte de informações para que o empreendedor possa tomar decisões mais assertivas sobre o futuro da organização. Com um fluxo de caixa atualizado é muito simples visualizar a situação financeira no curto e longo prazo. 

Assim, é possível evitar surpresas e conhecer a real disponibilidade de caixa.

4. Crie uma política de cobrança

O controle financeiro tem duas vertentes, a primeira tem relação com o volume de vendas, o que resulta em recursos financeiros. Contudo, o segundo aspecto depende do pagamento em dia dos seus clientes.

A inadimplência é um problema grave que pode deixar a empresa no vermelho e sem condições de arcar com os seus compromissos. Por isso, a rotina de cobranças é essencial para prevenir esse cenário.

O objetivo é diminuir atrasos, tornar a análise de crédito mais eficiente e evitar perdas. Dessa forma a empresa está protegida contra o risco da queda da rentabilidade, enquanto constrói uma relação positiva com os seus clientes.

5. Reduza o nível de endividamento

Depender de financiamentos, cheque especial e empréstimos é um sinal de que a sua empresa está enfrentando dificuldades financeiras. Essa é uma solução temporária que ajuda a quitar contas imediatas, mas, que, com juros e encargos podem tornar a situação ainda mais difícil.

Para saber se o negócio atingiu um patamar preocupante basta calcular o grau de endividamento. Esse indicador permite analisar o nível de dependência de recursos de terceiros e identificar formas de minimizar o seu impacto.

Portanto, a nossa recomendação é: use esse recurso somente em último caso e dê preferência para estratégias voltadas para o aumento das vendas. Se não for possível evitar a contratação de crédito, a melhor prática é pesquisar taxas de juros mais baixas e quitar o valor devido o mais rápido possível.

6. Crie um planejamento financeiro

Anualmente, é preciso separar um momento para traçar os planos com relação ao orçamento da empresa. Esse documento deve conter uma estimativa de potenciais ganhos e despesas.

Nós sabemos que imprevistos podem ocorrer, mas é importante contar com um guia para atingir os objetivos organizacionais. Assim, é possível contabilizar os investimentos que ajudam o negócio a crescer e tornar a operação mais rentável.

7. Desenvolva estratégias de marketing

Uma das formas de conseguir resultados financeiros melhores é por meio da criação de estratégias de marketing digital que ajudem a conquistar novos clientes. Para que esse objetivo seja conquistado é necessário separar uma verba para aplicar na criação de campanhas promocionais que alcancem a performance esperada.

Por fim, gostaríamos de ressaltar que à medida que as decisões empresariais são tomadas com base em dados confiáveis e um planejamento detalhado, a empresa aumenta as suas chances de sucesso.

Com as finanças equilibradas, o empreendedor reduz a sua tensão no dia a dia e pode focar a sua atenção no relacionamento com clientes, desenvolvimento de produtos e serviços e a qualificação da equipe. Por isso, confie nos controles financeiros para tornar a gestão financeira mais simples e a sua empresa mais competitiva.

Se você tem interesse em usar um sistema para simplificar a gestão financeira, conheça o Simples Agenda! Sistema de controle financeiro completo e o melhor de tudo: você pode experimentar grátis por 35 dias sem compromisso!

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder