fbpx

O Google Shopping é indispensável para quem possui uma loja virtual. Mas o que é e como utilizá-lo para o sucesso do seu E-commerce? É o que você vai aprender neste post.

Não adianta. Quando estamos procurando por um produto na internet, seja ele qual for, dificilmente compramos a primeira opção que aparece na nossa frente.

Preço, condição, promoções, valor de frete e até mesmo a reputação da loja podem fazer parte da lista de critérios que as pessoas avaliam antes de fechar uma compra.

Conhecendo bem esse comportamento, o Google Shopping (lançado originalmente em 2002, com o nome de Froogle) evoluiu para se tornar uma opção para quem gosta de comparar preços e ver ofertas variadas lado a lado.

Mas a vitrine virtual do Google não é benéfica somente para quem compra online. As vantagens também são muitas para o lado de quem vende. Bom né?

Se você tem um E-commerce, mas ainda não utiliza o Google Shopping, chegou a hora de mudar isso e não perder mais as oportunidades de gerar vendas e atrair clientes.

Preparamos esse artigo no capricho para tirar as suas dúvidas sobre o que é, como funciona e como anunciar no Google Shopping. Continue lendo!

Veja tudo o que vai ler sobre Google Shopping:

O que é Google Shopping?

O Google Shopping é um serviço do Google que funciona como uma vitrine virtual. Lojas físicas e e-commerces expõem seus produtos no buscador, colocando imagens e informações relevantes para os consumidores, tais como nome da loja, marca e preço.

Para as lojas, é uma maneira de colocar todos os seus produtos físicos disponíveis online. Já para as pessoas que compram, é um jeito eficiente de ver várias opções do mesmo produto em um só lugar e comparar preços e ofertas.

Frequentemente comparado com serviços como o Buscapé, Bondfaro e Zoom, o Google Shopping acaba tendo uma grande vantagem como comparador de preços justamente por já estar dentro do próprio Google.

Como funciona o Google Shopping?

Até recentemente, o Google Shopping era uma vertente do Google Ads, a plataforma de anúncios do Google. Isso significa que o serviço era totalmente pago, seguindo o modelo de cobrança do Ads, onde anunciantes pagam apenas pelo clique no anúncio.

Desde outubro de 2020, porém, como uma forma de amenizar os efeitos da pandemia do coronavírus sobre o comércio, o Google liberou parte do serviço de forma gratuita.

Em outras palavras, ainda é possível fazer campanhas patrocinadas de Google Shopping pelo Google Ads. Mas as listagens de produtos via busca orgânica também ocuparam parte do espaço.

Assim como os anúncios pagos na página de resultados (também chamadas de SERPs), onde os links patrocinados ocupam o topo e o fim da página, e os resultados orgânicos ficam dispostos no meio, os anúncios do Google Shopping ocupam espaços semelhantes.

Porém, diferentemente dos outros anúncios, o Google Shopping possui uma aba exclusiva para os produtos anunciados neste serviço. Ao clicar na aba “Shopping”, as pessoas poderão visualizar todos os produtos que foram localizados pelo buscador.

Nessa aba, seguindo o mesmo padrão de exibição de anúncios da página de resultados, os anúncios ficam no topo e no final da página.

Todos os outros anúncios que ocupam o meio da página são listados nesse espaço de forma orgânica. Isso significa que anunciantes não pagaram para exibir seus produtos ali.

A aba “Shopping” também oferece recursos úteis para as pessoas que estão pesquisando os produtos, pois possui filtros como preço, cores, tamanhos, categorias, marca, entre outros.

Outra particularidade do Google Shopping é que, além de poder ser acessado diretamente pelo buscador, o serviço também possui uma página própria.

Lá, antes mesmo que a pessoa faça qualquer pesquisa, o Google já disponibiliza algumas sugestões baseadas nas atividades recentes daquela pessoa.

Diferenças entre Google Shopping e Google Ads

O Google Ads é a plataforma de anúncios pagos do Google focada em atender negócios de nichos variados e de pequeno, médio e grande porte que desejam promover seus produtos ou serviços no buscador.

Por meio dessa plataforma, anunciantes podem configurar suas campanhas de marketing tanto para a rede de pesquisa, quanto para a rede de display. É por lá também que é possível fazer campanhas de remarketing e de vídeos no YouTube.

O Google Shopping, por sua vez, é um serviço que pode ser utilizado dentro do Google Ads (para campanhas de anúncios pagos) ou diretamente através da listagem de produtos do anunciante, previamente cadastrada no Google Merchant Center (para campanhas de anúncios gratuitos).

Além da diferença da posição dos anúncios pagos e não pagos que explicamos anteriormente, também é importante destacar que as listagens gratuitas do Google Shopping só são visíveis quando as pessoas clicarem na aba “Shopping”.

Anúncios na página de pesquisa ficam reservados para campanhas via Google Ads, como você pode ver na imagem abaixo.

Outra diferença importante é a forma como o Google determina em que situação exibir o seu anúncio.

Anúncios tradicionais no Google Ads participam de um leilão de palavras-chave, enquanto que os do Shopping são exibidos de acordo com os dados sobre o produto que foram fornecidos no momento do cadastro dele no Merchant Center.

Por essas e por outras, o Google Shopping é ideal para varejistas e lojas virtuais, já que é um serviço que foi idealizado para atender a esse modelo de negócio principalmente.

Comece a anunciar no Google Shopping

Se você possui uma loja ou um e-commerce e gostaria de começar a utilizar o Google Shopping para expandir o alcance da sua marca para mais clientes, talvez esteja se perguntando: afinal, o que é preciso para anunciar no Google Shopping?

Independentemente se você deseja utilizar somente a listagem gratuita do Google Shopping ou utilizá-lo via campanha paga no Google Ads, existem alguns primeiros passos que você precisa garantir.

1. Tenha sua conta no Google

Caso você não tenha ainda, esse é o momento para criar a sua.

Com a sua conta criada, você terá acesso não somente ao Google Shopping e ao Google Ads, como também a todas as ferramentas gratuitas do Google, tais como o Google Analytics, Google Search Console, Google Trends e mais. Todas gratuitas.

2. Configure sua conta no Merchant Center

O Google Merchant Center é a ferramenta que você irá utilizar para cadastrar as informações e as listas de produtos da sua loja virtual.

No Merchant Center, você criará o feed dos seus produtos, que é um arquivo que deve conter dados, como código, título, descrição, categoria, preço, marca, disponibilidade, entre outras informações.

3. Crie sua conta no Google Ads

Se você deseja utilizar a sua listagem no Merchant Center para fazer campanhas de anúncios pagos no Shopping, crie sua conta no Google Ads e cadastre as informações da sua loja virtual por lá também.

A partir daí, você deverá vincular sua conta do Merchant Center com o Google Ads para conseguir configurar suas campanhas de Shopping.

Se estiver com dúvidas sobre como funciona o Google Ads e os tipos de campanha que a plataforma oferece, confira nosso artigo: Google Ads: O Que É e Como Funciona – Tutorial Passo a Passo.

Dicas para anunciar no Google Shopping

Utilizar o Google Shopping para trazer mais clientes para o seu e-commerce é uma estratégia que funciona.

Mesmo que você não queira investir na campanha do Shopping no Google Ads, a listagem gratuita ajudará a trazer grande visibilidade para o seu negócio.

Mas sempre existem algumas dicas que podem dar aquela ajuda extra, não é?

Vamos ver algumas delas:

  • Verifique as políticas dos anúncios do Shopping: aprender a utilizar o Google Shopping é um passo importante que só se completa quando você domina tudo o que pode ser feito e tudo o que não pode ser feito ao utilizar a ferramenta. Para evitar problemas com seus anúncios, dê uma boa lida nas políticas do Shopping.
  • Utilize imagens de qualidade: a grande vantagem do Shopping é justamente a utilização de imagens. Por isso, é preciso caprichar nelas. Fique de olho nas recomendações do Google Shopping, e priorize imagens que mostrem apenas o produto que está sendo vendido.
  • Faça bons títulos e descrições: é importante fazer títulos e descrições concisas e que foquem nas informações mais relevantes do produto. Caso tenha dúvidas, se inspire nos anúncios de concorrentes.
  • Mantenha preços competitivos: de nada adianta estar em destaque no Google Shopping se o preço do seu produto estiver muito acima do valor praticado pela concorrência. Sempre que possível, mantenha seus preços competitivos, dando destaque para ofertas especiais e promoções.
  • Garanta boa experiência no seu e-commerce: ao clicarem no seu anúncio do Shopping, as pessoas serão redirecionadas à página do seu site. A partir daí, o que vai garantir que a pessoa realize a compra é a experiência que ela terá no seu site. Por isso, garanta que seu site esteja bem otimizado e que seja seguro para as pessoas usuárias.

Essas dicas valem tanto para quem deseja usar somente a listagem gratuita do Google Shopping, quanto para quem quer investir na campanha de Shopping do Google Ads.

E se precisar de mais algumas dicas e outras informações úteis para a sua loja virtual, não deixe de conferir nosso post sobre Como Fazer Anúncios para E-commerce? Veja 6 Passos e Dicas para Aumentar Suas Vendas.

Vantagens de anunciar no Google Shopping

O Google Shopping é uma excelente ferramenta para lojas físicas e virtuais. Prova disso, é a quantidade de marcas que já abraçaram esse recurso.

Agora, com a listagem gratuita, o Google Shopping se tornou ainda mais acessível, já que eliminou barreiras iniciais para e-commerces que estão apenas começando no mercado.

Mas além da acessibilidade do Google Shopping, que outras vantagens existem ao utilizar essa ferramenta para o seu e-commerce? Dê uma olhada nas principais que separamos para você.

Maior visibilidade

Essa é fácil. Afinal, quando a gente fala que o Google Shopping funciona como uma vitrine virtual, não é exagero.

O objetivo desse serviço é justamente fazer a conexão entre quem vende com quem quer comprar. Ou seja, o Google Shopping coloca sua loja em destaque, mostrando que sua marca existe e é relevante para quem deseja adquirir os tipos de produtos que você vende.

Maior alcance de clientes

Você já deve ter ouvido algumas vezes que o Google é o buscador mais utilizado do mundo. Isso por si só já é motivo suficiente para marcar sua presença por lá.

Com tantas pessoas utilizando o Google, fazer seus anúncios no Shopping aumenta muito mais o alcance do seu e-commerce.

Número maior de leads qualificados

A geração de leads é um dos desafios de todo tipo de negócio. Esse desafio aumenta quando falamos de gerar leads qualificados.

Como o Google Shopping é voltado para promover informações mais específicas dos produtos, como imagens, preços e disponibilidade, consequentemente a ferramenta ajuda a atrair pessoas que já estejam mais próximas da decisão de compra.

Integração com o Google Lens

O Google Lens é um aplicativo de reconhecimento de imagens do Google. Por meio dele, as pessoas podem mirar a câmera do celular para qualquer objeto e obter resultados da rede de pesquisa e também do Shopping.

Ou seja, se seus produtos estiverem no Shopping, o Google Lens é uma outra maneira pela qual consumidores podem ser impactados pela sua loja virtual.

Acesso à dados de performance

Assim como outros produtos do Google, o Merchant Center também auxilia anunciantes a medirem a performance de seus anúncios através de relatórios completos de desempenho.

Além disso, também é possível receber dicas e informações úteis para fazer campanhas melhores e mais eficientes.

Fortaleça seu e-commerce

O Google Shopping é mais uma maneira excelente que o Google oferece para que você, que possui um e-commerce, faça suas vendas e cresça seu negócio online.

Antes, utilizar essa ferramenta era possível somente para quem tivesse condições para investir nas campanhas do Google Ads. Mas agora que ela oferece a listagem gratuita, você pode manter seus produtos no Shopping com anúncios pagos ou não.

Para quem já utilizava o Google Ads para fazer campanhas para gerar tráfego pago em suas lojas virtuais, a listagem gratuita ajuda a manter seus produtos visíveis para as pessoas consumidoras mesmo nos períodos em que não for possível investir em Ads.

Conforme mais pessoas passam a utilizar a internet para fazer compras, mais chances você tem de expandir seus negócios online. Por isso, não fique de fora das oportunidades que a própria internet oferece para que você fortaleça sua loja virtual.

E se precisar de suporte especializado, lembre-se de entrar em contato com a Tupiniquim. Somos uma agência de marketing digital especialista em Google Ads e outros serviços focada em trazer mais oportunidades de vendas para o seu negócio. Fale com a gente!

Curtiu o artigo? Não guarde só para você. Compartilhe!

Dúvidas Frequentes

O que é Google Shopping?

O Google Shopping é um serviço do Google que funciona como uma vitrine virtual. Lojas físicas e e-commerces expõem seus produtos no buscador, colocando imagens e informações relevantes para os consumidores, tais como nome da loja, marca e preço.

Como funciona o Google Shopping?

O Google Shopping pode ser utilizado de forma gratuita, onde os anúncios ficaram dispostos somente na aba “Shopping” do buscador, ou através de campanhas pelo Google Ads. Nesse último caso, os anúncios ficaram dispostos tanto na página de pesquisa quanto na aba “Shopping”.

O que é preciso para anunciar no Google Shopping?

O Google Shopping foi idealizado para varejistas e e-commerce. Para anunciar por lá, é fundamental ter uma loja virtual, ter uma conta ativa no Google via Gmail e ter uma conta no Google Merchant Center. Para fazer anúncios de Shopping pelo Google Ads, abra a sua conta na plataforma de anúncios, cadastre seu site e vincule sua conta com o Merchant Center.

Como aparecer no Google Shopping?

Com a sua conta do Google, acesse o Google Merchant Center e configure sua conta por lá. Através dessa plataforma, você poderá cadastrar o feed dos seus produtos, que é um arquivo que deve conter dados, como código, título, descrição, categoria, preço, marca, disponibilidade, entre outras informações. Com esses dados, o Google começará a exibir seus produtos no Shopping.

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder