fbpx

Você sabia que o Google Analytics pode ajudar – e muito – a aumentar a performance do seu site? Hoje vamos te mostrar como isso é possível!

Você sabia que o Google Analytics pode ajudar a aumentar as taxas de conversão de suas campanhas no Google Ads, visitas vindas de Redes Sociais e até mesmo do Trafego Orgânico? Claro, a criação de um site profissional é fundamental. Mas o acompanhamento de métricas também é muito importante. Para melhorar o que não está dando certo e para reforçar as ações que estão dando resultados no seu site e blog.

É fácil sonhar com grandes taxas de conversão; no entanto, elas têm sido difíceis de alcançar ultimamente. Difíceis, mas não impossíveis. Há muitas dicas e truques por aí sobre como aumentar suas taxas de conversão. Não vamos entregar soluções mágicas hoje. Vamos falar sobre como você pode aumentar as taxas de conversão seguindo algumas dicas eficientes de Google Analytics.

Atraia clientes de forma rápida com ajuda de uma agência de Google Ads! Saiba mais.

As próximas dicas e insights sobre Google Analytics ajudarão você a dominar métricas e dados para melhorar o processo de tomada de decisões de seu site. Você aprenderá como aumentar sua taxa de conversão monitorando a taxa de rejeição, medindo a qualidade de seu tráfego de SEO, identificando páginas com carregamento lento e muito mais.

O Google Analytics pode aumentar suas taxas de conversão?

A resposta simples é sim. O Google Analytics pode aumentar ativamente suas taxas de conversão. Claro, se usado corretamente. Há benefícios diretos e indiretos do uso do Google Analytics. E quando você sabe exatamente onde e o que olhar, você pode se surpreender com as ideias que terá.

O Google Analytics é uma ferramenta gratuita mais popular que você pode usar para medir o sucesso dos seus esforços de inbound marketing. Você está prestes a aprender como aumentar suas taxas de conversão por meio do Google Analytics.

1. Monitore a taxa de rejeição para aumentar sua taxa de conversão

Você deve saber que a taxa de rejeição é uma das métricas mais importantes para o Google Analytics e que é comumente incompreendida por muitos.

Existem muitas definições sobre taxa de rejeição. Mas, vamos considerar que taxa de rejeição seja o percentual de visitas a apenas 1 página ou sessão em um site. Essa métrica é importante porque diz muito sobre a qualidade do seu site. Simplificando, quanto menos a taxa de rejeição, melhor.

Ter uma taxa de rejeição baixa significa que seus usuários estão satisfeitos com o conteúdo que encontraram tendo como ponto de as pesquisas nos buscadores. O Google Analytics não faz diferenciação entre rejeição boa ou ruim. Uma rejeição ruim pode acontecer, por exemplo, quando um usuário acessa sua página e, de repente, decide que o que encontrou não é o que estava buscando e retorna à sua busca.

Uma “rejeição boa” acontece quando um usuário chega à sua página, decide ficar um tempo para consumir seu conteúdo, encontra o que estava procurando e depois vai embora.

Para monitorar a taxa de rejeição, você deve monitorar suas páginas de destino. As páginas de destino são mais importantes porque são a primeira coisa que um usuário vê em seu site. Você quer que seus usuários passem o maior tempo possível em seu site.

Qual é a taxa de rejeição ideal?

Se uma página está com uma taxa de rejeição de 0% a 10% ela ainda está ok. Se essa taxa for em torno de 20% a 30%, você deve verificar com certeza, especialmente se for uma das suas 10 páginas com mais acessos.

A taxa de rejeição pode ser facilmente conectada à sua taxa de conversão porque, se muitos usuários saírem rapidamente de seu site, isso significa que você terá poucas pessoas que encontrarão o que estão procurando. Então, inspecione atentamente sua taxa de rejeição para garantir que você não esteja perdendo conversões.

2. Meça o tráfego orgânico para entender melhor seus usuários

Se você quer ter certeza de que seu site é eficaz, você precisará ter um ótimo tráfego e uma boa taxa de conversão. O Google Analytics oferece a você a chance de comparar seu tráfego por data. Depois, você pode selecionar e comparar para ver se há crescimento de sua audiência. Isso informará se o seu trabalho ou campanhas de marketing digital têm um impacto positivo.

Na guia “Público”, você encontrará dados que ajudarão você a compreender o seu público. Você vai encontrar informações demográficas, saber o tipo de navegador e dispositivo que foram usados para acessar o seu site. É possível também, descobrir, na guia “Aquisição” os detalhes sobre como os visitantes chegaram até você.

Todas essas informações ajudarão você a seguir os passos de seus expectadores e entender seus compradores.

3. Use a pesquisa do seu site para otimizar a experiência de seus clientes

Por que olhar para a pesquisa interna no seu site?

A pesquisa interna pode representar uma imagem valiosa sobre como seus usuários chegaram até você. Agora vamos ver exatamente como você pode fazer isso.

Você pode conferir uma lista de termos de busca que os usuários procuram em seu domínio na guia “Pesquisa no site”. De acordo com a Yoast, é muito bom acompanhar esse conjunto de dados porque eles fornecerão uma ideia do que seus visitantes esperam encontrar nele. Essa é uma grande oportunidade para encontrar um novo conteúdo para compartilhar.

Além disso, você sabe quais palavras-chave seus visitantes estão usando para procurar por termos relacionados ao seu negócio. Aqui está uma rápida definição das métricas utilizadas:

  1. Sessões com pesquisa: número total de sessões que tiveram pelo menos 1 pesquisa em seu site;
  2. Total de pesquisas únicas: número total de vezes que as pessoas buscaram em seu site;
  3. Visualizações de página de resultados: número médio de vezes que as pessoas visualizaram as páginas de resultados depois de uma pesquisa;
  4. % de saída de pesquisa: percentagem de sessões em que as pessoas saíram do site logo após concluir uma pesquisa;
  5. % de refinamento de pesquisa: percentagem de vezes que as pessoas realizaram uma pesquisa adicional após a pesquisa inicial;
  6. Tempo após a pesquisa: quantidade média de tempo gasto no site depois de concluir uma pesquisa;
  7. Média de profundidade da pesquisa: número médio de páginas de resultados que as pessoas visualizaram após concluírem a pesquisa.

Sempre que os usuários procurarem por algo, você pode pensar se já oferece o que eles buscam, ou se pode oferecer no futuro. Quando muitos visitantes pesquisam por algo que você não possui, sua taxa de rejeição aumenta e prejudica seus resultados.

4. Identifique suas páginas de carregamento lento para melhorar a experiência de conversão

A paciência é uma virtude. Esse provérbio não se aplica à internet. Se você deseja que seus visitantes permaneçam em seu site para que você os convença a comprar, você deve ter em mente que a paciência deles é curta.

Se a sua página demora mais de 3 segundos para carregar, as pessoas simplesmente vão embora. Você já sabia disso? Então precisa investir na otimização dessas páginas. Páginas lentas irão prejudicar seu desempenho, principalmente em dispositivos móveis.

Veja como os fatos falam por si só:

  1. 79% dos consumidores online disseram que não voltariam a um site lento para fazer outra compra;
  2. 73% dos usuários móveis dizem que já se depararam com sites lentos para carregar;
  3. 44% disseram que compartilhariam com 1 amigo sobre a má experiência online;
  4. 51% dos usuários móveis dizem já terem se deparado com sites que caíram, congelaram ou com mensagens de erro;
  5. 38% dos usuários de internet móvel dizem já ter encontrado um site indisponível;
  6. 47% dos consumidores esperam que uma página seja carregada em 2 segundos ou menos;
  7. 40% das pessoas abandonam um site que demora mais de 3 segundos para carregar;
  8. O atraso de 1 segundo no tempo médio de carregamento da página pode resultar em uma queda de 7% na conversão;
  9. Se um e-commerce faturar 100 mil por dia, o atraso de 1 segundo poderá custar 2,5 milhões em vendas perdidas ao ano.

Como você pode ver, parece que otimizar os tempos de carregamento é um item que é frequentemente negligenciado. Além de afetar a experiência do usuário e a taxa de conversão, a velocidade da página é um fator muito importante nos rankings de pesquisa.

5. Use o relatório de landing pages para melhorar as conversões

É muito útil usar o relatório de landing pages porque ele mostra quais são as páginas que seus usuários mais visitam. Mesmo que você tenha uma bela página inicial, se seus usuários chegarem ao seu domínio acessando seu blog, significa que você precisa aproveitar isso e implementar uma estratégia com base nessa informação.

Por isso, você precisa estar ciente do comportamento de todas as landing pages do seu site. É nesse momento que o relatório de landing pages pode ser útil. Ele fornecerá informações sobre quais páginas são bem-sucedidas e você poderá aplicar as táticas que funcionam para uma página em todas as outras.

Digamos que você tenha um blog. Você pode descobrir quais são as postagens que atraem mais tráfego em seu domínio. Você também poderá descobrir exatamente quais postagens farão os visitantes ficarem curiosos.

Além disso, é possível usar segmentos avançados para filtrar o tráfego total e descobrir quantas pessoas vieram através das mídias sociais. Isso pode ajudar a julgar sua estratégia nas mídias sociais também, porque alguns artigos do seu blog podem ser mais atraentes para os leitores que nas mídias sociais.

Essas dicas vão permitir você usar o Google Analytics para aumentar sua performance

Hoje, reunimos algumas práticas recomendadas e dicas de Google Analytics para melhorar de maneira eficiente e visível suas taxas de conversão. Se você já está entre os usuários de Google Analytics, pode ter notado que essa, talvez não seja a ferramenta mais fácil de usar, embora ofereça muitos dados preciosos.

Acreditamos que todos os truques que ensinamos a você hoje, para aprender um pouco mais sobre o Google Analytics, ajudarão a aumentar sua taxa de conversão. Comece a usar ativamente essa ferramenta e colher os benefícios diretos para seu negócio e depois volte aqui e compartilhe conosco os seus resultados.

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu Diagnóstico Gratuito com nossos Especialistas!

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder