fbpx Skip to main content

Um site é um cartão de visitas e demonstra profissionalismo e seriedade aos clientes. Leia o artigo e aprenda como criar um site de alta performance para o seu negócio vender mais.

Atualmente, estar presente na internet não é mais um diferencial para se destacar da concorrência, mas sim uma necessidade para garantir a continuidade e a expansão da base de clientes e do faturamento de um negócio.

A grande popularização das redes sociais pode dar a falsa impressão de que basta a sua empresa criar um perfil nas principais mídias sociais para garantir presença na internet. No entanto, não é conveniente nem seguro depender apenas dos algoritmos e da popularidade variável dessas redes para fechar vendas.

Isso porque as redes sociais sofrem mudanças constantes em relação ao seu nível de popularidade entre o público e aos seus algoritmos, que podem ou não entregar o conteúdo produzido pelas empresas nos feeds dos usuários (a depender de fatores como a viralização orgânica das postagens e do leilão virtual para definir os anúncios que serão ou não exibidos ao público-alvo).

Por isso, criar um site para a sua empresa continua sendo uma forma segura, eficiente e profissional de apresentar seu negócio na internet e contar com vantagens como a visibilidade de estar entre os resultados de grandes sites de buscas, como o poderoso Google.

A grande quantidade de empresas que buscam a criação de endereços próprios na internet tornou o serviço de desenvolvimento de sites acessível e com bom custo-benefício para negócios dos mais variados portes e áreas de atuação.

Neste post, a Agência de Marketing Digital Tupiniquim te explica o conceito de site e detalha o que é necessário para criar um endereço na internet para a sua empresa aproveitar as vantagens que estar presente na web pode trazer para os resultados e objetivos comerciais do seu negócio.

O que você vai ler sobre como criar um site:

O que é um site e quais são os tipos de sites?

Um site é uma página ou um conjunto de páginas digitais (contendo textos, imagens, gráficos etc.) que estão localizadas na internet e que podem ser encontradas e acessadas por usuários por meio de um endereço eletrônico (por exemplo, https://www.agenciatupiniquim.com.br/).

Com um site, é possível divulgar produtos e serviços a qualquer hora e para qualquer pessoa que possua uma conexão à internet. Portanto, se uma empresa possui um site, ela consegue alcançar pessoas e captar clientes em qualquer parte do Brasil e do mundo e 24 horas por dia no ambiente digital.

Os tipos existentes de sites podem variar conforme o objetivo pretendido para o endereço eletrônico. Conheça os principais tipos de sites que são utilizados no mercado:

Site institucional

Um site institucional é usado por empresas para divulgar informações e dados sobre sua fundação, história, equipe de profissionais, catálogo de produtos ou serviços, apresentação de suas formas de contato e de seus valores, missão e visão.

E-commerce

E-commerce é a expressão em inglês para comércio eletrônico. Com esse tipo de site, é possível criar uma loja virtual por meio da qual os usuários podem adquirir e realizar o pagamento de produtos e serviços na internet.

Landing page

Uma landing page, também conhecida como página de destino, de chegada ou de conversão, é um site constituído de apenas uma página. O objetivo principal de uma landing page é fazer com que o usuário seja convertido em cliente e conclua a compra de um produto ou serviço, ou baixe algum material informativo ou promocional da empresa.

Hot site

Com um hot site, é possível exibir um conteúdo por um período pré-determinado. Esse tipo de site é ideal para divulgar, por exemplo, eventos e cursos, que possuem data de início e fim. Quando o evento ou o período de inscrições chega ao fim, o hot site é retirado da internet.

Blog

Os blogs são utilizados para publicação de textos e imagens sobre um determinado tema ou conjunto de temas. Muitas empresas têm apostado em blogs para informar o público-alvo sobre como seus produtos e serviços podem solucionar problemas encontrados no dia a dia dos consumidores.

Vale ressaltar que a sua empresa pode fazer um mix dos tipos de sites que mencionamos acima conforme os objetivos e necessidades do negócio.

Por exemplo, a sua marca pode ter um e-commerce para vender mercadorias e também pode ter um blog (sob o mesmo endereço de site) para falar sobre como essas mercadorias podem facilitar a vida dos clientes e dar mais informações e detalhes sobre elas.

Por que ter um site profissional?

Vivemos uma época em que a maior parte das pessoas estão conectadas à internet. Diariamente, passamos minutos (e até horas) em frente às telas de smartphones, notebooks e outros dispositivos navegando pela web e fazendo buscas em sites como o Google.

As compras on-line já apresentavam uma tendência de alta no Brasil e dispararam após o início da pandemia e dos protocolos de segurança para garantir a saúde da população.

Hoje, a maioria das pessoas fazem consultas no Google com o objetivo de pesquisar opções, preços e encontrar a melhor oferta antes de fechar uma compra.

Sabendo disso, as empresas passaram a enxergar o ambiente digital como um lugar obrigatório para encontrar e se relacionar com seu público-alvo.

Essas razões fazem com que seja essencial que uma empresa tenha um site profissional para aumentar seu reconhecimento entre os usuários e potenciais consumidores e expandir o alcance dos produtos e serviços de um negócio.

Um endereço permanente na internet por meio de um site permite flexibilidade para decidir a identidade visual e a apresentação do conteúdo, produtos e serviços em diversas páginas sob um único endereço digital.

Além disso, quando a sua empresa tem um site, ela aparece entre os resultados de buscadores como o gigante Google, aumentando o nível de acessos e levando o nome da empresa para muito mais pessoas.

O que é necessário para criar um site?

Como você viu, um site pode fazer sua base de clientes e o faturamento do seu negócio darem um salto. Mas por onde começar? Vamos te mostrar agora 5 passos para você iniciar o caminho de digitalização e expansão da sua empresa na internet.

1. Definição do objetivo do site

Pense no que o seu negócio tem a oferecer e de que forma um site pode ajudá-lo a alcançar os objetivos de marketing digital da empresa. Se, por exemplo, a sua empresa quer vender mais e possui uma linha de produtos, é interessante criar uma loja virtual com um catálogo contendo fotos de alta resolução para exibição no site.

Veja outros exemplos possíveis de objetivos que podem ser definidos e alcançados com um site para a sua empresa:

  • Aumentar o reconhecimento e a consciência de marca, ou brand awareness, entre o público on-line;
  • Estabelecer um relacionamento de confiança com o público-alvo por meio da publicação de conteúdo útil e relevante em um blog dentro do site;
  • Gerar mais leads qualificados, isto é, clientes em potencial que já possuem algum interesse ou conhecimento sobre as soluções que a sua empresa oferta;
  • Receber mais inscrições em um curso ou disponibilizar o download de um material, como um e-book, em uma landing page.

2. Registro do domínio

Também conhecido como URL, o domínio é o que o usuário clica ou digita na barra de endereços do navegador para acessar um site. Em outras palavras, o domínio é o endereço da página on-line (por exemplo, https://www.agenciatupiniquim.com.br/).

Ao criar e registrar um domínio, pense em algo simples, fácil de memorizar e que remeta imediatamente ao ramo do seu negócio.

O mais comum é as empresas optarem por usar seus próprios nomes no domínio do site. Acesse https://registro.br/ e verifique se o domínio que você escolheu está disponível para uso.

3. Contratação de hospedagem

Hospedar um site significa colocá-lo e mantê-lo ativo na internet. A escolha do serviço de hospedagem é importante porque ele impacta a estabilidade e velocidade de carregamento da página.

A hospedagem de um site pode ser:

  • Compartilhada (com um servidor hospedando vários sites);
  • Dedicada (com um servidor exclusivo para o site);
  • Por servidor virtual privado, também chamado de VPS (com compartilhamento, porém usando também servidores privados).

4. Criação das seções do site

As seções são cada uma das páginas que compõem um site. Em geral, um site contém as seguintes páginas ou seções:

  • Home (também chamada de página inicial);
  • Página de portfólio, produtos ou serviços (com fotos, detalhes e preços);
  • Página “quem somos” ou “sobre nós” (com a história, missão e visão do negócio);
  • Página de contatos (com as formas e canais de atendimento ao público).

É recomendado destinar uma das páginas do site para depoimentos de clientes que já usaram e aprovaram os produtos ou serviços da sua empresa. Esses testemunhos funcionam como um potente gatilho mental para comprovar a autoridade da empresa em sua área.

Para se beneficiar das vantagens do marketing de conteúdo, você pode ainda criar uma página para um blog alimentado com posts contendo as soluções que sua marca pode trazer para as principais dores, necessidades e desejos da persona do seu negócio.

5. Escolha do Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (CMS)

Um CMS (sigla para Content Management System) é uma plataforma com recursos para criação, edição, gerenciamento e postagem de conteúdos na internet.

Esses sistemas de gerenciamento de conteúdo são bastante populares porque com um CMS é possível criar um site para sua empresa de forma descomplicada e sem possuir conhecimentos avançados de programação.

O WordPress está entre os principais CMSs disponíveis no mercado. A plataforma do WordPress é bastante conhecida pela grande quantidade de recursos e plugins para criação de sites de forma intuitiva, simples e com layout responsivo a dispositivos móveis como tablets e celulares (que são os mais utilizados por usuários no dia a dia para acessar a internet).

Como criar um site em WordPress?

Amigável aos usuários por possuir código aberto, o WordPress é uma ferramenta gratuita e extremamente popular entre desenvolvedores e administradores de sites em todo o mundo.

Quando você cria um site nesse Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (CMS), você conta com domínio e hospedagem do próprio WordPress para o seu site. Além disso, a plataforma oferece uma grande variedade de templates e plugins para otimizar o desempenho da página.

Para instalar o WordPress, basta acessar o site wordpress.org.

Após isso, siga as 3 dicas abaixo para começar a desenvolver um site no WordPress que tenha a cara da sua empresa:

1. Selecione o tema

O WordPress já possui uma grande variedade de temas (gratuitos e pagos) para o site da sua empresa ser visualizado em dispositivos móveis, oferecendo qualidade e velocidade de navegação. Ao analisar os temas disponíveis, identifique aquele que mais tem a ver com a identidade e com a essência do seu negócio.

2. Escolha os widgets

Os widgets são aplicativos em HTML que o WordPress disponibiliza para que o seu site tenha alguma funcionalidade ou recurso que não seja nativo dele. Para aplicá-los, basta copiar e colar o código na estrutura da página onde você quer que o widget seja exibido.

3. Analise os plugins

Uma das grandes vantagens do WordPress são os plugins que podem ser incorporados aos sites criados na plataforma, permitindo personalizar a página do seu negócio. Um dos plugins mais famosos do WordPress é o Yoast SEO, que realiza a otimização do site para motores de busca com técnicas de SEO.

Leve sua empresa para a internet e alcance mais pessoas com um site!

Vimos neste post que é importante fazer um trabalho com foco nas redes sociais, mas que não é recomendável contar apenas com perfis e depender dos algoritmos e feeds dessas redes para conquistar mais clientes e vendas.

Quando uma empresa tem um site, ela impulsiona o alcance de sua marca, produtos e serviços na internet e, mais especificamente, em buscadores como o Google.

Receber mais credibilidade e aumentar a base de clientes são outras duas vantagens que um endereço próprio na web oferece às empresas atentas ao potencial do ambiente virtual para os seus negócios.

Dessa forma, é essencial investir na criação de um site profissional que possua estética agradável e boa usabilidade para demonstrar profissionalismo desde o primeiro contato dos usuários com a empresa.

Quando um usuário (e potencial cliente) acessa um site com identidade visual e layout amadores, ele tem uma má impressão não apenas da página on-line, mas também da marca, produtos, serviços e da empresa no geral.

Facilite sua vida e sua rotina e deixe que nossa equipe de profissionais especializados na criação de sites em WordPress desenvolva um endereço na internet para a sua empresa.

A Agência Tupiniquim está presente no mercado há mais de 11 anos e já ampliou a presença de várias empresas na internet com estratégias e ações personalizadas de marketing digital.

Entre em contato e conheça o que temos a oferecer para impulsionar os negócios da sua empresa no ambiente digital!

Se você achou este artigo interessante e útil, compartilhe o link com outras pessoas!

Dúvidas Frequentes

Quais são os principais tipos de sites?

  1. Site institucional;
  2. E-commerce;
  3. Landing page;
  4. Hot site;
  5. Blog.

O que é necessário para criar um site?

  1. Definição do objetivo do site;
  2. Registro do domínio;
  3. Contratação de hospedagem;
  4. Criação das seções do site;
  5. Escolha do Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (CMS).

Como criar um site em WordPress?

  1. Instale o WordPress acessando o site wordpress.org;
  2. Selecione o tema;
  3. Escolha os widgets;
  4. Analise os plugins.

Web Stories:

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

1 Step 1
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder
4 dicas para escolher palavras-chave no Google Ads 4 cases de Branding criados pela Tupiniquim 4 benefícios do Google Ads para advogados 5 dicas de como usar o Google Ads para advogados 4 estratégias para aplicar os Gatilhos Mentais 4 benefícios das métricas de redes sociais 5 exemplos de métricas de redes sociais 5 curiosidades sobre Gatilhos Mentais 4 sites em WordPress criados pela Agência Tupiniquim 5 vantagens de um site em WordPress 5 exemplos de storytelling 5 tipos de storytelling 4 benefícios do storytelling 3 exemplos de Rebranding 5 fatores que justificam o Rebranding 5 benefícios do Rebranding Mídia Kit para as 3 principais redes sociais 6 passos para criar um Mídia Kit 5 motivos para criar um Mídia Kit 5 motivos para fazer um curso de vendas